Em kylie minogue:

Years & Years leva a Kylie Minogue para festa na BBC. Disco novo sai (finalmente) em duas semanas

>>

* Outro dos badalados discos novos a sair neste começo de 2022 será o terceiro disco da banda synthpop inglesa Years & Years, na real um projeto pessoal 99% pertencente ao talentoso Olly Alexander, músico, ator e escritor.

“Night Call” vem para renovar a discografia do Y&Y, estancada no ruidoso disco “Palo Santo”, de 2018.

Agora no último dia de 2021, Olly participou de um programa especial de TV da BBC britânica que celebrou a chegada do Ano Novo, com três performances, duas do disco novo.

Uma foi a já conhecida “Sweet Talker”, lançada no final do ano, que tem a participação do duo sueco eletrônico Galantis na parada. Ainda do novo álbum, teve “A Second to Midnight”, que estará na versão deluxe do disco, como bônus, e tem a participação especial da musa australiana Kylie Minogue em dueto com Olly. Na BBC, a própria cantora apareceu na performance da música.

Do álbum anterior, fez parte do especial da BBC o hit “Sanctify”.

Tudo aqui embaixo.

>>

POPNOTAS: Kylie Minogue tá de parabéns, o doc da vida (e não da morte) do Notorious B.I.G., o fim do Yuck, o Brit Awards e mais Rec-Beat lindão

>>

* Canção hino da musa australiana Kylie Minogue, “In My Arms”, do álbum “X”, completou 13 anos na segunda-feira. E a cantora fez um tweet para celebrar. E lembrou a última vez que tocou a música em um show, justamente o que ela fez aqui no Brasil dentro do festival GRLS! em São Paulo. Sim, o nosso GRLS!. Ainda teve elogio: “Nunca ouvi uma plateia cantar tão alto”.

* Tudo indica que “Biggie: I Got a Story to Tell”, da Netflix, seja um documentário bem revelador sobre a vida do rapper nova-iorquino Notorious B.I.G. antes da fama. Pelo trailer lançado, teremos muitas imagens inéditas e depoimentos de parceiros próximos com novas histórias. De acordo com a mãe do artista, Voletta Wallace, uma das produtoras do filme ao lado de Sean Combs (sim, ele mesmo: Puff Daddy, P. Diddy, Puffy ou Diddy), “Biggie” será “o primeiro documentário a focar nas experiências da vida de meu filho, e não nas circunstâncias de sua morte. É uma celebração de quem ele era e de onde veio. É assim que ele gostaria de ser lembrado”. Estreia na plataforma dia 1º de março e desde já é obrigatório.

* Com um breve texto no Instagram, Max Bloom, guitarrista e vocalista do Yuck, anunciou que a banda acabou. Na mensagem, que também lembra que este ano o álbum de estreia da banda, homônimo, completa dez anos, Max agradece aos fãs, apoiadores e aos colegas de banda, inclusive Daniel Blumberg, guitarrista e principal vocalista da formação original que deixou o grupo após o primeiro disco. Sem Daniel, que ingressou em carreira solo, Max relata que as coisas não foram simples. A banda, que se apresentou no primeiro Popload Festival lá no distante 2013, veja só, ainda lançou mais dois álbuns. Todo mundo meio que desconfiava que o Yuck não ia durar muito desde que Max soltou, no ano passado, seu primeiro trabalho solo.

* A nossa premiação predileta neste mundo, o BRIT Awards, que seria por agora em fevereiro, só vai rolar em maio. Mais exatamente no dia 11/5, na O2 Arena, em Londres. De acordo com os organizadores, esteja o mundo como estiver até lá, a premiação não deve rolar nos moldes tradicionais. Ano passado, o evento foi inesquecível – vale reler nossa cobertura emocionada.

