Em levitating:

Chegou! O vídeo da Dua Lipa levitando na premiação americana

>>

Captura de Tela 2020-11-24 às 11.14.14 AM

* Já que o American Music Awards ou a ABC (a TV que transmitiu a premiação) andaram regulando o vídeo completo da performance da britânica Dua Lipa no domingo, ela própria quebra esse galho para nós e posta “Levitating”.

A música é de seu mais recente álbum, o segundo, “Future Nostalgia”, em que em torno dele Dua Lipa se tornou uma das mais ágeis artistas em um difícil ano pandêmico.

“Levitating”, uma canção disco muito boa como muitas em “Future Nostalgia”, foi a que gerou o remix da Blessed Madonna com a participação apenas da Madonna com a Missy Elliott. É também uma das músicas mais “performadas” no TikTok no ano. Vendo a dancinha de Dua Lipa no vídeo dá para entender por quê.

E, por fim, nada “wow” mas ainda assim um acontecimento, Dua Lipa levitou em “Levitating”.

>>

Supermulheres, ativar: Saiu agora o novo single-vídeo “épico” da Dua Lipa. E já causou polêmica. Inclusive por causa do novo cabelo

>>

duaaaaa

* É muita informação para um vídeo só. A musa pop britânica Dua Lipa lançou hoje o vídeo para “Levitating”, mas a “Levitating” da versão remix, não a “Levitating” da versão do delicioso e ultrapop disco dela, “Future Nostalgia”, o segundo álbum da Lipa, que saiu no finalzinho de março, no calor do início da pandemia (na Europa e aqui).

Esse remix é um dos que formarão o novo álbum dela, “Club Future Nostalgia. The Remix Album”, que será lançado logo mais, dia 28 de agosto, e trará remixes de várias músicas do disco, cheio de participações especiais poderosas. Esses remixes já vêm acompanhando os singles lançados e alguns estão até incluídos em chinfras bônus no lançamento do disco “normal” no Japão e Coreia, por exemplo. E, ainda por exemplo, o da faixa Physical vem com Mark Ronson e Gwen Stefani tornando a faixa, tanto quanto o disco de remix todo, “mistura de house dos anos 1990 e pop de 2020”.

Daí que hoje, então, chegamos com este single remix de “Levitating”, música que tem as presenças das divas Madonna e Missy Elliott. A primeira não está no vídeo bombástico da música. A segunda, Elliott, sim. O remix em si é da maravilhosa The Blessed Madonna, a DJ ex-Black Madonna, que resolveu mudar de nome por conta de… bem, você sabe.

O vídeo chegou como uma bomba nuclear nas redes sociais, Twitter em particular, óbvio. Muitos fãs odiaram, muitos fãs amaram. Tem de “Estragou a música e nunca mais quero ouvir Dua Lipa” (estou exagerando) a “Melhor faixa dance que eu ouvi em muitos anos” (nada exagerado aqui). Tem reclamação e longas discussões por que a Madonna não está no vídeo. E muitas e muitas sobre o novo visual da Dua Lipa, de cabelo vermelho.

Escolha suas brigas, mas ouça o remix, veja o vídeo.

>>