Em Metallica:

POPNOTAS – O documentário do metal, Foo Fighters no Hall of Fame 2021, Iggy Pop no festival do Dalai Lama e ela: Rebecca Black. Lembra?

>>

– Filme para se assistir com a mão fazendo o símbolo do metal o tempo todo de duração é “Long Live Rock… Celebrate the Chaos”, documentário “da pesada” que vai trazer imagens de shows de hard rock, depoimentos de integrantes de Metallica, Slipknot, Robbie Zombie, Guns N’Roses, Rage Against the Machine, entre outros, e vai se debruçar pela milésia nona vez sobre o tema “O Rock Está Morto?”. A direção é de Jonathan McHugh e aparenta ser feito por um fã de metal para os fãs do metal verem. Who Cares. “Long Live Rock… Celebrate the Chaos” vai ter estreia mundial em cinemas selecionados no dia 11 de março e seu animado trailer pode ser visto aqui.

– O Rock and Roll Hall of Fame anunciou quem são os indicados a serem contemplados neste ano na cerimônia que vai rolar em Cleveland, Ohio, no outuno americano, tipo outubro. Mary J. Blige, Kate Bush, Devo, Foo Fighters, The Go-Go’s, Iron Maiden, Jay-Z, Chaka Khan, Carole King, Fela Kuti, LL Cool J, New York Dolls, Rage Against the Machine, Todd Rundgren, Tina Turner e Dionne Warwick agora concorrem por seis vagas. A eleição é realizada por mais de mil nomes influentes do rock. O voto popular, que pode ser feito pelo RockHall.com, garante que os cinco mais mencionados pelo público ganhem um voto com um peso de um dos jurados. Pouco, mas vai saber. Em maio, os principais concorrentes serão anunciados. Se a premiação significa algo, a gente deixa para você pensar. Ainda assim, ela conta algumas histórias. Jay-Z e Foo Fighters, por exemplo, estão na lista pela primeira vez porque adquiriram só agora esse direito. Para ser considerado ao Hall of Fame é preciso ter 25 anos de seu primeiro lançamento. Dave Grohl, Carole King e Tina Turner, se nomeados, terão seu segundo posto no hall, por já terem sido contemplados por suas participações em grupos anteriores. Aquele impacto de ver artistas que você pegou no colo se tornarem clássicos…

– Eddie Vedder, Iggy Pop, Patti Smith, Flaming Lips, Phoebe Bridgers, Brittany Howard e Laurie Anderson são as principais atrações do Tibet House USA 2021, 34ª edição do famoso festival beneficente anual. O evento, que sempre acontece no pomposo Carnegie Hall, em NYC, mas neste ano será virtual, rola na semana que vem, dia 17, a partir das 18h (horário de Brasília). Todo o material foi pré-gravado e os ingressos são pagos, com preços que variam entre U$ 25 e US$ 250. A exibição em streaming será feita pela plataforma Mandolin. A direção musical deste ano é do renomado compositor e pianista Phillip Glass. A abertura terá um discurso, veja bem, do Dalai Lama. Pensa. Os ingressos podem ser comprados aqui. Tem até uma cybermesa para você ver virtualmente com seus amigos. Custa US$ 5000.

– Lembra a “Friday”, música improvável da Rebecca Black? A música, que correu por 2011 em milhões de memes e foi eleita “a pior canção da história, completou dez anos. Para quem não lembra, vale um retrospecto rápido. Rebecca é aquela adolescente californiana que sonhava em ser cantora e cuja mãe pagou 4 mil dólares para comprar uma música e um vídeo de uma produtora. A intenção? Que ela entendesse que música é trabalho e que Rebecca precisaria estudar enquanto sonha com uma carreira artística. A experiência de ser popstar virou realidade quando o vídeo e a música tão pegajosa quanto tosca viralizaram pelo mundo, rendendo participações em programas de TV, uma versão em “Glee” e até em uma participação dela em vídeo da Katy Perry. Com apenas 13 anos, Rebecca teve que lidar com a fama e seguiu na carreira artística pelos dez anos seguintes com diversos singles. E exatamente por agora estar completando 10 anos, “Friday” acabou de ganhar um remix-celebração tão perturbador quanto a versão original. Desculpe-nos por isso.

>>

Mais uma do Super Bowl (+ ou -): Metallica remexendo (bem) na clássica “Enter Sandman”, na TV americana

>>

Captura de Tela 2021-02-08 às 10.35.48 AM

* Clássico é clássico e vice-versa. Às vezes enche o saco ouvir, às vezes é bom a ponto de despertar gatilhos musicais de lá do nosso “alternative self”, o famoso alter ego. Daí que o supergrupo Metallica participou do especial do Super Bowl do programa do Stephen Colbert e montou um cenário lindo cheio de memorabílias para tocar “Enter Sandman”, talvez seu maior hit, de 1991, 30 anos neste ano.

A música é o primeiro single da banda que ressignificou o metal naquela época e também a faixa de abertura do disco de estreia do Metallica, homônimo.

Com uma das aberturas mais conhecidas do rock, “Enter Sandman” teve como cenário, nesta performance para o Colbert, atrás da banda, tipo wall of sound, um monte de monitores de som de diferentes turnês do Metallica. O vídeo do Youtube, abaixo, lista vários deles, alguns sendo identificados pelo símbolo da tour ou do show em especial. Tem a do show no Oracle Arena em 2019, em Oakland, para o jogo 3 da final da NBA que o local Golden State Warriors acabou vencendo. Tem de apresentação no X-Games, em premiação na MTV Latina entre speakers de várias outras ocasiões.