* CENA – A gente destacou ontem por aqui dois shows do festival pernambucano Rec-Beat, em sua edição virtual em lugares icônicos em São Paulo e Recife. Aconteceu por quatro horas no último domingo, o de Carnaval sem Carnaval. As apresentações das quais falamos foram as do mestre baiano Mateus Aleluia, na igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, e a do grupo O Terno, no viaduto Santa Efigênia, ambos no Centro de São Paulo. Outra grande atração do Rec-Beat que foi gravado na região central paulistana foi o da cantora Luiza Lian (foto na home), que tomou lugar na escadaria do Theatro Municipal. Coisa linda de ver.

Tudo do Rec-Beat, essa edição carnavalesca de visitações históricas, está no canal do Youtube do festival. Além das atrações citadas, teve MC Troia, brega-funk recifense direto do Cais da Alfândega; Getúlio Abelha, na Praça Antônio Prado, em SP; Céu, que se apresentou no topo de um prédio tendo a paisagem urbana de São Paulo ao fundo; Spokfrevo Orquestra, com uma apresentação no Marco Zero, o maior reduto do Carnaval do Recife; e o bloco Ilú Obá de Min, outro a ter sua performance registrada desde o Largo do Paissandu, na capital paulista.

>>

POPLOAD NOW – Quatro covers incríveis para ouvir nesta segunda-feira democrática

>>

* Tirando o Rio de Janeiro, todo mundo aí votou certinho? Mais uma edição do Popload Now, desta vez com quatro versões lançadas desde a sexta passada, cheia de conexões sonoras que vão nos embalar até o segundo turno, no final do mês. Segundo turno para quem é de segundo turno, claro.

****

** PORRIDGE RADIO FAZENDO LEONARD COHEN

A banda inglesa revelação deste ano (foto na home da Popload) soltou na sexta-feira uma performance na igreja de St. Giles, em Camberwell, Londres, com uma versão lindíssima de “Who By Fire”, do gênio Leonard Cohen.

Em seu Instagram, a sensível cantora Dana Margolin comentou: “Sempre foi uma das nossas favoritas, então ficamos muito felizes em gravá-la para nossa sessão na igreja de St. Giles, Camberwell. As letras são da liturgia judaica para o Ano Novo, e filmamos na mesma semana que o Rosh Hashaná deste ano”.

O resultado é beeeem bonito.

****

** KYLIE MINOGUE, CHER E MAIS UM MONTE FAZENDO OASIS

Pela segunda vez neste ano, a BBC juntou um time de peso para fazer tipo um “We Are The World” em prol das crianças carentes. A música da vez é a maravilhosa “Stop Crying Your Heart Out”, dos polêmicos irmãos Gallagher. No começo da pandemia, a BBC promoveu o BBC Radio 1 Stay Home Live Lounge com o single “Times Like These”, do Foo Fighters, na voz de artistas como Dua Lipa, Bastille, Sam Fender e Royal Blood (só para citar alguns), para arrecadar fundos para as instituições Children in Need e Comic Relief e dar suporte a pessoas vulneráveis durante a crise da COVID-19.

Captura de Tela 2020-11-15 às 10.18.39 PM

Este novo All Stars cover, que inclui as vozes de Cher, Kylie Minogue e Lenny Kravitz, entre bastantes outros, fez estrear um vídeo que o programa beneficente levou ao ar na sexta à noite na TV, que você vê abaixo, junto com a \lista completa dos artistas envolvidos:

Anoushka Shankar · Ava Max · BBC Concert Orchestra · Bryan Adams · Cher · Clean Bandit · Ella Eyre · Grace Chatto · Gregory Porter · Izzy Bizu · Jack Savoretti · James Morrison · Jamie Cullum · Jay Sean · Jess Glynne · KSI · Kylie Minogue · Lauv · Lenny Kravitz · Mel C · Nile Rodgers · Paloma Faith · Rebecca Ferguson · Robbie Williams · Sheku Kanneh-Mason · Yola

****

** PHOEBE BRIDGERS FAZENDO GOO GOO DOLLS

Entre os artistas que levantaram a bandeira política durante as polêmicas eleições americanas, a cantora loira californiana, que lançou um bom disco neste ano, o “Punisher”, postou em seu Twitter que, se Trump perdesse as eleições, ela faria um cover de “Iris”, grande hit da banda Goo Goo Dolls, música que você, assim como a gente, já deve ter arriscado cantar um dia num karaokê bêbado.

