Em Melhores 2015:

Melhores de 2015 – Popload Festival é o melhor do ano, diz o Guia Folha

>>

Nós que gostamos e destacamos tantas listas, acabamos parando em uma. O respeitado Guia Folha, do jornal Folha de São Paulo, elegeu o Popload Festival como o melhor do país em 2015. A eleição foi feita por um júri de especialistas, composto por Marcelo Costa (editor do site Scream and Yell), Thales de Menezes (repórter especial da Folha), Alex Kidd (designer da Folha e autor do blog 120 bpm), Alexandre Matias (jornalista e autor do site Trabalho Sujo) e Bruno Dias (editor da revista “Capricho” e do site Urbanaque).

O evento, que contou neste ano com atrações como Iggy Pop, Belle & Sebastian, Spoon e Emicida, ficou à frente de outros festivais de respeito como o Lollapalooza e o Festival Fora da Casinha.

O Guia Folha elegeu os melhores do ano em 20 categorias de âmbito cultural. Além da eleição do júri especializado, há também a de voto popular através de enquetes online. Os três festivais foram os mais votados pelo público, mas em ordem diferente.

O Lollapalooza ficou em 1º lugar, seguido pelo Fora da Casinha e o Popload Festival. Também um resultado de grande prestígio, uma vez que não custa lembrar que o Popload Festival atinge um público pequeno, tipo 4 mil pessoas/dia, enquanto o Lolla atrai entre 70 e 80 mil pessoas.

Fica aqui nosso singelo agradecimento ao público e aos patrocinadores que compraram a ideia do Popload Festival em extensão ao Popload Gig. E fica a expectativa para um 2016 de muita música boa e diversão de qualidade.

MELHOR FESTIVAL – GUIA FOLHA

* VOTO DO JÚRI

1º lugar
Popload Festival

2º lugar
Lollapalooza

3º lugar
Festival Fora da Casinha

Votaram
– Marcelo Costa, editor do site Scream and Yell
– Thales de Menezes, repórter especial da Folha
– Alex Kidd, designer da Folha e autor do blog 120 bpm
– Alexandre Matias, jornalista e autor do site Trabalho Sujo
– Bruno Dias, editor da revista “Capricho” e do site Urbanaque

* VOTO DO PÚBLICO

1º lugar
Lollapalooza

2º lugar
Festival Fora da Casinha

3º lugar
Popload Festival

>>

38 discos e quase 30 horas de música: os melhores de 2015 na opinião da Popload

>>

melhores2015_popload02

O papo virou o de sempre. Há muito tempo, com a história de streaming, internet e talz, a tarefa de ouvir um disco inteiro de cabo a rabo ficou comprometida. Porque, para o consumidor de música hoje, o álbum cheio virou escutar duas, três músicas e boa. Ou dois ou três EPs incidentais montados juntos para virar o álbum. A engenharia de um músico ou uma banda, na hora de formar o álbum, também mudou, imagino. Na verdade nem precisa ser um especialista sonoro para notar isso. A tal da concepção do disco, faixa a faixa, a música 1 sendo programadamente colocada antes da música 2, para depois vir a música 3, deixou um pouco de contar uma história única para ser simplesmente a faixa 1, 2 e 3. Estou divagando demais?

Daí que é preciso tomar certo cuidado para julgar um álbum hoje em dia apenas porque você gostou de duas músicas dele, que tocaram em rádio, no seu playlist, no seu Spotify da vida, na sua rádio no Rdio, estão na seleção de seu pen drive para serem ouvidas no carro.

Senti isso na hora de “pensar em álbum” para a lista da Popload de melhores discos de 2015. Tenho certeza que o resto da tropa da Popload teve a mesma, hã, “dificuldade”.

Portanto, dentro do meu gosto, botei álbuns “concisos”, “costurados” como o do Kendrick Lamar e o do Tame Impala e deixei de foras tentações votáveis como os novos discos do Beach House e do Chvrches, para citar alguns poucos exemplos lindos.
Mas, enfim, a vida são escolhas, quaisquer que sejam os motivos que as levem a ser escolhidas. Estou viajando, Lana?

