Em Modest Mouse:

Com turnê engatilhada junto com o Black Keys, Modest Mouse solta sua segunda música inédita no ano. Será que vem disco novo?

>>

050816_modestmouse2

Há um latente sinal de esperança acerca de um possível disco novo do Modest Mouse. O grupo de Isaac Brook não lança um álbum de inéditas deste 2015, mas tem dado sinais de um retorno mais firme.

Embora não tenha parado de fazer shows no período, o grupo norte-americano está escalado para uma turnê junto com o The Black Keys pela América do Norte a partir de setembro. Fora isso e mais importante, eles soltaram recentemente duas canções inéditas.

A primeira foi “Poison the Well”, divulgada no fim de março, com lançamento físico no recente Record Store Day. Junto com ela veio uma b-side, “I’m Still Here”, mostrada pela banda no mundo digital neste final de semana.

Ainda não há informações se o grupo vai mesmo trabalhar em um projeto sucessor de “Strangers to Ourselves”, lançado há quatro anos. Mas onde há fumaça…

>>

Após quatro anos, Modest Mouse lança uma nova música. Ouça “Poison The Well”

>>

050816_modestmouse2

O incrível Modest Mouse está de volta! A trupe liderada pelo distinto Isaac Brook lança nesta sexta sua primeira música em quatro anos.

O novo single se chama “Poison the Well” e já está disponível em todas as plataformas de streaming por aí. No dia 13 de abril (Record Store Day), será lançada em vinil de 7″, com outra música inédita como lado-b.

O último registro de estúdio do Modest Mouse até então era o álbum cheio “Strangers to Ourselves”, lançado em 2015. Em setembro, o grupo sairá em turnê como The Black Keys pela América do Norte.

Quem sabe não venha um disco novo por aí…

>>

Modest Mouse relança disco que só os japoneses tinham desde 1999

>>

050816_modestmouse2

Objeto de desejo de muitos fãs mundo afora, o EP “Night on the Sun” será relançado pela banda indie Modest Mouse. O registro saiu em 1999 apenas em território japonês, quando eles excursionavam por lá. No total, foram prensadas apenas 700 cópias. Agora sairá uma nova remessa para quem quiser comprar.

O registro traz canções em versões iniciais de faixas do EP “Everywhere And His Nasty Parlour Tricks” (1999) e do disco “The Moon & Antarctica” (2000). “As canções são mais longas”, avisa a banda.

As sessions do EP aconteceram em janeiro de 1999. O relançamento inclui comercialização online, em vinil e CD, podendo ser adquirido aqui.

No começo da semana, o vocalista e guitarrista Isaac Brock passou por um susto. Ele conduzia seu jipe na cidade de Portland quando adormeceu ao volante e bateu na traseira de outro carro gerando uma reação em cadeia, envolvendo outros veículos. No entanto, ninguém se feriu. Brock passou por exames e nada de anormal foi constatado.

Night on the Sun EP – tracklist
“Night on the Sun” – 9:21
“You’re the Good Things (It’s Alright to Die)” – 4:23
“Wild Packs of Family Dogs” – 1:48
“Dark Center of the Universe” – 4:19
“Your Life” – 3:21
“No Title” (Jeremiah Green speaking Japanese) – 0:18

>>

Modest Mouse volta meio lixão, parece

>>

Screen Shot 2015-07-01 at 15.46.47

* Uma das músicas mais legais da banda americana Modest Mouse em anos, a ótima “The Ground Walks, with Time in a Box”, carro-chefe do álbum do bom “Strangers to Ourselves” (lançado em março), ganhou vídeo. O disco tirou a veterana banda de Issaquah, Washington, do sono profundo, já que não entrava em estúdio desde 2007. E essa música em especial botou o veterano octeto em altíssima rotação nas rádios indies dos EUA. Gruda como uma praga.
A história e a vibe do vídeo, para ser bem raso na análise, parecem um “Game of Thrones” do lixão. Tipo isso.

>>

Simples assim: escreva seu nome e o Modest Mouse devolve uma música

>>

190315_modestmouse2

Parece complexo, mas não é. Presença recorrente neste espaço nas últimas semanas, o Modest Mouse está lançando nesta semana seu primeiro disco de estúdio em oito anos, “Strangers to Ourselves”.

Agora, a turma do Isaac Brock inventou uma ação promocional bacana em seu site. Um aplicativo que eles batizaram como “linguistic remix generator” gera uma música a partir do que a gente escreve no espaço destinado. Digitando o próprio nome ou uma frase com até 96 caracteres, as palavras são convertidas em um “remix musical” composto pelos instrumentos que a banda utilizou para gravar o novo álbum. Junto, aparece até um clipezinho. Parece bobagem. E é. Mas é bem bom. Haha.

Para gerar a remix basta acessar o site oficial do Modest Mouse e digitar o que vier na mente. Não sei se conto que minha primeira palavra foi Palm…

190315_modestmousegenerator

>>