Em lollapalooza brasil:

Olar, Olly. Years & Years vem para o Lollapalooza em São Paulo. Agora vai?

>>

* A banda eletropop inglesa Years & Years, do singular Olly Alexander, estará na escalação do Lollapalooza 2019 quando a própria for anunciada ainda nesta semana ou no começo da outra, a Popload foi informada.

Bom, a Popload tinha sido em formada em 2015 que o grupo de Londres estaria no Meca Festival. Só que a apresentação foi cancelada porque as gravações do primeiro álbum demoraram e a banda optou por continuar trancafiada no estúdio até o disco ficar pronto. Olly e companheiros estavam certos também no Lollapalooza 2018, mas prestes a serem anunciados oficialmente também optaram por adiar a primeira visita ao Brasil. Mas, parece, nos garantiram, QUE AGORA VAI e trombaremos os meninos em Interlagos.

O Years & Years, você sabe, é dessas bandinhas de garotos que já estão beeeeeem grandes na Inglaterra e com força para lotarem shows nos EUA com meses de antecedência. Assisti um deles em Los Angeles uns anos atrás, tipo 2015, que era uma série de dois shows sold-out uns três, quatro meses antes da data de realização. Época do primeiro disco ainda, “Communio”, lançado meses antes. A histeria para ver Olly Alexander em ação era nível 8 na escala Beatles.

years

A banda tem um núcleo duro de três fundadores, mas ao vivo carrega uns músicos convidados. Acabaram de lançar o segundo disco, “Palo Alto”, agora em julho. Esse segundo trabalho foi tão bem recebido que resgatou o primeiro álbum, “Communion”, para as paradas de mais vendidos de novo. O álbum anterior, que alcançou a marca de 1 milhão de cópias vendidas, real e virtualmente, foi o disco mais vendido numa primeira semana de lançamento na Inglaterra em 2015.

Mas quem brilha mesmo é o simpático tecladista e vocalista Olly, que é bem conhecidinho tanto no teatro quanto na TV inglesa, por ter sido um dos carinhas estrelas da série “Skins”.

Cacilda, Olly. Não vai furar desta vez!!!

>>

Prepara a tattoo na cara. Post Malone está no Lolla BR

>>

Captura de Tela 2018-09-24 às 6.18.22 PM

* O sujeito é estrela do rap, mas o sujeito também é rockstar. O cara-tatuada Post Malone, um dos artistas novos mais falados dos EUA (tem 23), vem com sua cara toda tatuada na edição 2019 do festival Lollapalooza, a Popload ficou sabendo. Malone, dois discos e um monte de confusões (que inclui uma quase tragédia aérea), é considerado responsável, ou pelo menos “encourajador”, de uma onda de molecada fazendo tattoo na cara hoje nos EUA e além.

Malone lançou seu segundo álbum, “Beerbongs & Bentleys”, em abril deste ano. E, olha, o disco não é ruim. Tem essas boas “Rockstar”, “Psycho” e outros três singles já bastante tocados.

Post Malone cola em Arctic Monkeys, Sam Smith e Greta van Fleet na escalação do Lollapalooza brasileiro, que já está vendendo seus ingressos, em pré-venda, de hoje a dia 29. O festival de Interlagos acontece nos dias 5, 6 e 7 de abril de 2019.

>>

Veja ao vivo, aqui, show do “nosso” Arctic Monkeys. Banda, que vem esfregar o disco novo na nossa cara no Lolla 2019, toca amanhã no Lolla Chicago com outras 199 bandas

>>

Foto: Chimera Magazine

Foto: Chimera Magazine

Vamos ter que engolir o Alex Turner careca no ano que vem, no pun intended. O Arctic Monkeys é um dos headliners do Lollapalooza no ano que vem, já estamos falando há algum tempinho, cercando a notícia, que agora vem com um “ok go” da Inglaterra. Sabemos também, pelo jornal Destak, que o meio chatongo Sam Smiffff é o outro. A gente tem info do terceiro, talvez, mas falta apurarmos mais. E acreditarmos mais também hahahaha. Mas vai ser uma atração “para as meninas”. Ou para xs meninxs, para não ganharmos textão no Facebook.

