Em Liam Gallagher:

Imagine o mundo sem Liam Gallagher… Assista ao novo trailer do filme “As It Was”, que será lançado mês que vem

>>

150519_liamgallagher2

Enquanto o Oasis parece nunca mais voltar mesmo, os irmãos Gallagher seguem dando seus pulos. Enquanto Noel iniciou hoje uma turnê na Ásia, Liam liberou mais um trailer do filme “As It Was”, que será lançado nos cinemas na Europa dia 7 de junho.

O filme foca especialmente na vida de Liam pós-Oasis, desde o fracasso que foi o Beady Eye, passando por seus profundos problemas pessoais que envolveram o divórcio com sua antiga esposa, a cantora Nicole Appleton, e especialmente pelo fato do ex-vocalista de uma das maiores bandas de todos os tempos ter vivido no limbo por pelo menos quatro anos, até seu retorno triunfal em 2017, com o discão “As You Were”.

“As It Was” chega em uma época em que Liam está por finalizar seu segundo disco, que sairá em algum momento do segundo semestre. Dia 6 de junho ele fará um show especial no Alexandra Palace, em Londres, em uma premiere do filme. A apresentação será transmitida ao vivo pela internet.

O trailer levanta a bola: imagine o mundo sem Liam Gallagher…

>>

Ressurreição de Liam Gallagher vira filme e estará nos cinemas e lojas no mês de junho

>>

040419_liamgallagher2

Em agosto agora, completam-se 10 anos do fim do Oasis. Desde então, a vida de Liam Gallagher se tornou uma verdadeira roda-gigante. Enquanto Noel segue firme com seus High Flying Birds desde 2010, o Gallagher caçula penou para voltar a ser o Liam que todo mundo conhece.

Primeiro, ele conviveu com o duro golpe do grupo Beady Eye ter dado errado. Com apenas dois discos lançados e embora fosse o “Oasis” sem Noel, já que seus demais companheiros eram oriundos da banda que marcou histórica no rock britânico, o triste Beady Eye se desfez e o vocalista atingiu o fundo do poço, como ele mesmo gosta de citar em entrevistas.

No entanto, a ressurreição de Liam se iniciou em 2017, com o lançamento de seu disco solo “As You Were”, bastante elogiado, que fez o irmão de Noel voltar à cena, lotando shows mundo afora, incluindo dois em São Paulo. E é justamente este momento de retomada que virou um filme, “As It Was”, dirigido por Charlie Lightening, que tem no currículo trabalhos ligados ao próprio Oasis e até Paul McCartney.

O filme se tornará público dia 7 de junho, quando chega aos cinemas. Dia 10 do mesmo mês, será comercializado em lojas do mundo todo. Hoje, foi lançado o primeiro teaser do projeto, que mostra Liam em sua Manchester, em dezembro de 2017, falando justamente dessa sua ressurreição.

Há um papo de bastidores de que o novo disco foi finalizado nesta semana e será lançado no segundo semestre. Chega mais, Liam.

>>

Estamos sem grandes novidades: Noel Gallagher ameaça processar Liam por causa do… Oasis

>>

gallagher0104a

Em agosto próximo, vão se completar 10 anos desde que o Oasis encerrou suas atividades, após a briga número 1.342 dos irmãos Noel e Liam Gallagher. Embora muita coisa já tenha rolado de lá para cá, parece que um retorno do grupo está cada vez mais distante.

A “boa nova” de agora é que Liam prepara o lançamento de um filme sobre, justamente, este seu período pós-Oasis, desde a criação do Beady Eye, que não deu certo, passando pelos seus momentos pessoais difíceis envolvendo divórcio com sua ex-esposa Nicole Appleton (All Saints), paternidade fora do casamento, fundo do poço e retorno triunfal com sua estreia solo com o disco “As You Were”.

O filme que vem sendo produzido, previamente intitulado “As It Was”, tem direção de Charlie Lightening, que trabalhou bastante com o Oasis e outros nomes como Paul McCartney, parece que terá que sofrer algumas mudanças.

Diz o Liam que recebeu um comunicado vindo da Ignition, empresa de Noel (que cuidava dos direitos do Oasis), que caso ele utilize algum material envolvendo o Oasis, inclusive músicas cantadas por ele nos últimos anos, ele será processado. Sério…

Vale lembrar que a ira de Noel ficou maior há mais ou menos um ano, quando Liam começou a xingar publicamente a família de seu irmão, incluindo esposa e até filhos, que são seus sobrinhos.

Liam e Noel preparam lançamentos de discos ainda para este ano. O de Noel deve sair primeiro. O filme de Liam ainda não tem data de lançamento anunciada.

>>

Os álbuns mais esperados de 2019. Parte 5/6: GALLAGHERS

>>

discos_gallaghers5

Tudo bem que não é um álbum do Oasis, mas Liam e Noel Gallagher terão um 2019 bem ativo. Os dois, que lançaram discos no final de 2017, certamente vão soltar dois projetos de inéditas neste ano.

Liam andou se encontrando com o que ele chama de “seu exército de compositores” em Nova York, em dezembro. Depois do Beady Eye não ter dado certo, o Gallagher caçula deu uma sumida, foi ao fundo do poço, e retornou cheio de glória com “As You Were”. As expectativas para um novo disco são as melhores. Diz ele que tem 20 músicas na manga.

Já Noel meio que surpreende ao planejar para este ano o lançamento deste que vai ser seu quarto disco solo. O ex-líder do Oasis contou que tem material suficiente para soltar dois discos, mas deve repetir a fórmula de “Who Built The Moon?” e escrever/gravar em estúdio com o produtor David Holmes. Também em dezembro, Noel andou pelas bandas do estúdio Abbey Road.

Ambos já tem shows marcados para o verão, o que aumenta os indícios de novos lançamentos e trocação gratuita de farpas via imprensa em 2019.

>>

Mais de duas décadas depois, Liam Gallagher volta a cantar a clássica “Cast No Shadow” em um show

>>

171218_liam

Liam Gallagher fez recentemente um show em Londres, na Union Chapel, com renda toda revertida para instituições de caridade nesta época de Natal. O show foi todo acústico e dele apareceu uma raridade.

Pela primeira vez desde 1997, Liam cantou a incrível “Cast No Shadow”, faixa que está no histórico “(What’s The Story) Morning Glory?”, o disco que consolidou o Oasis como uma das maiores bandas do mundo no meio dos anos 90.

A última vez que Liam havia cantado a canção com o Oasis foi em junho de 1997, quando eles fizeram dois shows em parceria com o U2, em Oakland. Desde então, apenas Noel tocou o som ao vivo em ocasiões especiais. “Cast No Shadow”, composição de Noel, foi inspirada em outro gênio inglês, Mr. Richard Ashcroft.

Liam está armando o lançamento do seu segundo álbum solo para o ano que vem e esteve recentemente em Nova York com o que ele chama de “exército de compositores” para o seu novo trabalho.

Abaixo, a versão de “Cast No Shadow” da semana passada, e a última com o Liam, lá em 1997.

>>