Em kurt vile:

Espécie de herói do indie moderno, Kurt Vile lança novo disco que já é um dos melhores de 2018

>>

* E aí, recuperado do Franz Ferdinand? E do Nick Fucking Cave? E do feriadão?

100918_kurtvilecapa

A vida volta ao seu normal (humpf) nesta segunda-feira, mas nada melhor do que começa a semana com um discaço novo do Kurt Vile. O talentoso guitarrista e cantor norte-americano, espécie de queridinho do indie nos últimos tempos (com justiça, diga-se), lançou neste final de semana “Bottle It In”.

O registro tem a missão de manter a curva ascendente na carreira do músico da Filadélfia, que emendou nos últimos três anos dois trabalhos espetaculares: o seu “b’live i’m goin down…”, lançado em 2015, e “Lotta Sea Lice”, este lançado ano passado em parceria com a fofura Courtney Barnett, um dos melhores discos dos ano.

“Bottle It In” foi gravado por Vile em diversas cidades dos Estados Unidos, em meio às suas andanças. Estão envolvidos na produção nomes como Shawn Everett (The War on Drugs, Alabama Shakes) e Peter Katis (The National, Interpol). Há ainda as participações especialíssimas de nomes como Kim Gordon (!!!), Cass McCboms, Mary Lattimore e Stella Mozgawa (Warpaint).

“Bottle It In” pode ser ouvido abaixo.

>>

Learning to fly: Kurt Vile faz seu violão chorar em homenagem a Tom Petty

>>

111018_kurtvile2

Nesta sexta-feira, feriado de 12 de outubro, além do show do Franz Ferdinand no Popload Gig em São Paulo, o indie também vai comemorar (!) o lançamento de “Bottle In”, o novo disco do competentíssimo guitarrista e cantor Kurt Vile.

Como último ato de divulgação antes do lançamento, o artista norte-americano esteve em uma session da bacanuda SiriusXM e tocou o single “Bassackwards”. Além dela, Vile mandou uma cover de “Learning To Fly”, som lançado originalmente por Tom Petty, no ano de 1991.

O álbum novo terá 13 faixas inéditas e uma série de convidados especiais, entre eles a seminal Kim Gordon, que toca violão em “Mutinies”, Stella Mozgawa (Warpaint), o duo Lucius, e ainda Mary Lattimore e Cass McCombs. “Bottle It In” foi produzido por Vile e sua banda, a the Violators, e contou ainda com a ajuda de Peter Katis, Shawn Everett e Rob Schnapf.

Ano passado, Vile lançou um disco em parceria com Courtney Barnett, “Lotta Sea Lice”.

>>

Kurt Vile divulga a ótima “Bassackwards” e dá todos os detalhes do seu próximo álbum que será lançado em outubro, com participação da Kim Gordon

>>

100918_kurtvilecapa

O virtuoso guitarrista e também cantor Kurt Vile anunciou para 12 de outubro o lançamento de seu primeiro disco solo em três anos. “Bottle It In” tem a responsabilidade de manter o nível de “b’lieve i’m goin down”, discaço que fez de Vile um dos grandes nomes do indie moderno.

O álbum novo terá 13 faixas inéditas e uma série de convidados especiais, entre eles a seminal Kim Gordon, que toca violão em “Mutinies”, Stella Mozgawa (Warpaint), o duo Lucius, e ainda Mary Lattimore e Cass McCombs. “Bottle It In” foi produzido por Vile e sua banda, a the Violators, e contou ainda com a ajuda de Peter Katis, Shawn Everett e Rob Schnapf.

Ano passado, Vile lançou um disco em parceria com Courtney Barnett, “Lotta Sea Lice”.

Para bombar ainda mais o novo anúncio, o músico norte-americano liberou a ótima “Bassackwards”.

Bottle It In – Tracklist
01 Loading Zones
02 Hysteria
03 Yeah Bones
04 Bassackwards
05 One Trick Ponies
06 Rollin With the Flow
07 Check Baby
08 Bottle It In
09 Mutinies
10 Come Again
11 Cold Was the Wind
12 Skinny Mini
13 (bottle back)

>>

Não bastasse o discão “Lotta Sea Lice”, Kurt Vile e Courtney Barnett soltam documentário sobre a melhor parceria do indie: a deles

>>

031117_kurt_courtney2

Dupla que incendiou o indie ano passado com uma amizade que deu ótimo resultado em forma de música, Kurt Vile e Courtney Barnett meio que encerraram este primeiro ciclo de parceria em grande estilo.

A dupla anunciou o lançamento do documentário “Friends of Wonder”, que mostra a relação dos dois talentosos artistas e os bastidores por trás do discaço “Lotta Sea Lice”.

Dirigido por Kurt Vincent e Irene Chin, o documentário dura pouco mais de meia hora e mostra trechos de entrevistas e de um show da dupla em New Jersey. Barnett vai lançar ainda neste primeiro semestre seu novo disco solo, “Tell Me How You Really Feel”.

>>

Intimista é pouco. Courtney Barnett e Kurt Vile, de novo, em uma session impecável

>>

121217_kurt_courtney2

Responsáveis pelo disco do ano (não?), Courtney Barnett e Kurt Vile seguem na função de divulgar o incrível “Lotta Sea Lice”, projeto que aproximou duas das grandes joias do indie moderno.

A mais recente apresentação do entrosado duo foi para a NPR, na intimista série Tiny Desk Concert, talvez a session que cai melhor para eles.

Por lá, eles mostraram quatro canções do álbum, sendo elas as irreparáveis “Over Everything”, “Continental Breakfast”, “Blue Cheese” e “Let It Go”.

>>