>>

Metallica, Billy Corgan, Taylor Hawkins e um Nirvana, entre outros, fazem homenagem ao Alice Chains. Veja todo o evento

>>

* O Museum of Pop Culture é um canto interessante de Seattle. Lembra aquela exposição “Nirvana: Taking Punk to the Masses”, que passou até pelo Brasil, ainda que pequenininha? Coisa deles.

Há 14 anos o museu premia artista da música por seu legado, montando um evento que busca reunir fundos que toquem projetos da casa. Neste ano, por exemplo, já reuniram 600 mil dólares em uma homenagem ao Alice Chains. Acredite ou não, a primeira banda grunge homenageada dentro dessa premiação até o momento.

Foram quase duas horas e meia de som, que você pode assistir abaixo, na íntegra. Entre os convidados, diversos grandes nomes e boas versões. Tem a marcante “Would?”, lida pelo Korn; “Rain When I Die”, com o Dallas Green; “Would?” de novo, agora em versão acústica pelo Metallica, talvez a banda mais brother do Alice In Chains. E ainda teve “Again”, desempenhada pelo pesado grupo Mastodon.

Captura de Tela 2020-12-02 às 6.30.14 PM

A lista seguiu com Mark Lanegan, Maggie Bjorklund, Dave Navarro, Taylor Hawkins, Corey Taylor, Chris Chaney, Billy Corgan, Krist Novoselic, Nancy Wilson, Liv Warfield, entre outros tantos. Muita gente que orbitou na atmosfera grunge do final dos 80, começo dos 90 também apareceu, ao menos para dar um depoimento sobre a banda. Eddie Vedder (acima), do Pearl Jam, e Mark Arm, do Mudhoney, foram dois deles.

E a homenagem conta com participação do próprio Alice In Chains, das poucas bandas da história que soube se reinventar após a perda de dois integrantes-chave: o vocalista Layne Staley e o baixista Mike Starr.

A íntegra do evento está aqui:

>>

Com Billy Idol, Joan Jett e Dua Lipa, roqueira Miley Cyrus mostra lista de canções do disco novo. E já pensa em um álbum… heavy metal

>>

131120_miley2

Ela está demais, sério! Em fase roqueira, Miley Cyrus anunciou nesta sexta que passou a lista de canções de seu novo disco, “Plastic Hearts”, o primeiro da estrela pop louquinha em guinada para o rock.

No total são 12 faixas, incluindo participações especialíssimas da talentosa Dua Lipa e os veteranos/ícones Joan Jett e Billy Idol.

O disco é puxado pelo single “Midnight Sky”, lançado em agosto. O álbum estará nas lojas dia 27 deste mês.

Diz a Miley que este projeto é o seu mais “profundo e pessoal”, e que trabalhou nele por mais de dois anos, após idas e vindas. “Quando achei que estava tudo pronto, tudo foi apagado, incluindo a parte mais relevante. Mas hoje vejo que o que a natureza fez foi um favor e destruiu o que eu não podia deixar ir embora por mim mesma. Eu perdi minha casa em chamas em Los Angeles, mas me encontrei nas cinzas dela”, disse a cantora.

A pegada rock de Miley pode ser vista há alguns meses, quando ela fez uma apresentação especial no Whisky a Go Go, em LA, buscando arrecadar fundos para casas de shows que estão fechadas nesta pandemia. Ela cantou, na ocasião, músicas de The Cure e Cranberries. Além da própria “Midnight Sky”. Vale relembrar:

“Plastic Hearts” nem foi lançado e Miley já está falando de um álbum… heavy metal. Diz ela que quer regravar músicas do Metallica. “Estou realmente trabalhando nisso. Somos tão sortudos de continuar a trabalhar em nossa arte no meio disso tudo… Primeiramente, parecia não tão inspirador e agora estou totalmente envolvida e engajada”. Imagina…

A lista de canções do novo disco é esta abaixo.

mileycyrus_125105813_1385204978485342_7851550277664294694_n

>>

Nossas segundas não serão mais as mesmas: Metallica bota fim em projeto e divulga último vídeo dos shows da quarentena

>>

250820_metallica2

Uma das bandas que mais aproveitou a quarentena, oferecendo conteúdo de qualidade para os fãs, o Metallica pôs fim ao #MetallicaMondays, série de shows na íntegra que vinham sendo disponibilizados no canal oficial da banda norte-americana no YouTube.

O show que encerrou a saga de cinco meses com shows semanais de forma ininterrupta foi o realizado no Foro Sol, na Cidade do México, em 3 de março de 2017. No total, foram 23 apresentações exibidas no período.

Assim como todas as bandas do mundo, o Metallica viu sua turnê em 2020 ir para o espaço devido ao coronavírus. O Brasil também foi afetado. O grupo tem quatro shows agendados no país para dezembro, fruto do adiamento feito no primeiro semestre. As apresentações, que estavam originalmente marcada para abril deste ano, deverão ocorrer apenas no segundo semestre de 2021. Ao menos é o que se comenta nos bastidores.

Enquanto o Metallica não vem, vamos nos contentar com o show do México.

SETLIST
Hardwired 00:09:23
Atlas, Rise! 00:13:10
For Whom the Bell Tolls 00:19:50
Fuel 00:24:18
The Unforgiven 00:29:51
Now That We’re Dead 00:36:57
Moth Into Flame 00:47:55
Harvester of Sorrow 00:54:06
Halo on Fire 01:00:47
Anesthesia (Pulling Teeth) 01:12:46
No Remorse 01:14:39
Sad but True 01:20:04
One 01:26:02
Master of Puppets 01:34:27
Fade to Black 01:46:00
Seek & Destroy 01:54:56

Encore:
Battery 02:03:43
Nothing Else Matters 02:09:00
Enter Sandman 02:14:47

>>