Em manchester:

Ryan Adams lança “Manchester”, novo single em homenagem aos Smiths, Oasis, Stone Roses…

>>

O sempre prolífico Ryan Adams começou 2019 anunciando que lançará neste ano nada menos que três discos. O primeiro deles, “Big Colors”, estará entre nós dia 19 de abril.

Depois do primeiro single “Doylestown Girl”, o músico norte-americano lançou em uma rádio de Manchester a nova “Manchester”, que nada mais é do que uma cidade que o inspira através da música.

“Manchester, cidade e música deste lugar místico para a minha vida. É o coração de muitas coisas que eu amo em relação à música dos Smiths, Joy Division, Oasis, New Order, Simply Red e Stone Roses. Quero deixar claro que ‘Manchester’ foi tocada primeira e unicamente nesta cidade que amo muito”.

https://www.youtube.com/watch?v=npoj8-5cwV8

>>

Liam Gallagher “rejeita” tocar com o Rolling Stones em Manchester. Hein?

>>

250518_liam2

Haha. Coisas que só um Gallagher pode fazer. Ainda gozando do sucesso de seu primeiro disco solo, “As You Were”, Liam Gallagher continua na estrada arrastando grandes públicos em seus shows. Recentemente, fez uma série de apresentações na América do Norte ao lado de outra lenda do rock britânico dos anos 90, Richard Ashcroft. Pensa.

Fora isso, abriu nesta semana um show do Rolling Stones no estádio Olímpico de Londres, mas rejeitou uma segunda dobradinha com a seminal banda do Mick Jagger, justamente em Manchester, berço dele Liam e do Oasis. O motivo? O show dos Stones acontecerá no Old Traffod, estádio do Manchester United, rival do City, o time do Liam, que pelo visto não pisa por lá nem para um evento desses. Quem vai abrir é justamente o Ashcroft, este sim torcedor do United.

O Mick Jagger até deu uma zoada no palco. “Ele não poderia botar o pé no Old Trafford, então ele está aqui na casa do West Ham”. Futebol…

Liam também soltou nesta sexta um novo single, “I’ve All I Need”, desta sua estreia solo. A divulgação veio através de um vídeo que mostra imagens de shows e bastidores das viagens do Liam pelo mundo nos últimos meses, incluindo registros no Glastonbury e de um show em Buenos Aires. Até o Dave Grohl aparece no backstage.

>>

No lugar do terror, a esperança e o metal: Metallica toca som do Oasis na arena de Manchester

>>

301017_metallica2

Até parece que o Oasis está mais comentado depois do seu fim. Tudo bem que o fato de Liam e Noel Gallagher lançarem discos mais ou menos na mesma época ajuda. Enquanto Liam soltou “As You Were” no início deste mês, Noel lança “Who Built The Moon?” no fim do mês que vem. Mas é uma canção clássica da banda inglesa que não tem saído do noticiário pop.

“Escolhida” como hino inglês contra o terrorismo, especialmente depois do atentado que matou dezenas de pessoas em Manchester, “Don’t Look Back In Anger” tem sido entoada em diversos cantos do mundo como um som de esperança.

Os últimos a prestarem uma homenagem ao som do sucesso do Oasis de 1995 foi o Metallica, justamente na Manchester Arena, alvo do terror há alguns meses. A banda norte-americana entoou os acordes da canção do grupo britânico ao seu estilo, deixando a galera cantar. A dobradinha ficou incrível.

>>

National dá um pulinho em Manchester e faz homenagem ao New Order com a cover de “Love Vigilantes”

>>

Fotos: Gary Mather

Fotos: Gary Mather

O rolêzinho por Manchester, onde o National fez dois shows neste fim de semana que passou, rendeu uma pequena homenagem da banda norte-americana para um dos patrimônios musicais da cidade, o New Order.

Na apresentação de domingo, o National evocou “Love Vigilantes”, canção lançada em 1985 no disco “Low-Life”, em reedição matadora. A banda de Matt Berninger lançou recentemente o discaço “Sleep Well Beast”, que alcançou o topo das paradas britânicas, feito até então inédito para a banda.

O grupo segue com seus shows pelo Reino Unido, onde faz três apresentações em Londres no decorrer desta semana. Em 2018, será a vez do Lollapalooza Brasil receber o National.

>>

Don’t Look Back In Anger… Noel Gallagher reabrirá arena de Manchester após o terror

>>

310317_noelgallagher2

Está marcada para o dia 9 de setembro a reabertura da Manchester Arena, um dos principais espaços para shows fechados da Europa, que foi foco de ataque terrorista do Estado Islâmico em maio deste ano, quando mais de 20 pessoas morreram durante apresentação da cantora pop Ariana Grande.

Filho de Manchester, cidade importantíssima para a música desde sempre, Noel Gallagher será o responsável por comandar o show de reabertura, que terá ainda outros artistas da cidade e da região, como o Blossoms, Courteeners, Rick Astley e o poeta Tony Walsh. A renda da apresentação será toda revertida para as instituições que cuidam da parte assistencial das famílias das vítimas.

Desde o ataque, a canção “Don’t Look Back In Anger”, escrita por Noel e lançada pelo Oasis em 1995, se tornou o hino do povo britânico contra o terror. Noel, vale lembrar, virá também ao Brasil em outubro para abrir os quatro shows do U2, em São Paulo. Já Liam, seu irmão de briga, vem no ano que vem, para o Lollapalooza Brasil.

>>