Em MIA:

M.I.A. se metendo em problemas outra vez

>>

* Só que em problema bom, no caso.

041213_mia

A cantora-rapper louquinha cingalesa M.I.A. anda trabalhando a divulgação de seu mais recente disco, o problemático “Matangi”. O álbum teve seu lançamento adiado umas quatro vezes desde 2012, se me lembro bem. Saiu, enfim, no início do mês passado e tem recebido críticas boas.

Vale lembrar que “Matangi”, quarto disco de estúdio dela, é meio que uma prova de fogo para a cantora, já que “Maya”, álbum antecessor lançado em 2010, não foi muito bem digerido pela crítica e por parte dos fãs.

Mas M.I.A. não foge da treta e parece estar recuperando seu espaço. Tanto que até uma faixa bônus que ela soltou agora parece boa. “Trouble Again” tem batida eletrônica descompassada, versos fortes e umas viradas rítmicas boas.

>>

Chi-chi-chi-le-le-le: Primavera Fauna 2013 teve até Spiritualized

>>

261113_pf

Sim, tem piscinas no Primavera Fauna

Cada vez mais um centro interessante na América do Sul para se assistir shows, (a região de) Santiago foi palco de mais uma edição do delicioso Primavera Fauna, evento indie que acontece desde 2011 e que cresce a cada ano, com atrações cada vez mais ecléticas, mesmo que a imprensa local insista sempre em dizer que o charme do PF está em todo seu conjunto de experiências, não necessariamente por causa de um ou outro artista.

A edição 2013 aconteceu no último sábado e reuniu uma mistureba cool de novos nomes (especialmente) e alguns grupos mais veteranos, distribuídos em três palcos, entre eles o espaço “Pool Party”, que teve até o nosso The Twelves.

Nos palcos, rolou de M.I.A. a The Drums, passando pelo animado Cut Copy, o insano Spiritualized, o Brasil-sil CSS e os novos artistas com selo Popload Gig, Solange e Devendra Banhart.

Depois de todo o auê que reuniu mais de 20 bandas e 10 mil pessoas no Espacio Broadway, a Popload separou alguns vídeos dos shows que rolaram por lá, começando com um da galera.

Raridade: M.I.A., ao vivo, com uma banda. O The Roots, no caso

>>

081113_mia

A cantora-rapper-treta-séria cingalesa M.I.A. apareceu no programa de Jimmy Fallon na noite de ontem para divulgar seu novo disco, “Matangi”, lançado neste mês. O quarto disco de estúdio dela é meio que uma prova de fogo para a cantora, já que “Maya”, álbum antecessor lançado em 2010 não foi lá muito bem recebido.

No Fallon, além de conceder uma breve entrevista, M.I.A. – que recém passou pelo país – fez uma apresentação algo especial e rara, com o ótimo The Roots como banda de suporte. Ela não é muito de se apresentar com bandas. No programa, mandaram a mistureba rítmica “Come Walk With Me”. Começa calminha, depois vira bagunça.

* Vale lembrar que o The Roots é uma das atrações do festival Planeta Terra, amanhã, em São Paulo.

MIA no reino da moda paulistana. "All I wanna do is BANG BANG BANG BANG!"

>>

Screen Shot 2013-10-30 at 12.20.05 PM

* Balada fashionista master mexeu com São Paulo ontem à noite no local de exposições da Oca, no Ibirapuera, bancada pela Chanel, com presença do famoso foto-estilista Karl Lagerfeld e seus 100 seguranças franceses, em plena semana da SP Fashion Week. Que agito! A atriz Uma Thurman, de “Kill Bill”, veio ao Brasil por conta da balada mas acabou dando cano na festa e se mandando de volta aos EUA porque:
1) não conseguiram achar um sapato no número dela em São Paulo OU
2) estava birrenta porque fizeram ela voar de American. E ela odeia OU
3) não gostou do caminhão de sutians brasileiros que levaram para ela
escolha seu bafo preferido!

Screen Shot 2013-10-30 at 12.23.46 PM

Thurman não estava, mas a cantora revolucionária electroindie-world music-hip hop M.I.A., vencedora de Oscar, estava. E cantou. O sempre espetacular duo belga 2MANYDJS estava. E tocou. Então foi tudo certo.

Show de M.I.A. foi rapidinho e com uma DJ bem boa. E uma dançarina ajudando a agitar o palco. Tocou uma música nova só, se não me engano. O resto foi só-sucesso. O persona Karl Lagerfeld, que tinha exposição fashion histórica na parte de cima da Oca, “The Little Black Jacket”, viu o show de M.I.A. sem mover o músculo. M.I.A. à direita e Lagerfeld, bem à esquerda, podem ser vistos na foto que abre este post. Os irmãos Dewaele estão na imagem acima.

Abaixo, M.I.A. em ação, ou Maya In Action, na festança da moda em São Paulo.

>>

M.I.A. aparece calminha e pega emprestado uns acordes do Blur

>>

A distinta rapper/artista/explosiva cingalesa M.I.A. segue a saga em busca da retomada dos trilhos de sua polêmica carreira depois da recepção não muito boa do seu último álbum, “Maya”, lançado em 2010. A cantora vem preparando desde o ano passado seu quarto disco de estúdio, “Matangi”, que teve adiada sua data de lançamento umas cinco vezes. Vai sair de vez, parece, dia 5 de novembro.

Do disco, a gente conhece por exemplo a boa “Bring the Noize”, faixa barulhenta e de letra pesada. Agora ela soltou outro som novo. “Unbreak My Mixtape” é mais malemolente, quase lounge, e tem samples de “Tender”, clássico doído de bom do Blur.

O início do caminho da velha-nova M.I.A. é promissor até agora.