Em lcd soundsystem:

LCD Soundsystem renasce de vez com um lindo disco novo. Ouça “American Dream”

>>

010917_lcdsoundsystem2

Enfim está entre nós o aguardadíssimo “American Dream”, simplesmente o novo álbum do amado LCD Soundsystem, banda essencial de 10 entre 10 fãs de música boa, patrimônio histórico da música alternativa moderna, que já tocou em eventos como Popload Gig e residência no Madison Square Garden, se matou porque perdeu “seu edge” e reviveu anos depois, para nossa alegria.

Puxado pelos singles “Call The Police” e o que dá título ao projeto, “American Dream” tem 10 faixas inéditas e fará a banda de James Murphy viajar pelo mundo, com parada obrigatória no Brasil para o Lollapalooza 2018, lá em Interlagos.

A notícia “ruim” no meio desse boom de alegria todo é que o disco foi o último a ser gravados no estúdio original da mitológica DFA Records, um dos selos mais legais do mundo desde a explosão do novo rock, no comecinho dos anos 2000, capitaneado pelo próprio Murphy.

O prédio onde funcionava a DFA e a Plantain Recording House, um estúdio em um porão, estava à venda desde maio de 2016 e foi comercializado por cerca de 16 milhões. O espaço, onde Murphy trabalhou e revolucionou o (nosso) mundo por 20 anos, e gravou os três álbuns anteriores do LCD Soundsystem, também foi palco para gravações de bandas como Hot Chip e Holy Ghost!.

Vale lembrar que DFA Records enquanto selo teve um papel fundamental nessa explosão indie do novo rock, com epicentro em Nova York, quando por volta de 2001 os Strokes surgiram gritando “Last Nite”, enquanto do outro lado da ponte o Rapture, com single lançado pela DFA, berrava nas pistas a bombástica “House of Jealous Lovers”. De lá para cá, com os álbuns do LCD Soundsystem, singles do Juan Maclean e produção-coletâneas-remixes de gente como Le Tigre, Soulwax, Hot Chip, Chemical Brothers, Radio 4, entre muitos outros, a DFA fez do mundo indie dance um lugar incrível para se viver, nos oferecendo agora “American Dream”, que pode ser ouvido na íntegra abaixo.

>>

LCD Soundsystem mostra nova música de quase 14 minutos que não está no disco que sai nesta sexta

>>

* Captou?

Foto: Red Eye Chicago

Foto: Red Eye Chicago

A poucas horas de lançar seu aguardadíssimo “American Dream”, disco que marca o retorno do seminal LCD Soundsystem, a turma liderada pelo gênio James Murphy soltou uma nova música que não está no projeto. Oba!

Chamada “pulse (v.1)”, a canção tem duração de quase 14 minutos e é toda instrumental. Nos serviços de streaming, a capa é a do disco novo, o que indica que a faixa pode aparecer em alguma versão deluxe.

Uma das bandas mais incríveis deste novo século, o LCD Soundsystem virá ao Brasil ano que vem para ser uma das principais atrações do bombado Lollapalooza, em Interlagos. “American Dream”, o disco novo, chega ao nosso alcance nas primeiras horas desta sexta.

040817_lcdsoundsystemcapa

>>

Opa, opa. Mais uma nova boa do LCD Soundsystem para gente dançar em Interlagos

>>

Captura de Tela 2017-08-16 às 3.36.24 PM

* Ver essa música ecoaaaar no vale do autódromo paulistano no ano que vem vai ser absurdo. Saiu agora há pouco a nova música do adorado (por nós, principalmente) LCD Soundsystem, “Tonite”, que vai estar no disco “American Dream”, a ser lançado dia primeiro de setembro.

“Tonite”, que já tinha aparecido nos não-filmados shows da banda que será atração do Lollapalooza Brasil 2018, é o terceiro single do álbum novo a sair oficialmente. “Call the Police” e “American Dream” são os outros dois.

LCD_Soundsystem_-_American_Dream_cover_art

Desnecessário dizer, “Tonite” é beeeeeem boa. Traz o melhor do grupo de James Murphy, que é suas eletronices cools, interferências estranhas bem colocadas, voz deliciosa, letras irônicas de um lado e pesada de outro, por conta da mania do Murphy de achar que está velho demais para tudo, pontua a canção entre falsetes e vocoder.

Ou seja, mais uma música obrigatória para a sua vida.

>>

Melhor Lolla ever? Metronomy, Mac Demarco, The National e Royal Blood vêm para o festival. O Imagine Dragons também, parece

>>

Continuamos no nosso plantão Lolla!

