Em lollapalooza br:

Cursinho Popload! Aula de hoje: “Para gostar de KENDRICK LAMAR”

>>

Screen Shot 2019-04-02 at 19.24.24

Eu não chequei, mas acho difícil que alguém nesta edição do Lollapalooza seja tão reconhecido quanto Kendrick Lamar. Nem vou ver os números de cada, mas sabendo que só ele deve ter um Pulitzer, isso já é o bastante. Eu quero lembrar ainda que ele tem alguns Grammys e uma indicação ao Oscar.

O reconhecimento também vem do público. Em termos de Spotify, Kendrick é um dos três artistas que estarão no festival que tem uma música pelo menos com mais de 1 bilhão de plays na plataforma.

O mesmo acontece pela crítica. Desde 2012 mais ou menos, sempre quando ele lança um álbum tem alguém para falar que é o disco do ano. Certo, é um chute meu isso aí, mas não acho que estou errado.

Inclusive, podemos começar nossa aula por esse detalhe. Dividir a obra do rapper em playlists é um pouco errado e acho que até ele deve concordar com isso. Kendrick Lamar faz álbuns que precisam ser ouvidos do começo ao fim, com atenção na história, nos detalhes. Não é por acaso que a edição especial do “DAMN” é o mesmo disco só com a tracklist invertida. Esse detalhe transforma a narrativa.

Talvez o caminho mais certo para ensinar você a gostar de Kendrick Lamar seja te indicar o álbum mais fácil dele e assim por diante. Mas seguimos com o método de uma playlist para iniciantes, uma para ouvintes intermediários e uma para ouvintes avançados.

Então, por mais que sua obra seja centrada nos álbuns, até que se encaixa bem na nossa divisão aqui porque Kendrick consegue ao longo de sua discografia ser pop para quem nunca ouviu rap, ser excelente para fãs de rap em uma linha tradicional e ser inovador a ponto de levar o gênero para novos limites.

Escolha a playlist mais adequada para você e uma boa aula!

*** Uma colaboração do jornalista Vinicius Felix* para a Popload. Vale lembrar que ele está lá no Twitter (@ViniciusFeIix) para ouvir sugestões e reclamações, seja dos iniciantes que encontrarem dificuldades ou dos alunos mais experientes! Vai lá. ***

Iniciante

kendrick lamar 2011

Como eu falei na introdução, aqui está o lado mais pop do Kendrick Lamar. Porém, como todo gênio da música, ele consegue que músicas relativamente difíceis sejam muito populares. Só pensar em “HUMBLE.”, sua música mais tocada no Spotify. Ele não suavizou para ser mais aceito, muito pelo contrário. Mas muito mesmo.

Intermediário

kendrick-lamar

Aqui já vamos ter algumas músicas do Kendrick Lamar que não são propriamente difíceis de gostar, mas são um pouco mais desafiantes para quem não manja muito de rap. Com um pouco de dedicação, logo você saca as variações todas de faixas como “Backseat Freestyle” ou “ELEMENT.”.

Avançado

kendrick lamar

Certo, agora a playlist não busca facilitar, não. Temos mais sons baseados em jazz do que na playlist anterior, temos alguns sons que nos discos funcionam como interlúdios e temos faixas longas, faixas bem longas mesmo. São os momentos onde o Kendrick realmente vai levar sua música para territórios ainda pouco explorados:

*Vinicius Felix é jornalista, tem obsessão por playlists e é o responsável pelo podcast Telefonemas.

>>

Lolla BR vai trazer ano que vem o Led Zep… ops, a banda Greta van Fleet

>>

* Opa, a coisa está se formando. Só falta descobrirmos mais umas outras 65 bandas.

Captura de Tela 2018-08-17 às 1.45.00 PM

O grupo americano Greta van Fleet, destaque desde o ano passado do indie mas que só vai ter álbum de estreia lançado no final deste ano, engrossará a lista de bandas que vêm ao Brasil no ano que vem para tocar no Lollapalooza Brasil, em Interlagos, e talvez em algum clube por aí.

A banda, que se apresentou com certo barulho no Coachella deste ano, é a emulação mais descarada de Led Zeppelin desde Wolfmother e Jet que o mundo independente conheceu, do hard rock das guitarras pagianas aos rasgos vocais plantianos de Josh Kiszka. Eles até assumem.

Dia destes, o veterano Robert Plant citou o grupo do Michigan, em uma entrevista para um canal de TV australiano, como uma de suas bandas novas favoritas. E chamou Kiszka de “a beautiful little singer”, além de dizer que o Greta van Fleet é total “Led Zeppelin I”, em referência ao primeiro disco da histórica banda britânica, datado de 1969 ainda.

