Em LSD:

Trio LSD (Labrinth, Sia e Diplo) solta novo single e esboça lançamento de seu primeiro álbum

>>

090818_lsd2

O incansável e inventivo produtor Diplo está com mais um projeto. Ele se juntou ao cantor inglês Labrinth e à australiana Sia para formar um trio pop com nome sugestivo: LSD.

Eles, que haviam soltado um par de canções há algum tempo sem detalhar quais seriam os rumos do novo grupo, agora soltaram uma terceira canção, “Thunderclouds”, dando indícios de que vem ao menos um EP por aí.

O som é inspirado na música pop que era feita lá nos anos 50 e 60, que reforça bem a potência das vozes de Labrinth e Sia. Vejamos se vinga.

* As duas canções anteriores, “Audio” e “Genius”

>>

Popload Session: a vez é do CHURRASCO ELÉTRICO

>>

* A Popload Session desembarca em Araraquara, interior de São Paulo, coração do Estado, para cavar uma session do grupo Churrasco Elétrico, nome bizarro para uma armada psicodélica a seu modo, que na verdade se autodefine uma banda de “rock grilê”. Não sei ao certo o que significa, mas deve ser algo entre o rock gaúcho dos anos 90 e a Jovem Guarda iê-iê-iê anos 60.

E na verdade também traz só o espírito de “Campos de Araraquara”, porque o trio (ora quarteto, ora quinteto) mora em São Paulo já há algum tempinho. Churrasco Elétrico titular é Lucas Gorla (voz e maracas), Fábio Farello (guitarra e voz) e Gustavo Beber (bateria). Na foto desta página tem o Edu Barreto (baixista). Outro churrasqueiro pode ser considerado o Gil Purunga, responsável pelos teclados na session.

Screen Shot 2014-07-30 at 9.52.39

A ligação com Araraquara é presente na umbilical cover desempenhada na session abaixo. O Churrasco Elétrico mostrou sua versão para “Vai Mal Tudo”, cover do famoso grupo dos anos 60 da cidade deles, The Jungles, que por sua vez tinha feito cover do cantor americano de soul/blues Eddie Floyd. Cover da versão, na real.

A música própria que o grupo tocou na Popload Session é a incrível “Só o Que Sobrou”, canção novinha que fará parte do EP “Vol. 2”, a ser lançado em agosto agora. Lançamento exclusivo.
((O ótimo EP “Vol. 1”, revelado em novembro de 2013, é uma pedrada. Tente ouvir “Ela Não Me Deixa Ser o Cara”, “Trovejar” (“Se começar trovejar, não volto para casa. Talvez, se chover, eu volto pra você”), “A Melhor Companhia da Cidade” e a balada “O Dor”, todas bem boas.))

A conexão do Churrasco Elétrico com o rock psicodélico anos 60 vai além da cover desta session, a “Vai Mal Tudo”, que também estará no “Vol. 2”. O EP trará ainda, além de mais duas músicas do grupo, uma outra regravação. Desta vez para “LSD”, de Fabio Stella, cantor e compositor paraguaio naturalizado brasileiro que foi grande parceiro de Tim Maia e tem seu nome ligado aos Fevers, Jerri Adriani e outros astros dos anos 60. No caso, essa “LSD” feita para os Fevers, é sigla para “Lindo Sonho Delirante”, mas a referência é mesmo “Lucy in the Sky with Diamonds”, dos Beatles. Pódicrê!

Uma grande chance de ver o Churrasco Elétrico ao vivo é neste sábado no Cine Joia, no festival da Converse. A banda de Araraquara compõe talvez a melhor noite do festival, abrindo a escalação que terá os grandes Single Parents (São Paulo) e Fucked UP (Canadá), além do histórico grupo americano Dinosaur Jr.

Mas vamos ao que, no momento, interessa.
Senhoras e senhores, com vocês e para vocês… CHURRASCO ELÉTRICO, in session.

** A Popload Session é apresentada pela marca de cerveja Heineken.

>>