Abaixo, os vários Top 10 dos álbuns de 2015 votados por quem faz a Popload, tão iguais e tão diferentes que até sugerem uma ideia do que seria um Top 10 único da Popload. 
 
drawline

Lúcio Ribeiro
1. Tame Impala – Currents
2. Courtney Barnett – Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit
3. Grimes – Art Angels
4. Jamie xx – In Colour
5. Kendrick Lamar – To Pimp A Butterfly
6. Unknown Mortal Orchestra – Multi-Love
7. Father John Misty – I Love You, Honeybear
8. Majical Cloudz – Are You Alone?
9. Lana Del Rey – Honeymoon
10. Kurt Vile – B’lieve I’m Goin Down…

drawline

Alisson Guimarães
1. Father John Misty – I Love You, Honeybear
2. Wolf Alice – My Love Is Cool
3. Courtney Barnett – Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit
4. Noel Gallagher’s High Flying Birds – Chasing Yesterday
5. Tame Impala – Currents
6. Foals – What Went Down
7. Kurt Vile – B’lieve I’m Goin Down…
8. Deerhunter – Fading Frontier
9. Majical Cloudz – Are You Alone?
10. Ryan Adams – 1989

melhores2015_popload03

Ana Carolina Monteiro
1. Kurt Vile – B’lieve I’m Going Down…
2. Courtney Barnett – Sometimes I sit and think, and sometimes(…)
3. Deerhunter – Fading Frontier
4. Majical Cloudz – Are You Alone?
5. Father John Misty – I Love You, Honeybear
6. Tame Impala – Currents
7. Unknown Mortal Orchestra – Multi-Love
8. Will Butler – Policy
9. Sufjan Stevens – Carrie & Lowell
10. Slaves – Are You Satisfied?

drawline

Talita Alves
1. Tame Impala – Currents
2. Jamie XX – In Colour
3. Unknown Mortal Orchestra – Multi-Love
4. Chvrches – Every Open Eye
5. Grimes – Art Angels
6. Wolf Alice – My Love is Cool
7. Courtney Barnett – Sometimes I Sit and Think, Sometimes I Just Sit
8. Beach House – Depression Cherry
9. Mac DeMarco – Another One
10. Majical Cloudz – Are You Alone?

melhores2015_popload01

Isadora Almeida
1. Wolf Alice – My Love Is Cool
2. Jamie xx – In Colour
3. Real Lies – Real Life
4. Slaves – Are You Satisfied?
5. Tame Impala – Currents
6. Kendrick Lamar – To Pimp A Butterfly
7. Marika Hackman – We Sleep At Last
8. Courtney Barnett – Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit
9. Father John Misty – I Love You, Honeybear
10. Tobias Jesso Jr. – Goon

drawline

Fernando Scoczynski Filho
1. Failure – The Heart Is a Monster
2. The Dead Weather – Dodge and Burn
3. Chelsea Wolfe – Abyss
4. Noel Gallagher’s High Flying Birds – Chasing Yesterday
5. Marilyn Manson – The Pale Emperor
6. Deafheaven – New Bermuda
7. Refused – Freedom
8. Ten Commandos – Ten Commandos
9. Kendrick Lamar – To Pimp a Butterfly
10. Tame Impala – Currents

drawline

Alexandre Gliv Zampieri
1. New Order – Music Complete
2. Slaves – Are You Satisfied (Deluxe)
3. Silversun Pickups – Better Nature
4. Turbowolf – Two Hands
5. Duran Duran – Paper Gods
6. Ghost – Meliora
7. Faith No More – Soul Invictus
8. Eagles Of Death Metal – Zipper Down
9. Radkey – Dark Black Makeup
10. Florence And The Machine – How Big How Blue How Beautiful

drawline

* Obs.: As bandas Beach House e Failure, ambas citadas nas listas acima, não disponibilizaram seus álbuns recentes para streaming.

