Em melvins:

POPNOTAS: Anitta no topo do mundo, a dancinha de Thom Yorke e a prisão de Kurt Cobain

>>

* A revista “Time” publicou uma relação de nomes que podem aparecer daqui alguns anos entre as 100 pessoas mais influentes do mundo, outra lista tradicional da publicação americana. Nessa espécie de “Eu avisei antes”, “nosso” Guilherme Boulos aparece entre os líderes políticos. Já entre os artistas da música, o Brasil também marca presença com a Anitta, que aparece ao lado de outros colegas de profissão, como Dua Lipa, Lil Baby, Phoebe Bridgers e Chloe X Halle. Ok?

* Radiohead na vanguarda sempre. No mundo tomado por dancinhas em certas redes sociais por aí, “Lotus Flower”, o vídeo onde Thom Yorke brilha em uma coreografia randômica pensada pela proposta do coreógrafo Wayne McGregor, completou dez anos. “Lotus Flower” é uma das faixas incríveis do oitavo álbum da banda, o “The King of Limbs”, de 2011. Hora certa para revermos esta maravilha de vídeo.

* A veterana banda protogrunge americana Melvins, do figuraça Buzz Osborne, vai lançar semana que vem seu vigésimo quarto (24º!!!) álbum, “Working with God”. Para fazer um agito para a chegada do disco, o grupo de sludge metal (lembra?) promoveu no domingo uma live chamada “Divine Monkeyshines: Valentine’s Day Special”, o Dia dos Namorados gringo. Entre uma musiquinha e outra, Osborne foi contando algumas de suas vastas histórias no rock alternativo dos EUA. Um dos grandes amigos da adolescência de Kurt Cobain, ele lembrou a vez em que o líder do Nirvana, obviamente pré-Nirvana, foi preso por grafitar nas paredes de Aberdeen, cidade onde viviam no estado de Washington, perto de Seattle. Eles costumavam sair grafitando a frase “God Is Gay”, que foi até parar em uma música do Nirvana anos depois, a “Stay Away”. Num desses rolês “artísticos”, Osborne, Cobain e um antigo baterista do Melvins, Matt Dillard, deram de cara com um monte de policiais. Cada um dos três fugiu para diferentes direções e os dois do Melvins conseguiram escapar. Menos Cobain, que passou a noite atrás das grades. No B.O. contra o roqueiro, foi apontado que ele foi pego em flagrante com a latinha de spray que teria cravado num prédio a frase “ain’t got no how whatchamacallit”, algo como “Eu não tenho como dar um nome pra isso”. Isso foi em 1985. Cobain seria pego por policiais um ano mais tarde num telhado de um galpão, fazendo sabe-se o que lá. Em 1987, formaria o Nirvana. Em 1989 lançaria o primeiro disco da banda, “Bleach”.

>>

Com covers de Black Flag e Neil Young, Melvins e Mudhoney unem forças e lançam EP colaborativo. Detalhe: somente em CD

>>

mudmelvins

Duas das instituições mais aclamadas do rock alternativo nos anos 80 e 90, as bandas Melvins e Mudhoney uniram suas forças brutas e lançaram um EP em conjunto.

“White Lazy Boy” tem quatro faixas, sendo duas inéditas, chamadas “Walking Crazy” e “Ten Minute Visitation”. As outras duas canções que completam o projeto são as covers “My War”, do Black Flag, e “Drive Back”, do grande Neil Young com a Crazy Horse.

O charme da coisa toda é que, rock raiz, as bandas lançaram o EP apenas na versão CD (aquela!), sem nada digital, no site do selo Amphetamine Reptile Records, em versão limitada. Mas alguns fãs legais soltaram tudo na web, para a alegria geral de todos.

melvins_mudhoney

>>

Falando de amor e morte, Melvins lança disco duplo com 23 faixas inéditas

>>

100717_melvins2

Grupo veterano e cultuado pela galera fã do rock alternativo norte-americano dos anos 80/90, o Melvins está com disco novo na praça. E duplo!

Foi lançado na última sexta-feira “A Walk with Love and Death”, projeto que possui 23 faixas no total e sucede o bom “Basses Loaded”, disco lançado ano passado e que contou com as participações de seis baixistas diferentes, incluindo Krist Novoselic, do Nirvana.

Este novo disco é dividido em “Love” na parte 1 e “Death na 2, e pode ser ouvido na íntegra, abaixo, cortesia do Spotify.

>>

Opa! Já dá para ouvir o disco de estreia do Crystal Fairy, mistura de At the Drive-In, Les Butcherettes e Melvins

>>

051016_crystalfairy

Foi lançado virtualmente nesta sexta-feira o disco de estreia de mais uma superbanda indie, a Crystal Fairy, formada por um respeitável time que inclui Omar Rodríguez-López (At the Drive-In), Teri Gender Bender (Le Butcherettes) e a dupla Buzz Osborne e Dale Crover, do genial Melvins.

O álbum, homônimo, tem 11 faixas inéditas e chega às lojas para valer daqui uma semana, dia 24/2. A formação do grupo não aconteceu do dia para a noite e é bom dar uma geral.

A mistura começou há alguns anos, quando o Butcherettes abriu uma turnê do Melvins. Gender Bender subiu ao palco em um desses shows e fez uma cover do Bikini Kill, com o Melvins. O Omar do At the Drive-In, fã do Melvins, estava assistindo tudo da plateia. Desde então, Gender e Omar começaram a trocar impressões sonoras e, quando viram, já estavam compondo material inédito.

A mistureba toda pode ser ouvida abaixo.

>>

Mistura de At the Drive-In, Les Butcherettes e Melvins, Crystal Fairy lança nova canção furiosa e incrível

>>

O ano de 2016 ficará marcado pelas junções de integrantes de bandas diversas em superbandas indies. Uma delas é a Crystal Fairy, formada por um respeitável time que inclui Omar Rodríguez-López (At the Drive-In), Teri Gender Bender (Le Butcherettes) e a dupla Buzz Osborne e Dale Crover, do genial Melvins.

Antes de falar do single novo incrível, vale recapitular que a mistura começou mais ou menos assim: há alguns anos, o Butcherettes abriu uma turnê do Melvins. Gender Bender subiu ao palco em um desses shows e fez uma cover do Bikini Kill, com o Melvins. O Omar do At the Drive-In, fã do Melvins, estava assistindo tudo da plateia. Desde então, Gender e Omar começaram a trocar impressões sonoras e, quando viram, já estavam compondo material inédito.

Desta união surgiu o Crystal Fairy, que vai lançar seu disco de estreia homônimo dia 24 de fevereiro. Depois do primeiro single “Drugs on the Bus”, o grupo soltou agora a furiosa e viciante “Chiseler”, uma das 11 faixas inéditas que estarão na obra, e responsável por abrir o álbum.

Crystal Fairy – tracklist
01. Chiseler
02. Drugs on the Bus
03. Necklace of Divorce
04. Moth Tongue
05. Crystal Fairy
06. Secret Agent Rat
07. Under Trouble
08. Bent Teeth
09. Posesión
10. Sweet Self
11. Vampire X-Mass

>>