Em Lizzo:

Top 10 Gringo – Jungle emplaca o topo e não é difícil entender por quê. Killers novo cola na segundona. A “nova” Courtney Barnett completa o pódio, para o nosso gosto…

>>

* Mais uma semana de grandes lançamentos lá fora. E desta vez diversos climas comtemplados. Tem a alegria do Jungle, o épico do Killers e o minimalismo de Courtney Barnett. Mas também tem climas parecidos, no caso do shade da Lizzo, shade da Billie. Ou nas loucuras sonoras de Indigo De Souza, Magdalena Bay e Monaleo. Nessa diversidade a gente segue com a melhor playlist de novidades gringas que se tem notícia. Pelo menos nesta semana :)

jungletopquadrada

1 – Jungle – “Romeo (feat. Bas)”
“Este é um álbum sobre liberdade”, declarou Josh Lloyd-Watson, metade do Jungle ao lado de Tom McFarland. E essa alegria e ar de recuperação está por toda “Romeo”, um dos melhores sons de “Loving in Stereo”, novo álbum da dupla inglesa, lançado na sexta passada. Daquelas músicas que se a letra não estiver falando sobre algo positivo, a gente finge que é, já que ela chama nosso corpo para dançar livremente.

2 – The Killers – “West Hills”
A missão do Killers de se tornar uma megabanda pique U2 teve seus bons e maus momentos. Este novo álbum, “Pressure Machine”, provavelmente entrará para o hall dos acertos. Um disco sobre o interior doz Estados Unidos, afetuoso com o local, mas sem abdicar de uma mínima exposição crítica. Musicalmente tem toque de R.E.M., Bruce Springsteen, U2 na fase apaixonados pela América do Norte. “West Hills” é um caprichado roteiro de filme de alguém que se dá mal e vai preso por porte de muitas drogas. Seu refrão é épico e grandioso. Os mesmos versos são cantados de maneiras diferentes de acordo com o clima da história. Coisa caprichada. Dá para arriscar o grandioso sem ser pretensioso e chato.

3 – Courtney Barnett – “Before You Gotta Go”
Que prazer é escutar a Courtney Barnett explorando outras pegadas para sua música. Menos Kurt Cobain, mais Velvet Underground – um toque que ela já experimentou na bela “Depreston”, mas sofistica aqui em uma engenhosa guitarra que parece simples e repetitiva, mas é tudo o que a canção pede.

4 – Lizzo – “Rumors” (feat. Cardi B)
É um estouro o novo single da Lizzo em parceria com a Cardi B. Não dava para esperar menos, na real. A letra é uma daquelas clássicas respostas aos haters que rolam após um estreia bem-sucedida, sabe? Kurt Cobain, para citar ele de novo, abre “In Utero” com uma dessas. E a música tem uma bateria roqueira escondida que lembra “Smells Like Teen Spirit”, repara.

5 – Billie Eilish – “Oxytocin”
A gente segue elogiando semanalmente o “Happier than Ever” da Billie por aqui. Se o disco fala um tanto sobre a separação dela do ex abusivo, “Oxytocin” faz mais sentido como a música onde a cantora conta a história a partir do ponto de vista dele – daí as menções a sexo serem tão agressivas. É uma interpretação apenas e a letra pode ser lida de outras formas. Em fóruns há longos debates sobre isso. O que você acha?

6 – Magdalena Bay – “Secrets (Your Fire)”
Potente este duo norte-americano formado por Mica Tenenbaum e Matthew Lewin. A dupla faz um pop torto na linha da Charlie XCX, mas não tão exagerado – esse tal hyperpop que força nas texturas e nas referências a si mesmo. Tente escutar este som sem ficar pensando que já escutou antes algo dali.

7 – Monaleo – “Suck It Up”
Rapper texana da melhor qualidade, Monaleo tem um flow original e que sabe passear de maneira amalucada por uma batida completamente alucinada que vai se alterando sem medo por toda a música. É daqueles sons que a gente não sabe onde vai dar. Mas quer ir junto.