drawline

* MELHORES DISCOS DE 2015 da Popload (38 discos, 29h27min de música)
Link direto da playlist

drawline

* MAIS – O 2015 NA POPLOAD: 135 músicas, 9h de música (e contando…)
Se você não concorda com os nosso favoritos, dá para você ouvir as músicas que a Popload indicou/ouviu/curtiu em 2015 e montar a sua lista, aqui:

drawline


Sorry, Adele…

>>

Melhores de 2015 – O Top 50 da Fact

>>

211215_fact50

Reta final das listas de melhores do ano na Popload. A mais nova escolhida é a da Fact Magazine, revista britânica sobre música e cultura jovem criada na década passada com uma pegada mais alternativa, hoje existente apenas na versão online.

O Top 50 da Fact talvez seja o mais plural até agora. Até mesmo mais do que a seleção do blog Gorilla vs. Bear. A publicação não deixou de fora nomes “familiares” tipo Kendrick Lamar, Tame Impala, Grimes e Vince Staples. Mas os melhores, em suma, estão um tanto distantes do mainstream. O posto mais alto, por exemplo, ficou com a cantora/compositora/dançarina norte-americana Dawn Richard, com seu som que mistura R&B, eletrônica e hip hop.

Uma boa oportunidade para descobrir música nova nesta virada de ano.

Top 50 – Fact

1. Dawn Richard – Blackheart
2. Oneohtrix Point Never – Garden of Delete
3. Kendrick Lamar – To Pimp A Butterfly
4. Arca – Mutant
5. Grimes – Art Angels
6. DJ Esco & Future – 56 Nights
6. [tie] Future – DS2
7. Jlin – Dark Energy
8. Kelela – Hallucinogen
9. DJ Richard – Grind
10. Eartheater – RIP Chrysalis
11. Rustie – EVENIFUDONTBELIEVE
12. M.E.S.H. – Piteous Gate
13. Acre – Better Strangers
14. Jefre Cantu-Ledesma – A Year With 13 Moons
15. death’s dynamic shroud.wmv – I’ll Try Living Like This
16. Kuedo – Assertion of a Surrounding Presence
17. Abra – Rose
18. Helm – Olympic Mess
19. Jam City – Dream a Garden
20. Boogie – The Reach
21. Levon Vincent – Levon Vincent
22. Holly Herndon – Platform
23. Vince Staples – Summertime ’06
24. Julio Bashmore – Knockin’ Boots
25. J.G. Biberkopf – Ecologies
26. Father – Who’s Gonna Get Fucked First?
27. Murlo – Odyssey
28. various artists – Gqom Oh! The Sound of Durban Vol.1
29. FIS – The Blue Quicksand Is Going Now
30. Kode9 – Nothing
31. Junglepussy – Pregnant with Success
32. Nidia Minaj – Danger
33. Prurient – Frozen Niagara Falls
34. Fifth Harmony – Reflection
35. Jóhann Jóhannsson – Sicario (Original Motion Picture Soundtrack)
36. Johnny May Cash – My Last Days
37. Katie Dey – asdfasdf
38. Hieroglyphic Being – We Are Not the First
39. Tame Impala – Currents
40. William Basinski – Cascade
41. JT The Goon – King Triton
42. Helen – The Original Faces
43. Ash Koosha – Guud
44. Smurphy – A Shapeless Pool of Lovely Pale Colours Suspended in the Darkness
45. ANAMAI – Sallows
46. Theo Burt – Gloss
47. Leila Abdul-Rauf – Insomnia
48. Panda Bear – Panda Bear Meets the Grim Reaper
49. Disasterpeace – It Follows (Original Motion Picture Soundtrack)
50. Jeff Bridges – Sleeping Tapes

>>

Melhores de 2015 – O Top 50 da Pitchfork

>>

Foi publicada, enfim e talvez, a mais esperada lista de melhores discos de 2015. No caso, a da bíblia indie Pitchfork, referência quando o assunto são as reviews de álbuns, especialmente as pontuações esquisitas de cada um deles.

