Em lorde:

Lorde retribui gentileza de Bruce Springsteen e canta “I’m On Fire” na Nova Zelândia

>>

081117_lordebruce2

Demorou tipo três anos, mas a menina Lorde retribuiu uma gentileza musical feita pelo gênio Bruce Springsteen. Em 2014, o Boss estava excursionando pela Nova Zelândia, quando prestou uma homenagem à então revelação da música no mundo naquele ano.

Com o hábito de escolher uma música local para fazer cover-homenagem em cada país que atravessa com suas turnês, o veteraníssimo roqueiro Bruce Springsteen se rendeu à Lorde em um show em Auckland, na nova Zelândia, e cantou àquela altura a música mais famosa do planeta naquele momento, o super hit “Royals”.

Agora, foi a vez de Lorde cantar “I’m On Fire” em uma pegada bem intimista durante um show seu em Christchurch, também na Nova Zelândia, nesta semana. Ela aproveitou para emendar linhas de “400 Lux”, faixa que está em seu último disco, “Melodrama”, lançado neste ano.

* A “Royals” do Bruce, em 2014.

Lorde troca figurinhas com o 1975 e manda uma bela versão de “Somebody Else”

>>

061017_lorde2

A menina Lorde está em ritmo de divulgação de seu último disco, “Melodrama”. Atualmente, a cantora neozelandesa excursiona pela Europa e foi em Paris que ela mandou uma cover de “Somebody Else”, do 1975.

O hit da banda inglesa sempre esteve na cabeça de Lorde. Tipo em 2016, Lorde até tuitou que a canção era uma “música pop perfeita”. Pouco tempo depois, ela contou que “Somebody Else” era a faixa que ela mais ouvia no Spotify.

Na outra ponta, o vocalista Matty Healy disse que a neozelandesa era sua pop star favorita. Tamanha troca de figurinhas só poderia ter resultado em uma versão incrível da cantora, que pode ser vista abaixo.

>>

Xiii. Olha a Lorde fazendo cover para o… Phil Collins

>>

280917_lorde2

Lorde foi mais uma convidada neste mês especial do Live Lounge, o programa de sessions da BBC Radio 1, que tem recebido atrações especiais, seguindo o padrão de sempre, com as bandas e artistas cantando ao menos uma música autoral e outra cover.

A cantora neozelandesa aproveitou sua estadia na estação de rádio inglesa para mostrar seu bombado single “Green Light”, do seu mais recente disco, “Melodrama”, mas mostrou também uma improvável cover de… Phil Collins.

A canção escolhida por Lorde foi o hit “In The Air Tonight”. Em uma entrevista recente, a cantora disse no programa de Marc Maron que seus cantores favoritos são caras que soam como uma combinação de um namorado com um pai. Vai ver veio daí a escolha…

O resultado pode ser conferido abaixo.

>>

Lorde mostra ao vivo, em estúdio, metade do seu disco novo. E ficou ainda melhor que o original

>>

170817_lorde2

A talentosa Lorde liberou vídeos de performances suas intimistas e em estúdio para metade de “Melodrama”, seu novo álbum lançado neste ano.

A cantora neozelandesa gravou uma session especial para a VEVO e selecionou as faixas ‘Homemade Dynamite, ‘Hard Feelings / Loveless’, ‘Supercut’, ‘Sober’, ‘The Louvre’ e ‘Writer in the Dark’, todas tocadas no famoso Electric Lady Studios, onde Lorde gravou originalmente o álbum ao lado do produtor Jack Antonoff.

Atualmente em turnê, Lorde vai iniciar uma série de shows pelo Reino Unido no mês que vem. A session especial em estúdio, com versões que ficaram até mais intensas que as originais, pode ser conferida na íntegra, abaixo.

>>

Lorde leva seu melodrama ao Glastonbury. Veja show de ontem completo

>>

popload_glastonbury2017

* Aparentemente dona do mais maravilhoso disco recém-lançado nos últimos meses, ou não, a ex-teen fenômeno precoce neozelandês Lorde mostrou algumas coisas no seu showzão do Glastonbury ontem, festival no qual foi a segunda grande atração da sexta-feira, se você desconsiderar a Halsey, a Dua Lipa e o Blossoms dessa lista. Foi sua primeira vez no Glasto.

Lorde cresceu, viu? E mudou o jeito tímida pela de dançarina de balada, chacoalhando muito seu “novo cabelo”. Tipo uma veterana aos 20 anos, fez um showzão movimentado com sua voz única e trêmula de garota que canta sobre amores que vão ao mesmo bar que ela mas pede drinks diferentes. A banda continua muito boa, agora com um repertório aumentado.

Captura de Tela 2017-06-24 às 11.48.36 AM

Parte de suas músicas novas “grandiosas” transformam ela numa cantora-de-20-anos pop qualquer, mas tem preciosidade em algumas recentes sim, e principalmente nas antigas, pelo jeito que canta, pela letra que escreveu. Lorde é bem boa.

Em cima de Lorde, no show do Glasto de ontem, tinha um aquário gigante, com eventuais dançarinas dentro, que virava às vezes um telão ou “globo retangular” de luz.

Tudo funcionou bem, como você pode ver no vídeo do show completinho, abaixo.

>>