Em kurt vile:

Popnotas – Tributo moderno ao disco da banana do Velvet. A live em sépia da St. Vincent. O vídeo novo do Terno Rei. E o Valciãn Calixto explicando a pombagira em novo single

>>

– Guitarrista anos 70, a grande St. Vincent levou seu visual regressivo da vez para o programa do Jimmy Fallon, na TV americana. A performance, que rolou na quinta-feira passada, foi para a música “Down”, o novo single a ser trabalhado por Annie Clark ainda na promoção de seu mais recente disco, o conceitual “Daddy’s Home”, seu sexto, lançado no meio de maio. No próximo dia 4 e 5 de agosto, ela realiza sua primeira live de show inteiro para o disco, rolê chamado “Down and Out of Downtown”, que terá uma imagem com tonalidade sépia, bem anos 70. Os dois dias de realização da live é para um show só, que será contemplado nos dois dias para facilitar a transmissão para fãs de todo o mundo. O da América do Sul, por exemplo, será na quarta às 22h. Ingressos aqui. E vídeo no Fallon aqui:

– Vem aí um tributo de responsa para o clássico “The Velvet Underground & Nico”, a estreia do Velvet e da Nico, ou mais conhecido por ser aquele que tem na capa uma banana, obra do Andy Warhol, tal e coisa. Foto de toda a galera ali na home. Entre os autores de versões, estão nomes da velha guarda (Michael Stipe, Iggy Pop, Thurston Moore e Bobby Gillespie) e a nova geração, se ampliarmos bem esse conceito (St. Vincent, Courtney Barnett, Matt “The National” Berninger, Sharon Van Etten e Angel Olsen e nossos queridos Fontaines D.C.). Sai dia 24 de setembro. A primeira versão a dar as caras é do guitarrista Kurt Vile, com a mítica “Run Run Run”, que ganhou até um vídeo.

– CENA – O grande músico piauiense Valciãn Calixto está lançando hoje um novo single, o ótimo e explicativo “Desmistificando Pombagira”. No próximo dia 16, Valciãn lança o EP “Macumbeiro 2.0”, em que sua nova música está inserida. O vindouro EP é o primeiro trabalho do rapaz (que faz parte de um coletivo piauiense chamado Geração TrisTherezina) desde seu último álbum, “Nada Tem Sido Fácil Tampouco Impossível”, lançado há um ano. “Desmistificando Pombagira” é outra canção da linhagem musical única de Valciãn Calixto, que junta funk, axé, swingueira, capoeira, salsa, candomblé e xote. Traz a linha “Pombagira/ Não é rapariga/ Mas tem Pombagira que foi rapariga/ E por que te intriga/ Cuida da tua vida!”. E por que foi lançada numa segunda-feira? Porque os terreiros de matriz afro no Brasil cultuam as entidades Exu e Pombagira na segunda-feira, oras.

– Mais um adepto da divulgação slow-motion de álbuns, o Terno Rei vai soltar hoje, quaaase de surpresa, um vídeo especial para a música “Medo”, uma das boas faixas do disco “Violeta”, de 2019, lançado pela Balaclava Records e um dos nossos queridinhos daquele ano – só de lembrar a gente já pensa que 2020 era o ano em que o Terno Rei ia virar a maior banda de rock brasileiro, só precisávamos da turnê nacional… Mas é questão de organizar tudo direitinho que 2022 está aí. Este novo vídeo vem em grande estilo, com estreia marcada para meia-noite no YouTube, já rola acionar a notificação. Aliás, ainda em pensamentos perdidos – Alpha FM ou aquelas rádios de música brasileira antiga tinham que tocar essa “Medo”, hein? É golpe, mas todos iam cair.

>>

Com time de estrelas que vai de Jamie xx ao Perry Farrell, The Avalanches anuncia novo álbum absurdo com 25 faixas

>>

theavalanches_122421950_825487914879090_4263369048439376240_n

O incrível coletivo australiano The Avalanches, velho de guerra numa certa “alta-cultura musical”, vai lançar no mês que vem um novo disco recheado de participações especialíssimas, naquele que desponta como o projeto mais eclético da carreira dos caras, que são marcados especialmente pela eletrônica de vanguarda.

“We Will Always Love You” terá nada menos que 25 canções e reunirá, talvez, o maior time de estrelas em um disco indie em todos os tempos.

theavalanches_123357894_840170886730348_3793806242873652967_n

Estão no projeto estrelas como Mick Jones (The Clash), Johnny Marr (The Smiths), Karen O (Yeah Yeah Yeahs), Perry Farrell (Mr. Lollapalooza / Jane’s Addiction), Rivers Cuomo (Weezer), Leon Bridges, MGMT, Kurt Vile, Jamie xx, Blood Orange… E nem citamos todo mundo.