E, como promessa é dívida, depois de ter sido cobrada pelo próprio Goo Goo Dolls também no Twitter, Bridgers fez bonito e chamou a compositora Maggie Rogers para acompanhá-la.

Todo o dinheiro arrecadado com o single irá para a instituição Fair Fight, organização que luta pelos votos das minorias e é encabeçada pela ativista Stacey Abrams, “acusada” de ser a responsável pela virada dos votos a favor do democrata Biden no estado da Georgia. Bravo, Abrams!

****

** DIIV FAZENDO PSYCHIC TV

A banda indie nova-iorquina DIIV lançou neste final de semana uma cover bem interessante de “The Orchids”, música de 1983 do cultuado grupo artsy britânico Psychic TV, cujo líder Genesis P-Orridge morreu no começo deste ano. A versão foi feita para uma ação do blog indie americano Stereogum.

*****

* Esta seção é pensada e editada por Lúcio Ribeiro e Daniela Swidrak.

>>

Kylie Minogue anuncia volta a era “Disco” com novo… disco. Diga algo sobre isso!

>>

* A eternamente bela cantora pop australiana Kylie Minogue, que fez um show absurdo no nosso festival Grls! no começo do ano um pouquinho antes do corona chegar por aqui, anunciou seu novo disco, o “Disco”. Vai sair dia 6 de novembro e já vem com um novo single, “Say Something”.

kylie

Com o single, e o vídeo com letra, percebe-se que o tempo, que nunca fez mal para a beleza de Kylie, também nunca causou problemas para seu pop grandioso. É uma canção para cima que cabe nos anos 90, nos 00 e nesta década. E, pelo “tema” e o vídeo, é bem anos 80 também. Talvez a vibe mais radiofônica do ano. E a música que já tem o maior número de “reacts” no Youtube que eu já vi, tão rápido.

“Disco” vai ser seu décimo-quinto álbum. E “Say Something”, sobre o amor é amor e nunca acaba, veja você, é assim:

>>

Furacão do pop brasileiro, IZA reforça a programação do festival GRLS!

>>

070120_iza2

Evento voltado para a força feminina e que está dando cada vez mais o que falar, o GRLS! terá entre suas atrações musicais o furacão IZA, uma das cantoras mais aclamadas da música brasileira no momento.

A cantora carioca de 29 anos se junta às já anunciadas Linn da Quebrada e a superstar Kylie Minogue no lineup.

Jurada do programa The Voice Brasil, Iza já foi indicada ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo e é conhecida não apenas pela sua voz poderosa, mas também pelos shows cheios de energia e super bem produzidos. E ela promete para este ano o lançamento de um novo disco.

O GRLS! acontece nos dias 7 e 8 de março, no Memorial da América Latina, em SP. Além das apresentações musicais, haverá também o espaço Talks, dedicado a palestras, oficinas e muita conversa, que tem a pretensão de fazer com que as discussões geradas dentro de GRLS! se amplifiquem para outros espaços e outros grupos de pessoas. A produtora cultural Isis Vergílio e a jornalista Renata Simões são as responsáveis pela curadoria do espaço Talks, que já tem as presenças confirmadas da escritora Conceição Evaristo e também da Linn da Quebrada, que marcará sua forte presença nos dois “palcos” do evento.

As informações sobre as datas de venda de ingressos e outras atrações de GRLS! serão divulgadas em breve. O público poderá adquirir ingressos separadamente somente para palestras e workshops, somente para os shows, ou para ambos, que é o mais legal de tudo.

>>