The-National

Tudo bem que é longe, que a gente leva umas duas horas e meia para chegar perto de Interlagos, corre aproximadamente meia maratona de um palco ao outro, aguenta alguns DJs genéricos aqui e ali e tal, MAS, no fundo, a gente vai e se diverte. Daí promete que não volta no seguinte, mas volta sim. E se diverte de novo. Como todo ano, o Lolla tenta agradar Deus e o Mundo Indie, sendo “Deus” a imensa maioria do público que não é você e muito menos eu, mas a “geração da tenda” que migrou para o palco principal e que virou o foco não só do Lolla mas como o de oito a cada dez festivais do mundo. E tudo bem, a gente entende que a idade chega para qualquer fã de música. Enquanto as nossas bandas estiverem vindo para cá, não importa a ordem delas no lineup, estou certo?

Pois, ao lado dessas atrações “paralelas” (para a gente) e mais “novas”, sempre teremos aquelas pelas quais vale a pena deslocar o mundo para ver. E se o LCD Soundsystem ainda não era motivo suficiente, em 2018 o Lolla vai botar, bem ao lado de bandas velhas de guerra que servem mais para arrastar os pais da molecada (oi, Pearl Jam e Red Hot Chili Peppers, Liam Gallagher!), o gigante THE NATIONAL, vindo ao Brasil com disco novo! A Popload apurou também que o quarteto inglês METRONOMY e o fanfarrão e ídolo-indie MAC DEMARCO completam o lineup ao lado de Killers e do já citado James Murphy (ambos com álbuns novos). E até a dupla garagem inglesa Royal Blood está na barca. Parece que até o grupo indie-pop “mágico” Imagine Dragons está vindo.

É como um Popload Festival dentro do Lollapalooza!!!!

Na semana passada, o festival confirmou o que a gente já sabia: na próxima edição, o Lolla Brasil será realizado em TRÊS dias. O calendário irá incluir a sexta-feira em sua programação tradicional nas datas 23, 24 e 25 de março, também adiantada aqui na Popload.

FAB3147-800x480

Metronomy no Popload Festival 2014 – foto de Fabrício Vianna

O The National já esteve no país duas vezes, sendo a primeira em um Tim Festival, em 2008, e a segunda em apresentação solo e intensa em 2011. A banda liderada por Matt Berninger lança em setembro seu aguardadíssimo “Sleep Well Beast”, primeiro álbum deles em quatro anos. Ainda nesta semana lançaram “Carin at the liquor store”, single lindo de morrer que você pode ouvir aqui. Mac Demarco, acho, logo mais se muda para cá, tamanha a base de fãs que o cantor formou por aqui, lotando shows por onde passa. E o sempre incrível Metronomy, você deve se lembrar, já foi atracão da Popload duas vezes: a primeira em show solo em 2011 e a outra em 2014, encerrando o segundo dia do Popload Festival daquele ano.

Que beleza, Lolla BR 2018!!!!!

Mac-DeMarco

Mac DeMarco em foto de Coley Brown, para a Noisey. A imagem da chamada da home da Popload é de Phil Smithies, para a DIY Magazine

>>

Atração do Lolla 2018, LCD Soundsystem mostra a capa de disco mais edificante do ano

>>

Grupo mais querido de nossas vidas, o LCD Soundsystem liberou hoje a pré-venda de seu aguardadíssimo disco novo, “American Dream”, o álbum que o David Bowie pediu para o James Murphy fazer. A obra chega ao mercado dia 1º de setembro e ganhou uma capa que tem tudo para ser a mais falada do ano, para o bem ou para o mal. Veja você mesmo:

040817_lcdsoundsystemcapa

“American Dream”, o disco, terá 10 faixas inéditas e é puxado pelos singles “call the police” e o que dá título ao projeto. O álbum batiza de forma oficial o retorno do grupo de Murphy, que chegou a anunciar seu fim no início desta década.

O disco fará o LCD Soundsystem cair na estrada para uma turnê mundial, que começa no México no fim deste mês, passa pela Europa e retorna para a América do Norte no fim deste ano, com dez shows no Brooklyn em dezembro.

No ano que vem, James nos fará uma visitinha para o Lollapalooza, ao lado de nomes como The Killers, Red Hot Chili Peppers, Pearl Jam e Liam Gallagher.

American Dream – Tracklist
01. oh baby
02. other voices
03. i used to
04. change yr mind
05. how do you sleep?
06. tonite
07. call the police
08. american dream
09. emotional haircut
10. black screen

>>