Em Metallica:

Metallica e o skate. Show da segunda mostra banda tocando na House of Vans, em Londres

>>

Captura de Tela 2020-05-05 às 11.08.18 AM

* Falando em Metallica e recordar, a banda não falhou ontem, como temia ala forte do Twitter. A banda americana, que apareceu já ontem na Popload e tem lançado às segundas-feiras shows seus marcantes para streaming ao vivo, demorou nesta segunda para anunciar que mostraria, nesta semana, uma grande apresentação pequena de 2016, a sua sétima nesta campanha coronária #stayhome. Ontem demorou para anunciar, então a galera já achou que o grupo californiano tinha cansado da brincadeira. MAS NÃO!

O concerto da semana foi realizado para apenas 600 em Londres, na fabulosa House of Vans, parque de skate na capital inglesa que é espaço de eventos, filme e galeria de arte. Além de música, é claro. O Foo Fighters já fez show surpresa lá.

Esse show do Metallica na House of Vans foi um especialíssimo show da tour de lançamento do disco “Hardwired… To Self-Destruct”. Mas apenas três músicas desse então novo álbum foi tocada, num setlist de 15 músicas. O resto foi clássicas e covers.

A performance do Metallica na HOV marcou ainda o aniversário de 54 anos do guitarrista Kirk Hammett. Por isso, spoiler alert, ele aparece sujo de bolo na última música, o megahit “Seek and Destroy”.

Captura de Tela 2020-05-05 às 10.57.33 AM

>>

Bom te ver bem, James. Metallica recicla música dos anos 80 para a quarentena

>>

metallica

* Neste “novo normal”, tem o Metallica lançando no Youtube deles showzaços antigos às segundas de quarentena. O de hoje ainda não foi divulgado. Mas já já colocamos aqui, se rolar. Acabou, rapaziada?

Mas algo mais “presente”, ainda que do passado, foi a “versão distante” que a banda apresentou para a música “Blackened”, gravada cada um na sua casa, e revelada neste final de semana. A canção, dos anos 80, abre o clássico álbum” “…And Justice for All” (1988) e tem agora, no que dá para ser realizado, uma execução muito bem-feita, padrão Metallica.

A nova roupagem, bem mais “suave” de “Blackened”, serve também para mostrar que o frontman James Hetfield anda ao menos segurando suas pontas. Um pouco antes de a pandemia parar tudo, inclusive vinda ao Brasil, o Metallica chegou a cancelar alguns shows por causa da saúde “fisica, mental e espiritual” do seu vocalista e guitarrista, que tinha se internado numa clínica de reabilitação no final do ano passado.

“Aqui está uma pequena coisa que inventamos nos últimos dias”, avisou o Metallica.

>>

De surpresa, Metallica lança disco com canções tocadas no Brasil entre 1993 e 2017. Em dezembro tem mais, talvez

>>

Fotos: MRossi

Fotos: MRossi

Com quatro shows remarcados para o Brasil no final do ano, o gigante heavy Metallica resolveu oferecer um mimo aos seu fiel público brasileiro.

De surpresa, o grupo norte-americano, que originalmente se apresentaria por aqui nesta semana, soltou em suas plataformas virtuais um álbum composto por canções registradas em shows do Metallica no Brasil entre os anos de 1993 e 2017.

“Nossas agendas estavam reservadas para a nossa 17ª visita ao Brasil desde 1989. Em vez de ficar em casa chateados por não poder passar a noite com todos vocês, pensamos que seria divertido percorrer antigas lembranças e revisitar tudo de bom que fizemos no passado”, disse a banda em comunicado.

Entre as 18 faixas, destaque para “The Unforgiven”, registrada no show em SP, em 1993. Há também registros de outros shows na capital paulista, no Rio de Janeiro e em Porto Alegre.

“Estamos ansiosos para vê-los dia 14 de dezembro no Estacionamento da FIERGS em Porto Alegre, 16 de dezembro no Estádio Couto Pereira em Curitiba, 18 de dezembro no Estádio do Morumbi em São Paulo e 20 de dezembro no Estádio do Mineirão em Belo Horizonte. Mas até lá, por favor, fiquem seguros em casa”, reforça o grupo.

O disco “Live in Brazil 1993-2017” pode ser conferido abaixo.

>>

No Metallica semanal de quarentena, o showzaço da banda em Paris em 2017

>>

Captura de Tela 2020-03-31 às 1.49.50 PM

* Toda segunda-feira a banda americana Metallica sobe um concerto para a galera fã presa em casa. Ontem à noite, o grupo, que vem ao Brasil em dezembro se tudo correr bem, colocou à disposição na internet o famoso concerto de Paris em setembro de 2017, no Accor Hotels Arena.

São quase duas horas e meia de show, que finaliza com “Enter Sandman”. Não sei se por coincidência com o que vivemos, o que é essa performance de “The Day That Never Comes”… Trilha sonora da nossa atualidade?

O vídeo, em filmagem superpro, e a minutagem do show, está tudo aí embaixo.

***

Lars’ Intro 00:04:05
Hardwired 00:06:20
Atlas, Rise! 00:09:59
Seek & Destroy 00:16:25
Leper Messiah 00:23:19
The Day That Never Comes 00:28:59
Now That We’re Dead 00:39:04
Dream No More 00:49:22
For Whom the Bell Tolls 00:56:29
Halo On Fire 01:01:14
Rob & Kirk’s Doodle 01:10:43
Last Caress 01:16:39
Creeping Death 01:18:16
Moth Into Flame 01:25:50
Sad But True 01:34:28
One 01:40:30
Master of Puppets 01:49:07
Blackened 01:59:28
Nothing Else Matters 02:05:31
Enter Sandman 02:11:48

>>

Metallica anuncia novas datas da turnê no Brasil. Vai ser mesmo em dezembro e com o Greta Van Fleet junto

>>

301017_metallica2

Após anunciar o adiamento dos shows na América do Sul em abril, o Metallica oficializou as novas datas para os quatro shows que fará em solo brasileiro.

As apresentações (continuam as quatro) acontecerão dias 14 de dezembro em Porto Alegre (Estacionamento da FIERGS), 16/12 em Curitiba (Estádio Couto Pereira), 18/12 em SP (Morumbi) e 20/12 em BH (Mineirão).

O Greta Van Fleet continua sendo atração de abertura de todos os shows.

250320_metallica

>>