Em Madchester:

Feliz 1991: Jagwar Ma lança seu disco de estreia

>>

Vem da Austrália uma das boas novas apostas da música em 2013. O Jagwar Ma, que já tem como novos fãs o Noel Gallagher, lança seu disco de estreia, “Howlin”, no próximo dia 11 de junho. Com um som totalmente datado do movimento Madchester do início dos anos 90, não é exagero dizer que o duo Jono Ma e Gabriel Winterfield é uma espécie de filho bastardo do Happy Mondays apadrinhado pelo Stone Roses. Facilmente, os australianos teriam lugar como residentes no clubinho famoso Haçienda, de Manchester. Até os vídeos de divulgação para singles tipo “The Throw” e “Come Save Me” – sons que tocam direto na Radio One inglesa – são meio amadores-VHS. Nostalgia total.

“Howlin” foi disponibilizado para audição na íntegra pela rede de rádios americana NPR. E tenho que falar: é bem bom.

* “Howlin”, o tracklist
1. What Love
2. Uncertainty
3. The Throw
4. That Loneliness
5. Come Save Me
6. Four
7. Let Her Go
8. Man I Need
9. Exercise
10. Did You Have To
11. Backwards Berlin

Enfim, a ressurreição do Stone Roses

>>

A Inglaterra amanheceu pegando fogo nesta quarta-feira, com um anúncio surpresa do Stone Roses em seu site oficial. A lendária banda de Manchester, uma das principais culpadas pelo Oasis existir (por exemplo), informou que faria seu primeiro show em mais de 15 anos na noite de hoje, na pequena cidade de Warrington. E de graça!

Apenas 1.100 sortudos seriam contemplados. Daí que milhares de pessoas seguiram para o Parr Hall, local do show, onde seriam distribuídas apenas uma pulseira por pessoa, à partir das 16h, menos de seis horas antes do início do show. Os fãs deveriam aparecer por lá vestindo camisas da banda ou com algum álbum em mãos.

A fila foi mais ou menos essa:


(Foto: @hobbsy)

* Por volta das 21h30 de lá, Ian Brown, John Squire, Mani e Reni subiram ao palco juntos pela primeira vez em quase 17 anos.

O grupo ícone do movimento Madchester – e um dos precursores do que viria a ser o importante Britpop anos mais tarde – tocou durante uma hora, sem intervalos. Foram onze canções no total (sete do primeiro álbum, duas do segundo e duas b-sides), acompanhadas atentamente por diversos jornalistas e também por Liam Gallagher, um dos fãs mais ilustres da banda.

O show surpresa funcionou como um ensaio para a extensa turnê pela Europa e Ásia que o grupo inicia no próximo dia 8 de junho, em Barcelona. No pacote estão as esperadas apresentações no Heaton Park de Manchester (três shows, 220 mil ingressos vendidos em um dia) e aparições em festivais importantes como o T in The Park, Benicàssim e V Festival britânico.

A apresentação histórica terminou com a banda se abraçando, como mostra a foto da revista Q:

* O setlist do retorno do Stone Roses.

* A Popload ainda vai falar bastante sobre este retorno da banda de Manchester.

A ressurreição do Stone Roses

Banda ícone do movimento Madchester, a doideira lisérgica da cena de Manchester do final dos anos 80, o Stone Roses anunciou sua volta, exatamente 15 anos após o anúncio do fim do grupo em 1996. A última impressão que ficou deles foi bem ruim, já que a banda fez um show bastante criticado no Reading Festival daquele ano, desfalcada do guitarrista John Squire e do baterista Reni.

Uma das formações mais explosivas da história da música britânica, Ian Brown, John Squire, Mani e Reni resolveram reparar suas arestas (especialmente os dois primeiros) e a banda heroína dos irmãos Gallagher e de uma pá de gente do movimento Britpop volta para uma série de grandes shows no Reino Unido em 2012.

Se você olhar para Liam Gallagher (Oasis) ou Tim Burgess (Charlatans), vai enxergar um pouco de Ian Brown. Se reparar no jeito de Noel Gallagher tocar guitarra, vai ver ecos de John Squire. Ian Brown é o herói declarado do Arctic Monkeys e do Verve.

Bancada pela equipe que promovia as turnês gigantes em estádios de bandas como Oasis e Take That, o Stone Roses tocará inicialmente no Heaton Park, em Manchester, nos dias 29 e 30 de junho. Os 140 mil ingressos para os dois shows serão colocados à venda na próxima sexta (21) e devem esgotar rapidinho. Em seguida, a ideia é sair em turnê pelo mundo.

Existe ainda a expectativa do lançamento de um álbum de inéditas, que seria o terceiro da carreira do grupo.

Desde o fim da banda, Ian Brown fez certo sucesso em carreira solo. O dândi Mani prestou ótimos serviços para o ótimo Primal Scream, que esteve no Brasil recentemente. Já John Squire fez parte de outra banda, o Searhorses, e se dedicou também às artes plásticas. Só Reni, o baterista maluco, conseguiu se distanciar dos holofotes.