Em mgmt:

Com time de estrelas que vai de Jamie xx ao Perry Farrell, The Avalanches anuncia novo álbum absurdo com 25 faixas

>>

theavalanches_122421950_825487914879090_4263369048439376240_n

O incrível coletivo australiano The Avalanches, velho de guerra numa certa “alta-cultura musical”, vai lançar no mês que vem um novo disco recheado de participações especialíssimas, naquele que desponta como o projeto mais eclético da carreira dos caras, que são marcados especialmente pela eletrônica de vanguarda.

“We Will Always Love You” terá nada menos que 25 canções e reunirá, talvez, o maior time de estrelas em um disco indie em todos os tempos.

theavalanches_123357894_840170886730348_3793806242873652967_n

Estão no projeto estrelas como Mick Jones (The Clash), Johnny Marr (The Smiths), Karen O (Yeah Yeah Yeahs), Perry Farrell (Mr. Lollapalooza / Jane’s Addiction), Rivers Cuomo (Weezer), Leon Bridges, MGMT, Kurt Vile, Jamie xx, Blood Orange… E nem citamos todo mundo.

Junto com o anúncio, o Avalanches soltou um teaser de um minuto ao som de “Always Black”, canção que tem a participação de Pink Siifu. Este será o primeiro disco dos australianos em quatro anos e estará nas lojas dia 11 de dezembro.

TRACKLIST
01. Ghost Story (feat. Orono)
02. Song For Barbara Payton
03. We Will Always Love You (feat. Blood Orange)
04. The Divine Chord (feat. MGMT & Johnny Marr)
05. Solitary Ceremonies
06. Interstellar Love (feat. Leon Bridges)
07. Ghost Story Pt. 2 (feat. Orono & Leon Bridges)
08. Reflecting Light (feat. Sananda Maitreya & Vashti Bunyan)
09. Carrier Waves
10. Oh The Sunn! (feat. Perry Farrell)
11. We Go On (feat. Cola Boyy & Mick Jones)
12. Star Song.IMG
13. Until Daylight Comes (feat. Tricky)
14. Wherever You Go (feat. Jamie xx, Neneh Cherry & CLYPSO)
15. Music Makes Me High
16. Pink Champagne
17. Take Care In Your Dreaming (feat. Denzel Curry, Tricky & Sampa The Great)
18. Overcome
19. Gold Sky (feat. Kurt Vile)
20. Always Black (feat. Pink Siifu)
21. Dial D For Devotion (feat. Karen O)
22. Running Red Lights (feat. Rivers Cuomo & Pink Siifu)
23. Born To Lose
24. Music Is The Light (feat. Cornelius & Kelly Moran)
25. Weightless

>>

Quase aos 45 do segundo tempo, MGMT solta primeiro som inédito no ano. Ouça a boa “In the Afternoon”

>>

131217_mgmt2

A dupla/banda norte-americana MGMT, que um dia alguém sabiamente aqui na Popload chamou de “metade Minas Gerais, metade Mato Grosso”, soltou seu primeiro material inédito desde o bom disco “Little Dark Age”, que saiu ano passado.

“In the Afternoon” chega apresentada por um vídeo retro, dirigido por eles mesmos. A canção estará em um vinil de 12″ que terá outra faixa inédita, chamada “As You Move Through the World”. O lançamento será apenas em março.

Ainda não há mais informações sobre um possível álbum novo, tanto que “In the Afternoon” foi lançada pelo selo do próprio MGMT. Tudo em casa.

>>

Connan Mockasin e Andrew VanWyngarden, do MGMT, lançam música que está em trilha de filme sobre surf

>>

mockasin_slider

Em junho, o selo Mexican Summer, em parceria com a marca de roupas de surf Pilgrim Surf + Supply vão lançar um filme chamado “Self Discovery For Social Survival”. E a trilha, indie também, conta com nomes como Allah Las, Peaking Lights, e ainda Connan Mockasin e Andrew VanWyngarden, este último do MGMT.

E é justamente da dupla acidental formada por Connan e Andrew que surgiu a faixa experimental e psicodélica “Bad Boys”, divulgada hoje.

O filme foi rodada no México, nas Maldivas e na Islândia, e tem lançamento marcado para o dia 18 de junho. Quatro dias antes sai esta trilha indie.

* O trailer:

>>

Músico puto, banda que quase não veio, cantor carregado no colo, Debbie histórica, Lorde absurda, brazucas emocionantes, público lindo. Popload Festival 2018 viveu sua melhor e mais emocionante edição

>>

FAB_4433** Fotos de Fabrício Vianna

* É claro que o Popload Festival, como parte dos empreendimentos Popload, Popload Inc. e tal, é filho nosso. E estamos aqui para proteger a nossa cria. Então, não leve a mal que a gente considera este Popload Festival 2018, que aconteceu ontem em São Paulo para cerca de 14 mil pessoas, o melhor de todos.

