Em michael eavis:

Segura mais esta: Killers, de surpresa, sacudindo o Glastonbury. O show todo, com “Glamorous Indie Rock & Roll” e “Mr. Brightside”

>>

GLASTONVIN3PQ

Captura de Tela 2017-06-26 às 11.58.32 AM

* Veja rápido antes que suma. Show neste Glastonbury no final de semana da banda americana Killers, que chegou a deixar a qualidade escapar ao flertar com um “tamanho Coldplay” e volta a ficar, digamos, em um “tamanho indie interessante”. Me segue?

O Killers anda voltando com músicas novas de um quinto disco a ser lançado em breve, “Wonderful Wonderful”, seu primeiro álbum em cinco anos, e que soubemos nunca saiu das paradas com o hit velho “Mr. Brightside”.

Sobre o assunto do primeiro parágrafo, o Killers tocou no monumental Pyramid Stage em 2007. Ontem, no Glasto, foi ATRAÇÃO SURPRESA do palco “menor”, na enorme tenda que leva o nome do lendário radialista John Peel.

killers1

O “Guardian” diz que foi a plateia mais barulhenta desse barulhentíssimo Glastonbury. O dono do festival, o figuraça Michael Eavis, um tipo de Papai Noel indie, esteve presente de corpo no show da galera do Brandon Flowers. Dizem que em muitos momentos não dava para ouvir a arrasadora voz de Flowers, porque o uníssono da galera ultrapassava. O show começou num gás absurdo com “When You Were Young” e “Somebody Told Me”. E acabou com ela, “Mr. Brightside”. Ou seja, épico.

>>