O Greta van Fleet entra no Lolla BR junto com Arctic Monkeys e Sam Smith, pelo que já corre “por aí”. Nesta semana, o jornal volante “Destak” divulgou que Lenny Kravitz e a “banda de millenials” Twenty One Pilots também aparecerão na escalação oficial do próximo Lolla brasileiro.

Agora em julho, o GvF lançou o single “When the Curtain Falls”, que vai estar no primeiro disco cheio do grupo, que até então vivia da fama de Led Zeppelin e dos dois EPs que lançaram no ano passado, quando apareceram.

“When the Curtain Falls” ganhou seu vídeo oficial nesta semana. Ei-lo.

>>

Lollapalooza confirma sideshow do Duran Duran em BH. E shows do festival no Rio

>>

twodoor

* Hoje é o dia mundial de anúncios de bandas e shows, e o Lollapalooza BR surfa nesta onda para divulgar os sideshows de seu festival de março em São Paulo. A primeira novidade é que o veterano grupo inglês Duran Duran (foto na home da Popload) toca no dia 29 de março no BH Hall, casa de shows da capital mineira. A performance da turma de Simon Le Bon, para Belo Horizonte, está sendo tratada como “intimista”. Os ingressos serão vendidos no site do Lolla e na bilheteria do BH Hall a partir de 2 de dezembro, sexta desta semana.

Lembrando que o Lollapalooza acontece em Interlagos, SP, nos dias 25 e 26 de março.

** No Rio de Janeiro, via Queremos, foram anunciadas dobradinhas indies interessantes: de dias e de bandas, sempre no Circo Voador. No dia 28 de março, Two Door Cinema Club (foto acima) toca para os cariocas, com abertura do Jimmy Eat World. No dia seguinte, 29/3, Cage the Elephant e Silversun Pickups se apresentam. Um lote promocional de ingressos já está sendo vendido no site do Queremos.

Vamos aguardar mais shows fora do Lolla!

>>

Lollapalooza BR vai anunciar Pharrell, Jack White, Interpol e Robert Plant no domingo às 23h59

>>

061114_pharrell

No fim de noite do outro domingo, 16 de novembro, parte dos mistérios do Lollapalooza 2015 serão desvendados. Evento marcado para o Autódromo de Interlagos para os dias 28 e 29 de março do ano que vem, o festival vai anunciar de forma oficial suas atrações, entre elas Pharrell Williams, Jack White, Interpol e Robert Plant. A ideia é anunciar o line-up completo. Mas pode ser que deixem alguns nomes para o futuro próximo, porque parece que a negociação geral não está aquela facilidade.

Na real, o anúncio brasileiro deve ser já no avanço da madrugada da segunda. Se o Chile comandar o anúncio, às 23h59 deles, os brasileiros só vão conhecer os nomes à 1h59 da segundona.

O rapper/produtor Pharrell será um dos headliners. Plant, voz inconfundível do Led Zeppelin, será um dos chamados co-headliners. White vai mandar num dos palcos principais, não se sabe se como headliner principal ou co. Sendo assim, fica um headliner a ser anunciado ainda. Mistério. Justin Timberlake e Maroon 5, para fechar uma noite de modo bem pop, não rolarão. Green Day virou um enigma, mas parece que também não vem.

A organização do festival, que tem suas edições latinas também no Chile e na Argentina, tem trabalhado com diversos nomes nos últimos meses para completar seu line-up. Alt-J, Weezer, The Kooks, Bastille, Foster the People, Bloc Party, Kasabian, Chvrches e Empire of the Sun devem estar na lista.

A venda de ingressos a preços promocionais do Lolla BR começou em setembro.

150914jack

>>

Lolla BR: ingressos de sábado esgotam “logo mais”. Domingo “está tranquilo”

>>

Win Butler,  Regine Chassagne

A Popload apurou que deve chegar daqui a pouco, dentro das expectativas da produção do Lollapalooza Brasil, a informação de que o sábado terá seus ingressos esgotados de forma antecipada. A procura tem sido maior talvez pelo “dia melhor” da semana, já que Interlagos é um bocado longe de tudo. Neste dia tocam bandas como Muse, Nine Inch Nails, Disclosure, Phoenix, Lorde e Julian Casablancas. Já para o domingo, o dia do Arcade Fire, Soundgarden, Johnny Marr, Pixies, New Order e Vampire Weekend, a venda segue “bem tranquila”.

O papo inicial de quando foi divulgada a programação do evento no fim do ano passado era de que a Time For Fun esperava cerca de 70 mil pessoas por dia.

Com o cancelamento do sideshow do Muse que aconteceria hoje no Grand Metrópole, os 2500 ingressos adquiridos para o show podem ser utilizados em um dos dois dias do Lollapalooza. Quem preferir, pode solicitar o reembolso.

030414_muse

>>