Que acontecimento, que público lindo e absurdo, que shows, que água gostosa para se beber, que confusão nos bastidores com riscos graves pra escalação rolando enquanto a galera tomava sua cerveja e seu drink geladinhos, que chuva uma hora, que sol forte em outras, que frescura (no sentido de clima) à noitinha.

FAB_1197

* Que mulher essa Letrux, abrindo o festival deusa, de vermelho, dominando o já grande público para um primeiro show, esvoaçante e toda de vermelho, palco lindo, banda foda.

FAB_0879

* Que gostosura o Tim e a Mallu, novinhos e tão talentosos, segurando uma onda em um show diferente pra eles, fora da curva, delicado e intenso, recebendo um chuvaréu que lavou o Memorial e, se amenizou o calorzão de antes, ferrou uns looks caprichados e tudo mais.

FAB_1054

* Daí entra o primeiro gringo, a banda texana At the Drive In, histórica para os indies-indies, furacão sonoro para tirar o Popload Festival de sua zona de conforto. Banda putaça com alguém da plateia que eu não entendi, xingando muito, temperatura altíssima em todos os níveis, show rápido e veloz (conceitos diferentes). Resumindo: histórico, ainda que para uma boa parte do público era só “uns caras barulhentos”.

FAB_1239

* Depois teve a fofura master do Death Cab for Cutie em show guerreiro, porque quase não aconteceu. Seu líder, o vocalista e guitarrista Ben Gibbard, precisou ser levado ao palco no colo, por conta de um problema de saúde que o pegou horas antes de ir ao Memorial para a apresentação. Santa médica, santa medicação. Que comunicado importante e quase aterrorizante ontem que a Bel Lenza, da equipe da Popload, foi obrigada a pronunciar antes de a banda entrar em ação. Agregou público e banda. No fim, foi lindo. Espero que tenha sido lindo também para o Gibbard. Principalmente depois que os efeitos dos remédios que salvaram o show passaram.

FAB_1722

* Outro show que foi uma emoção no bastidor foi o do duo-banda americano MGMT. Você não tem ideia. Nem vai ter hahaha. Mas rolou lindo, com climão delícia de fim de tarde pós-chuva pré shows principais. Você também teve vontade de chorar em “Electric Feel” ou fui só eu?

FAB_2407

* Eu espalhei uns termos “históricos” acima, mas nada foi tão lendário quanto o Brasil finalmente ver o Blondie, a Debbie Harry e o baixista que já tocou com Elvis Presley em ação, aqui na nossa casa, ali na nossa cara. Tantos hits inesquecíveis, eternos. Não sei nem direito o que dizer.

FAB_3020

* Para acabar, entrou a menina Lorde, a atração principal. A responsável para o estouro da manada de fãs quando as portas se abriram, a da articulação na internet prévia, a garota neozelandesa com uma carreira de veterana mas que tem ainda 22 anos. Em sua segunda vez no Brasil, nem parece o bebê de um disco só que veio tocar no Lollapalooza de anos atrás, em um show entre o tímido e o confuso. Agora dona total de um palco, comandante de dançarinos, também de vermelho, ousadinha só de sutiã, distribuindo palavras de sabedoria com tão pouca mas intensa vivência. Que show. Que final consagrador com o megahit “Green Light” em clima carnavalesco, chuva de papel, galera pulando tipo o que acontecia em concerto do Nirvana.

FAB_4234

Bom, o Popload Festival 2018 está morto. Viva o Popload Festival 2019! Você vai amar saber qual banda a gente já fechou.

** VÍDEOS

>>

Entre a psicodelia e hinos indies, MGMT estreia em Porto Alegre. Nesta quinta, eles tocam no Popload Festival

>>

Foto: Gustavo Garbino/No Palco

Foto: Gustavo Garbino/No Palco

Atração do Popload Festival nesta quinta-feira, feriado de 15 de novembro, o duo norte-americano MGMT abriu sua turnê no Brasil na noite de ontem, fazendo sua estreia na cidade de Porto Alegre, com o Auditório Araújo Vianna recebendo grande público (quase 3.500 pessoas).

O duo formado por Andrew VanWyngarden e Ben Goldwasser vem ao Brasil para mostrar o show do seu mais recente disco, “Little Dark Age”, um dos melhores lançados neste ano, que meio que retoma a vibe do álbum de estreia, “Oracular Spectacular”.

Andrew e Ben passearam pela discografia do MGMT e tocaram desde hits como “Time to Pretend” a canções mais obscuras, como “Siberian Breaks”, além de explorarem bastante faixas do disco novo.

O MGMT toca hoje no Rio de Janeiro, no Circo Voador, antes do Popload Festival.

>>