A publicação listou seus 50 discos prediletos e não deixou de fora nomes emergentes como a doce Natalie Prass e Archy Marshall, o King Krule, que entrou na seleção aos 45 do segundo tempo com o álbum lançado neste mês ao lado de seu irmão.

Entre os 10, nenhuma surpresa. Estão lá nomes como Tame Impala, Jamie xx e a Grimes. E, seguindo a maioria, a Pitchfork botou o bombado Kendrick Lamar no topo com o seu “To Pimp A Butterfly”.

Top 50 – Pitchfork

1. Kendrick Lamar – To Pimp A Butterfly
2. Jamie xx – In Colour
3. Grimes – Art Angels
4. Vince Staples – Summertime ’06
5. Tame Impala – Currents
6. Sufjan Stevens – Carrie & Lowell
7. D’Angelo and The Vanguard – Black Messiah
8. Miguel – Wildheart
9. Courtney Barnett – Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit
10. Kamasi Washington – The Epic
11. Oneohtrix Point Never – Garden of Delete
12. Father John Misty – I Love You, Honeybear
13. Joanna Newsom – Divers
14. Young Thug – Barter 6
15. Björk – Vulnicura
16. FKA twigs – M3LL155X
17. Drake – If You’re Reading This It’s Too Late
18. Julia Holter – Have You In My Wilderness
19. Future – Dirty Sprite 2
20. Floating Points – Elaenia
21. Donnie Trumpet & The Social Experiment – Surf
22. Panda Bear – Panda Bear Meets the Grim Reaper
23. Kurt Vile – B’lieve I’m Goin Down…
24. Thundercat – The Beyond / Where the Giants Roam
25. Earl Sweatshirt – I Don’t Like Shit, I Don’t Go Outside: An Album
26. Deafheaven – New Bermuda
27. Sleater-Kinney – No Cities To Love
28. Beach House – Depression Cherry
29. Rae Sremmurd – SremmLife
30. Deerhunter – Fading Frontier
31. Kelela – Hallucinogen
32. Dr. Dre – Compton
33. Archy Marshall – A New Place 2 Drown
34. Carly Rae Jepsen – E•MO•TION
35. Neon Indian – VEGA INTL. Night School
36. Janet Jackson – Unbreakable
37. Empress Of – Me
38. Arca – Mutant
39. Holly Herndon – Platform
40. Jlin – Dark Energy
41. Jeremih – Late Nights: The Album
42. Jenny Hval – Apocalypse, Girl
43. Destroyer – Poison Season
44. Jazmine Sullivan – Reality Show
45. Jim O’Rourke – Simple Songs
46. Tobias Jesso Jr. – Goon
47. DJ Koze – DJ-Kicks
48. Shamir – Ratchet
49. Natalie Prass – Natalie Prass
50. Dawn Richard – Blackheart

>>

Melhores de 2015 – O Top 100 da Les Inrockuptibles

>>

Seguem as listas de melhores álbuns de 2015, publicadas por alguns dos canais de maior relevância na cultura pop.

A lista da vez vem de uma das publicações mais tradicionais e respeitadas do mercado, a da revista francesa Les Inrockuptibles, ou simplesmente Les Inrocks.

Os franceses fogem um pouco do padrão e escolhem logo 100 discos em vez dos tradicionais 50 que costumam ser “regra”. Na lista da Les Inrocks,

Está chegando a hora de conhecer a lista de melhores do ano da Popload. Antes, este espaço destaca o generoso Top 100 da Les Inrockuptibles, principal revista de cultura pop da França, uma das mais importantes e tradições publicações da Europa. Menções honrosas para o Kurt Vile no Top 20, o Django Django entre os 5, um brasileiro (descubra) e o Tobias Jesso Jr. no topo da lista. Toma essa, Kendrick Lamar!


