Em kurt vile:

Saiu a coletânea indie em prol da Austrália. Tem até o Kurt Vile cantando Nick Cave

>>

210915_kurtvile3

A gente já tinha ouvido o The National cantando INXS para a compilação “Songs for Australia”, projeto da famosa cantora folk australiana Julia Stone para levantar fundos e ajudar na reconstrução de boa parte das áreas destruídas por uma escalada de incêndios que matou 25 pessoas e meio bilhão de animais desde setembro de 2019.

“Songs for Australia”, o disco, foi lançado hoje e conta com outras belíssimas versões de artistas convidados fazendo covers de bandas australianas.

Entre essas versões, destaque para o virtuoso guitarrista norte-americano Kurt Vile, que fez uma cover para “Stranger Than Kindness”, do gigante Nick Cave, som que inclusive dá título à autobiografia da estrela australiana, que tem lançamento previsto para 23 de março. Outros nomes envolvidos neste projeto musical “australiano” são Damien Rice, Martha Wainwright e Laura Mvula.

O resultado pode ser conferido abaixo.

>>

Em session incrível, Kurt Vile toca até som antigo e clássico dos Rolling Stones

>>

210915_kurtvile3

O grande Kurt Vile anunciou uma nova leva de shows pela América do Norte e, para comemorar, participou de uma session da série Spotify Singles.

O projeto inclui releituras ao vivo de uma canção original e uma cover, e Vile escolheu a sua “Loading Zones”, em pegada diferente, e ainda uma versão para “No Expectations”, canção lançada pelos Rolling Stones em 1968.

O norte-americano está na estrada divulgado seu mais recente disco, “Bottle It In”, gravado por Vile em diversas cidades dos Estados Unidos, em meio às suas andanças. Produziram o álbum lançado em outubro do ano passado nomes como Shawn Everett (The War on Drugs, Alabama Shakes) e Peter Katis (The National, Interpol). Há ainda as participações especialíssimas de nomes como Kim Gordon (!!!), Cass McCboms, Mary Lattimore e Stella Mozgawa (Warpaint).

>>

Muito cool para a rede nacional, Kurt Vile mostra novo single no programa do Seth Meyers

>>

130219_kurtvile2

O distinto Kurt Vile segue dando seus passos de divulgação de seu mais recente disco, “Bottle It In”, lançado ano passado.

A mais recente parada do virtuoso guitarrista, cantor e compositor norte-americano foi no programa Late Night, apresentado por Seth Meyers, mesmo que ele (Kurt) não leve muito jeito com as câmeras. Indie do indie.

Na TV, Vile mostrou o single “Yeah Bones”, uma das canções mais complexas do projeto. Atualmente, ele está em turnê pela América do Norte. Em abril, ele parte para um rolê pela Austrália e, em seguida, se apresenta em diversos festivais de verão na Europa.

>>

Lá vem o Kurt Vile com mais uma session incrível. Ainda bem

>>

060219_kurtvile2

Um dos nossos artistas preferidos, Kurt Vile continua nos brindando com ótimas notícias toda semana. Depois de soltar a canção “Timing Is Everything (And I’m Falling Behind)” para um projeto da Amazon Originals, o músico norte-americano agora chega com uma session matadora.

Vile foi mais um a visitar o escritório da NPR, a rede de rádios públicas dos EUA, para uma session bem particular, ao lado do guitarrista Rob Laakso.

A dupla tocou as canções “Bassackwards” e “Loading Zones”, ambas lançadas no mais recente álbum de Kurt, “Bottle It In”, ano passado, e ainda “Peeping Tomboy”.

No disco, inclusive, há ainda as participações especialíssimas de nomes como Kim Gordon (!!!), Cass McCboms, Mary Lattimore e Stella Mozgawa (Warpaint).

A session pode ser conferida abaixo.

SETLIST
“Bassackwards”
“Loading Zones”
“Peeping Tomboy”

>>

Kurt Vile não para e já soltou música nova, três meses depois do lançamento do seu mais recente disco

>>

210915_kurtvile3

O virtuoso guitarrista e cada vez mais talentoso cantor e compositor Kurt Vile é desses sujeitos que não curtem ficar parados. Apenas três meses depois de soltar um disco novinho em folha, o músico norte-americano já lançou música inédita.

“Timing Is Everything (And I’m Falling Behind)” apareceu neste final de semana dentro do projeto Amazon Originals e pode ser ouvida na íntegra por quem é assinante da plataforma.

Vile tem se despontado como um dos grandes nomes do indie moderno e explodiu para valer em 2015, com o disco “b’lieve i’m goin down”. Em 2017, ele fez uma parceria matadora com a “nossa” Courtney Barnett no álbum colaborativo “Lotta Sea Lice”, um dos melhores dos últimos anos.

>>