O negócio é que a banda inglesa, o segundo show mais “hot” do mundo hoje, depois do Nick Cave (cóf cóf), vem enfiar na nossa goela o polêmico disco “Tranquility Base Hotel & Casino” em um dos dias oficializados pelo Lollapalooza Brasil para edição do ano que vem: 5, 6 ou 7 de abril. Será a quarta visita dos Monkeys em terra brasilis (Tim Festival novinhos, em 2007, que incluiu até Curitiba; Lolla BR 2012 com a turnê do “Suck It and See”; solo em 2014, com o “AM” na bagagem).

Eu já gosto bem do último disco, então #TAMOJUNTOALEXQUERIDO. É só não ouvir o álbum novo como “um álbum”, contrariando o vocalista Cristiano Ronaldo do grupo de Sheffield, que fez a tese da lua e do Kubrick e tals. E no show, no meio daquela porradaria costumeira dos hits antigos, tudo funciona lindo.

Como a gente vai poder conferir amanhã, ao vivo, direto do Lollapalooza Chicago, aqui na Popload. A gente vai transmitir em parceria com a Red Bull, que tem a RBTV entrando direto do festival matriz americano com uma penca dos quase 200 shows.

Além do Arctic Monkeys, o Lolla Chicago terá como headliners Bruno Mars, The Weeknd e Jack White. Fora eles, tocam desta quinta-feira (amanhã) até domingo no gigante Grant Park, o “parque do Obama”, nomes incríveis como Chvrches, Franz Ferdinand, Wombats, The National Tyler the Creator, Jungle, Vampire Weekend, St. Vincent, Dua Lipa, Chromeo, Vaccines e muito mais.

Tem ainda a sensação Post Malone, que toca no mesmo dia do Arctic Monkeys. O rapper/cantor, que também é produtor, tem se tornado atração imperdível por onde passa com sua cara tatuada.

As transmissões ao vivo de boa parte destes shows você acompanha aqui na Popload na quinta, a partir das 20h, e de sexta até domingo a partir das 16h.

Amanhã a gente conta mais direitirho sobre essa transmissão.

Ok, Alex?

>>

Atenção: Lollapalooza Brasil troca o treta Tyler the Creator pela cantora norueguesa AURORA

>>

210717_tyler2

Mudança no line-up do Lollapalooza quase que às vésperas do evento em Interlagos. O rapper treta Tyler the Creator mandou avisar que não poderá vir ao festival. A comunicação oficial é a seguinte: “Infelizmente, por motivos pessoais, eu não conseguirei me apresentar nas edições do Lollapalooza na América do Sul. Me desculpem e eu prometo que irei voltar”.

No lugar do norte-americano entra a doce e bipolar cantora norueguesa AURORA, que despontou para o mundo com uma cover de “Half The World Away”, do Oasis, em uma campanha de Natal no ano de 2015, que rendeu polêmica porque o Alan McGee, descobridor da lendária banda inglesa, disse que a versão ficou um lixo. Já o Noel falou que o que importava era o cheque que recebeu pelos direitos autorais. Enfim.

Hoje com 21 anos, AURORA tem no currículo o bombado disco de estreia All My Demons Greeting Me as a Friend, lançado em 2016. Ela toca no domingo, dia 25, às 18h20, ironicamente na mesma faixa horária do Liam Gallagher, ex… Oasis.

020316_aurora_slider

Chili Peppers x DeMarco. The National x Mano Brown. Liam x Tyler. Wiz Khalifa x Killers. Tretou geral o Lollapalooza Brasil e seus horários

>>

Foram divulgados os horários dos shows deste que promete ser o maior Lollapalooza Brasil da história, a começar pela sua duração de três dias, 23 a 25 de março, em Interlagos. Com a divulgação, é claro, apareceram os famosos confrontos de shows com os quais temos que lidar.

Na sexta-feira, quando terminar o Spoon, começa o Royal Blood. Desta escapamos. Mas Red Hot Chili Peppers e Mac DeMarco começam às 21h10. A diferença é que a banda norte-americana terá um set 50 minutos maior.

Já no sábado, a revelação Anderson .Paak divide atenções com o nosso O Terno, na faixa das 16h. David Byrne x Mac Miller, e The National com Mano Brown (ai), fazem os “duelos” do fim de tarde.

No domingão, a coisa fica mais tensa: os tretas Liam Gallagher e Tyler the Creator tocam de 18h20 às 19h20. Mais tarde, o embaçado Wiz Khalifa vai bater de frente com o headliner Killers.

E agora, Brasil?

lollasexta

lollasabado

lolladomingo

>>