Em lana del rey:

Lana Del Rey causa novamente. Fucking álbum, single bitch e vídeo viagem. Tudo lindo

>>

* Musa eterna da Popload desde que era uma garota hip hop que curtia caras punk rock, Lana del Rey é assunto big hoje por causa de umas encrencas que anunciou causar à custa de seu próximo álbum, o sexto, que sai apenas no ano que vem (ok, daqui a pouco mais de três meses já é 2019).

Captura de Tela 2018-09-19 às 5.17.12 PM

A começar pelo nome do álbum, “Norman Fucking Rockwell” que já explicaremos/mostraremos. Lana acabou de lançar o vídeo desse segundo single de seu novo disco, a incrível “Venice Bitch”, letra foda (desculpa a palavra, mas é o clima), uma de suas melhores.

(o primeiro single era bom tanbmém e você viu aqui, “Mariners Apartment Complex”)

“Venice Bitch”, o single, tem apenas DEZ MINUTOS. Uma viagem psicodélica bem californiana, com Lana narrando coisas como “Fear fun, fear love/ Fresh out of fucks, forever” e “Tryin’ to be stronger for you “Oh God, miss you on my lips/ It’s me, your little Venice bitch”.

“Venice Bitch”, o vídeo, vamos colocar assim, é um rolezinho de carro de Lana com umas amigas pela famosa beach da região de Los Angeles. E acredite, o que você vê é mesmo um rolezinho de carro.

“Eu toquei ‘Venice Bitch’ para meus managers e disse ‘Então, acho que este é o single que eu quero lançar’. E eles: ‘Você está zoando, né? A música tem dez minutos de duração. E se chama Venice Bitch. Por que você nunca facilita nada para nós? Não rola fazer uma versão dela de três minutos como toda canção pop’?””

Acho que não rolou o apelo.

“Venice Bitch” está no álbum batizado de “Norman Fucking Rockwell”. Norman Rockwell é um pintor que, entre sua longa vida nas artes, ganhou fama retratando tanto a cara de presidentes americanos quanto a América Branca Caipira, dessas que vota no Trump. É ao mesmo tempo cafona, supercriticado no meio, e algo cult, depois que morreu, nos anos 70. Achamos um livro dele aqui nos escritórios da Popload, hahaha. Olha o naipe:

WKDL7914

DWJI9551

Lana disse, em entrevista ao nosso querido amigo Zane Lowe, na Beats 1 (Apple Music), entre muitas coisas e viagens e pirações que o nome é inspirado no artista porque ele está na cabeça dela desde maio e que não pensou em outra coisa melhor. Que Rockwell passa alguma coisa para ela a captar alguma alegria na tristeza, mesmo achando que o que ele faz é merda, num sentido humanitário, mas dane-se. Lana achou mérito nesse comportamento do retratista dessa América particular. E diz até que o novo single, e o tratamento do vídeo dele, é inspirado em Norman Rockwell.

Ok, Lana, você manda.

Se você quiser ouvir a entrevista da Lana para o Lowe, vai nesta aqui:

>>

Pensando em seu novo disco para 2019, Lana Del Rey solta a inédita “Mariners Apartment Complex”

>>

120918_lanadelrey2

Já pensando em 2019, a diva Lana Del Rey lançou hoje a primeira de duas músicas inéditas que vai soltar neste ano, mas que estarão em seu novo álbum no ano que vem. Sacou?

A canção é “Mariners Apartment Complex”, com produção assinada de Jack Antonoff e vídeo feito pela irmã da Laninha, Chuck. A segunda canção vai sair no próximo dia 18 e se chama “Venice Bitch”.

Jack Antonoff, dizem, será o produtor deste novo disco, o sucessor de “Lust For Life”. Recentemente, Jack se envolveu em elogiados trabalhos como “Melodrama”, da menina Lorde, “Masseduction”, de St. Vincent, e ainda “Reputation”, da Taylor Swift.

>>

Meninas no comando: Chan Marshall e Lana Del Rey se misturam na linda “Woman”, single do novo disco da Cat Power

>>

150818_catpower2

Divas sendo divas. Duas cantoras que costumam adular (e partir) nossos corações com suas vozes marcantes, Cat Power e Lana Del Rey se uniram no single “Woman”, que estará no próximo disco de Chan Marshall, “Wanderer”, a ser lançado dia 5 de outubro.

Escrito em Miami e Los Angeles, “Wanderer” foi todo produzido pela própria Chan Marshall, terá 11 músicas inéditas, e é seu primeiro álbum em seis anos, sucessor do bem bom “Sun”.

Em comunicado, Cat Power diz que o disco fala sobre sua trajetória de pular de cidade em cidade com seu violão, e reverencia artistas do folk e do blues que ela sempre ouviu.

>>

Com Lana Del Rey como convidada especial, Cat Power anuncia seu primeiro disco em seis anos para outubro

>>

180718_catpower2

Depois de muito tempo, a linda Cat Power está de volta. Dia 5 de outubro, ela vai lançar “Wanderer”, seu primeiro disco em seis anos, sucessor do ótimo “Sun”.

Escrito em Miami e Los Angeles, “Wanderer” foi todo produzido pela própria Chan Marshall, terá 11 músicas inéditas, e ainda uma participação especialíssima de Lana Del Rey na quarta faixa, “Woman”.

Em comunicado, Cat Power diz que o disco fala sobre sua trajetória de pular de cidade em cidade com seu violão, e reverencia artistas do folk e do blues que ela sempre ouviu.

Junto com o anúncio, ela mostrou a capa e os títulos das canções, além de um vídeo com pouco mais de um minutos servido de teaser para o LP.

Wanderer – tracklist
01. Wanderer
02. In Your Face
03. You Get
04. Woman (feat. Lana Del Rey)
05. Horizon
06. Stay
07. Black
08. Robbin Hood
09. Nothing Really Matters
10. Me Voy
11. Wanderer / Exit

180718_capacatpower

>>

Sai Alex Turner, entram Jamie T e Lana Del Rey: Miles Kane firma novas parcerias em primeiro single do disco novo

>>

170418_mileskane2

Não vem ficar de ciuminho, Alex. Enquanto Turner volta suas atenções para a nova fase do Arctic Monkeys, seu fiel parceiro Miles Kane vai lançar um novo disco solo chamado “Coup De Grace”.

E deste projeto acabamos de conhecer o novo single, “Loaded”, linda música que conta com as participações do cantor e compositor inglês Jamie T e da, veja bem, Lana Del Rey.

Kane contou que em janeiro passado, Jamie T estava em Los Angeles fazendo show e, como eles já planejavam escrever uma música juntos há 10 anos, dessa vez rolou. Daí aconteceu da Lana estar por lá e foi “tudo como mágica”.

“Loaded” é a primeira música divulgada do álbum, que será o primeiro de Miles em cinco anos. Seu último disco de estúdio é “Don’t Forget Who You Are”, de 2013.

>>