8 – Indigo De Souza – “Real Pain”
E, por falar em música piradinha, esta é um outro exemplo. A faixa escolhida dessa bela banda da Carolina do Norte vai se desintegrando lentamente a partir da metade em ruídos e gritos. E volta a ser uma canção convencional após alguns minutos. É uma maluquice deliciosa. Experimente.

9 – Helado Negro – “Gemini and Leo”
Parece que a música do americano-equatoriano Helado Negro é feita para ser acompanhada por drink de verão na mão, num horário cedo de festival, tipo no final de tarde. Pegada latina, funkeada, guitarrinhas espertas. Why not?

10 – Gorillaz – “De Ja Vu”
Essa é só uma das três músicas inéditas que o Gorillaz mostrou recentemente em shows pela Inglaterra. Pequenas amostras de um álbum que Damon Albarn prometeu para logo mais. Sendo que logo mais ele também solta o solo dele, vai entender. Gente produtiva é assim. Não está oficial nos streamings ainda. Tem que ir no Youtube.

*****

*****

* A imagem que ilustra este post é da dupla inglesa Jungle.
* Este ranking é formulado pelo duo Lúcio Ribeiro e Vinícius Felix.

>>

Lizzo chama a Cardi B para o começo de uma nova era no pop. Ouça _e veja_ a ótima “Rumors”

>>

lizzo

* All the rumors are true, yeah
Fake ass, fake boobs, yeah

Se tem outra dupla mais explosiva para se juntar hoje em dia no pop para uma “musiquinha aí”, desconhecemos. Então, como todos os rumores são verdadeiros, toma agora “Rumors”, canção em parceria da explosiva (hummm) Lizzo com a explosiva (viu?) Cardi B, primeira colab das duas que numa só respirada o mundo da música já sai dançando.

Mas não é uma coisa meio Algel Olsen e Sharon Van Etten, de autoria dividida. O single é da Lizzo e marca a esperada volta da cantora desde o ábum-bomba (aí…) “Cuz I Love You”, de 2019. A Cardi B só cola na participação. Mas é que uma participação da Cardi B nunca é um mero “feat.”, né?

Mas, vá lá, “Rumors (feat. Cardi B)”, da Lizzo, é apontado pela própria como um começo de uma nova era.

Essa nova era da rapper flautista Lizzo passa, então, a ser sentida agora com esse single e mais um monte de aparições dela a partir de agora, como no enorme e sold-out Bonnaroo Festival, em Nashville, que acontece no dia 4 de setembro e traz, além de Lizzo, nomes como Foo Fighters, Tame Impala, Tyler the Creator e Megan Thee Stallion como principais destaques. Lizzo será a primeira mulher a ser headliner no Bonnaroo.

Voltando a “Rumors”, a cadência da música, a letra e a conversa das duas são espetaculares. Essa parte aqui, perto do fim, é genial.

They hated on me since school, yeah
I never thought I was cool, yeah
Now me and Cardi, we cool, yeah
I love hoes on poles, yeah (Woo)
I am body goals, yeah
This shit from my soul, yeah
Black people made rock and roll, yeah

Olha e ouça o começo da nova era, então.

***

* As fotos de Lizzo e Cardi B, usadas neste post, são de Jora Frantzis.

>>

Popnotas – Lá vem a Lizzo com música bombástica nova. O Macaco Bong, o “Bacurau” e a master chef. E já sobre o Coachella 2023

>>

* Sdd da Lizzo? Pois a cantora americana, rapper e flautista também, chega no dia 13 aos nossos ouvidos provavelmente mais uma vez com uma de suas músicas arrasa-quarteirão. Chama “Rumors”, tem aquela coisa do pré-save disponível e é o primeiro som dela neste ano, já apontando para o histórico show que ela fará no dia 4 de setembro no enorme festival Bonnaroo. Histórico porque vai ser a primeira vez que uma mulher vai ser headliner do evento de Manchester. Manchester, Tennessee, claro. Será o começo de muitos rolês de Lizzo (foto na home) em 2021. Vamos estar aqui de olho nela.