Top 100 – Les Inrockuptibles


1. Tobias Jesso Jr. – Goon
2. Tame Impala – Currents
3. Sufjan Stevens – Carrie & Lowell
4. Kendrick Lamar – To Pimp A Butterfly
5. Django Django – Born Under Saturn
6. Girl Band – Holding Hands with Jamie
7. Chassol – Big Sun
8. Courtney Barnett – Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit
9. C Duncan – Architect
10. Flavien Berger – Léviathan
11. Max Richter – From Sleep
12. Young Thug – Barter 6
13. Algiers – Algiers
14. Jamie xx – In Colour
15. Foals – What Went Down
16. Lana Del Rey – Honeymoon
17. Kurt Vile – B’lieve I’m Goin Down…
18. Jeanne Added – Be Sensational
19. The Internet – Ego Death
20. Shamir – Ratchet
21. Feu! Chatterton – Ici le jour
22. Odezenne – Dolziger Str. 2
23. Julia Holter – Have You In My Wilderness
24. Mac Demarco – Another One
25. Grimes – Art Angels
26. Yo La Tengo – Stuff Like That There
27. Ibeyi – Ibeyi
28. Mbongwana Star – From Kinshasa
29. Natalie Prass – Natalie Prass
30. Blur – The Magic Whip
31. Father John Misty – I Love You, Honeybear
32. FFS – FFS
33. The Shoes – Chemicals
34. Low – Ones and Sixes
35. Soko – My Dreams Dictate My Reality
36. Benjamin Clementine – At Least For Now
37. Ghost Culture – Ghost Culture
38. Richard Hawley – Hollow Meadows
39. J.C. Satàn – J.C. Satàn
40. PNL – Le monde Chico
41. Björk – Vulnicura
42. Panda Bear – Panda Bear Meets the Grim Reaper
43. Flo Morrissey – Tomorrow Will Be Beautiful
44. Alabama Shakes – Sound & Color
45. Young Fathers – White Men Are Black Men Too
46. Bertrand Belin – Cap Waller
47. Elliot Moss – Highspeeds
48. Only Real – Jerk At the End of the Line
49. Nekfeu – Feu
50. U.S. Girls – Half Free
51. Deerhunter – Fading Frontier
52. Drake – If You’re Reading This It’s Too Late
53. Mikal Cronin – MCIII
54. The Weeknd – Beauty Behind the Madness
55. The Libertines – Anthems For Doomed Youth
56. Baio – The Names
57. Salut C’est Cool – Sur le thème des grandes découvertes
58. Beach House – Depression Cherry
59. Chvrches – Every Open Eye
60. Villagers – Darling Arithmetic
61. Beirut – No No No
62. Sons Of Kemet – Lest We Forget What We Came Here to Do
63. Damily – Very Aomby
64. LA Priest – Inji
65. Aurélien Merle – Remerle
66. Tiganá Santana – Tempo & Magma
67. Holly Herndon – Platform
68. Torres – Sprinter
69. Perez – Saltos
70. Jacco Gardner – Hypnophobia
71. Mansfield.TYA – Corpo Inferno
72. Ballaké Sissoko & Vincent Segal – Musique de Nuit
73. Summer Fiction – Himalaya
74. Majical Cloudz – Are You Alone?
75. Ghostpoet – Shedding Skin
76. Earl Sweatshirt – I Don’t Like Shit, I Don’t Go Outside: An Album
77. Christopher Owens – Chrissybaby Forever
78. Omar Souleyman – Bahdeni Nami
79. Disclosure – Caracal
80. The King Khan & BBQ Show – Bad News Boys
81. We Are Match – Shores
82. Sleaford Mods – Key Markets
83. Bill Fay – Who Is The Sender?
84. Ash – Kablammo!
85. Travis Scott – Rodeo
86. Gengahr – A Dream Outside
87. The Wave Pictures – Great Big Flamingo Burning Moon
88. Lou Doillon – Lay Low
89. Viet Cong – Viet Cong
90. Aline – La vie électrique
91. John Grant – Grey Tickles, Black Pressure
92. Martin Courtney – Many Moons
93. Jim O’Rourke – Simple Songs
94. Son Lux – Bones
95. Rhum For Pauline – Leaving Florida
96. Unknown Mortal Orchestra – Multi-Love
97. Alex Calder – Strange Dreams
98. Rozi Plain – Friend
99. Booba – D.U.C.
100. Wand – Golem

>>