Junto com o anúncio, o Avalanches soltou um teaser de um minuto ao som de “Always Black”, canção que tem a participação de Pink Siifu. Este será o primeiro disco dos australianos em quatro anos e estará nas lojas dia 11 de dezembro.

TRACKLIST
01. Ghost Story (feat. Orono)
02. Song For Barbara Payton
03. We Will Always Love You (feat. Blood Orange)
04. The Divine Chord (feat. MGMT & Johnny Marr)
05. Solitary Ceremonies
06. Interstellar Love (feat. Leon Bridges)
07. Ghost Story Pt. 2 (feat. Orono & Leon Bridges)
08. Reflecting Light (feat. Sananda Maitreya & Vashti Bunyan)
09. Carrier Waves
10. Oh The Sunn! (feat. Perry Farrell)
11. We Go On (feat. Cola Boyy & Mick Jones)
12. Star Song.IMG
13. Until Daylight Comes (feat. Tricky)
14. Wherever You Go (feat. Jamie xx, Neneh Cherry & CLYPSO)
15. Music Makes Me High
16. Pink Champagne
17. Take Care In Your Dreaming (feat. Denzel Curry, Tricky & Sampa The Great)
18. Overcome
19. Gold Sky (feat. Kurt Vile)
20. Always Black (feat. Pink Siifu)
21. Dial D For Devotion (feat. Karen O)
22. Running Red Lights (feat. Rivers Cuomo & Pink Siifu)
23. Born To Lose
24. Music Is The Light (feat. Cornelius & Kelly Moran)
25. Weightless

>>

Saiu a coletânea indie em prol da Austrália. Tem até o Kurt Vile cantando Nick Cave

>>

210915_kurtvile3

A gente já tinha ouvido o The National cantando INXS para a compilação “Songs for Australia”, projeto da famosa cantora folk australiana Julia Stone para levantar fundos e ajudar na reconstrução de boa parte das áreas destruídas por uma escalada de incêndios que matou 25 pessoas e meio bilhão de animais desde setembro de 2019.

“Songs for Australia”, o disco, foi lançado hoje e conta com outras belíssimas versões de artistas convidados fazendo covers de bandas australianas.

Entre essas versões, destaque para o virtuoso guitarrista norte-americano Kurt Vile, que fez uma cover para “Stranger Than Kindness”, do gigante Nick Cave, som que inclusive dá título à autobiografia da estrela australiana, que tem lançamento previsto para 23 de março. Outros nomes envolvidos neste projeto musical “australiano” são Damien Rice, Martha Wainwright e Laura Mvula.

O resultado pode ser conferido abaixo.

>>

Em session incrível, Kurt Vile toca até som antigo e clássico dos Rolling Stones

>>

210915_kurtvile3

O grande Kurt Vile anunciou uma nova leva de shows pela América do Norte e, para comemorar, participou de uma session da série Spotify Singles.

O projeto inclui releituras ao vivo de uma canção original e uma cover, e Vile escolheu a sua “Loading Zones”, em pegada diferente, e ainda uma versão para “No Expectations”, canção lançada pelos Rolling Stones em 1968.

O norte-americano está na estrada divulgado seu mais recente disco, “Bottle It In”, gravado por Vile em diversas cidades dos Estados Unidos, em meio às suas andanças. Produziram o álbum lançado em outubro do ano passado nomes como Shawn Everett (The War on Drugs, Alabama Shakes) e Peter Katis (The National, Interpol). Há ainda as participações especialíssimas de nomes como Kim Gordon (!!!), Cass McCboms, Mary Lattimore e Stella Mozgawa (Warpaint).

>>

Muito cool para a rede nacional, Kurt Vile mostra novo single no programa do Seth Meyers

>>

130219_kurtvile2

O distinto Kurt Vile segue dando seus passos de divulgação de seu mais recente disco, “Bottle It In”, lançado ano passado.

A mais recente parada do virtuoso guitarrista, cantor e compositor norte-americano foi no programa Late Night, apresentado por Seth Meyers, mesmo que ele (Kurt) não leve muito jeito com as câmeras. Indie do indie.

Na TV, Vile mostrou o single “Yeah Bones”, uma das canções mais complexas do projeto. Atualmente, ele está em turnê pela América do Norte. Em abril, ele parte para um rolê pela Austrália e, em seguida, se apresenta em diversos festivais de verão na Europa.

>>