* O bombadaço rapper, cantor e uns outros atributos importantes Frank Ocean vai ser o headliner do Coachella 2023, vai ser anunciado em breve. Segundo o jornal californiano “Los Angeles Times”, o artista vai pular a edição do ano que vem do festivalzão do deserto, marcada para acontecer em abril. Ocean ia encabeçar um dos dias do Coachella de 2020, que nunca rolou você sabe por quê. Os outros que estavam no topo do line-up do ano passado, a banda Rage against the Machine e o rapper Travis Scott, estão mantidos para 2022. Um novo headliner, para o lugar de Frank Ocean, também vai ser anunciado nesta pacoteira coachelliana de avisos importantes.

* CENA – Depois de três anos sem dar as caras, o trio Macaco Bong, instituição instrumental do rock brasileiro desde 2004, quando foi formada pelo guitarrista Bruno Kayapy na quente (mesmo) Cuiabá da época, acaba de lançar um single inédito. A faixa chama “Hacker de Sol” e vai estar no próximo álbum do grupo, “Mondo Verbero”, que sai ainda em 2021, sem data certa ainda (via selo ForMusic Records). Hoje o Macaco Bong traz Kayapy como membro original ainda Eder Noleto na bateria e Igor Carvalho no baixo, os dois de Cuiabá, embora o fundador da banda já tenha fincado o pé em São Paulo. “Hacker de Sol” é inspirada no filmaço “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. “O filme me trouxe uma narrativa que eu estava justamente buscando na sonoridade deste álbum. A vibe do sertão nordestino com um estilo de psicodelia que mistura o jazz, blues, desert rock com dub, R&B, música brega, forró e frevo recheada de melodias polifônicas e sequências de acordes e riffs mântrico através de uma linha de som mais minimalista”, explica Kayapy. A arte do single e a do álbum novo é da premiada chef, estrela de TV e roqueira Helena Rizzo, mulher de Kayapy.

>>

Old but gold. Lizzo novinha e no auge em session para a rádio The Current

>>

Captura de Tela 2020-12-14 às 4.18.22 PM

* A Current, emissora indie esperta de Minneapolis, Minnesota, é uma das nossas rádios prediletas neste mundão de rádios legais. Nem tanto para ouvir direto, mas mais como fonte de produtos legais e postáveis, tipo suas sessions.

Daí que de vez em quando, nestes tempos pandêmicos, eles sobem uns arquivos legais de sessions antigas, selecionadas, editadas, como o fizeram no último semana com um vídeo de três músicas de duas sessions que a bombástica Lizzo fez para eles, em 2014 na luta do reconhecimento (“Paris”) e no auge do sucesso como diva do pop americano com pendência de estilo ao hip hop (“Cuz I Love You” e “Juice”, megahits).

Na legenda do vídeo, a Current agradece o fato de que Lizzo é de Minneapolis e vivia nos arredores da rádio, o que facilitou o comparecimento dela às sessions, antes que o sucesso estrondoso a afastasse do local.

Dá uma olhada na Lizzo em sessions em Minneapolis.

0:00 “Paris” (2014)
3:11 “Cuz I Love You” (2019)
6:17 “Juice” (2019)

xhttps://youtu.be/c8w-7yc4hFA

>>

Furacão Lizzo no Brasil: confira vídeos inéditos do show da nova estrela pop no Rio de Janeiro

>>

Foto: AgNews

Foto: AgNews

Um dos maiores fenômenos da música pop hoje, a incrível LIZZO liberou diversos vídeos do seu concorrido show fechado realizado no Rio de Janeiro, em fevereiro deste ano, dentro do evento YouTube Music Night.

Os vídeos foram postados através da gravadora da cantora no Brasil, a Warner, e temos belos registros até então inéditos de “Truth Hurts”, “Juice” e “Cuz I Love You”.

Lizzo está bombando desde o ano passado e ganhou nada menos que três Grammy no início deste ano, de Melhor Performance Solo de Pop, Melhor Performance Tradicional de R&B e Melhor Álbum Urbano Contemporâneo, “Cuz I Love You”. Nas redes sociais, a moça tem quase 11 milhões de seguidores e quase 4 bilhões de execuções de suas músicas nas plataformas digitais.

A Lizzo bombator no Rio pode ser conferida abaixo.

>>