Em Morrissey:

Surge o vídeo do encontro de Morrissey e David Bowie cantando cover de T. Rex

>>

Captura de Tela 2020-07-13 às 4.06.20 PM

* Uma saborosíssima história da música pop, muito contada, bastante ouvida, mas nunca mostrada, ressurgiu nos últimos dias para corrigir esse grande problema: apareceu um espetacular vídeo dela.

O dia em que David Bowie “invadiu” o palco de um show do Morrissey em Los Angeles para ambos cantarem uma coisa do grande clássico “Cosmic Dancer”, de Marc Bolan, poeta, cantor e guitarrista do lendário grupo T. Rex.

A apresentação aconteceu durante uma turnê solo do Morrissey pelos EUA em 1991, do álbum “Kill Uncle”, seu segundo disco pós-Smiths. Foi um show na gigantesca The Forum, antiga arena onde os Lakers mandavam seus jogos na NBA e o poderoso Kings, na NHL, a liga de hockey.

Esse encontro de palco absurdo traz até imagens fora dele, nos bastidores, com Bowie esperando Morrissey sair do camarim, fumando um cigarrinho e conversando com amigos no corredor. A cover de Marc Bolan ocorreu no bis, na última música do show.

Sobre esse nunca-antes-visto encontro, Morrissey chegou a falar em sua autobiografia, publicada em 2013: “Ele entrou no palco todo majestoso e eu já estava exausto, quase sem voz. Mas o garotinho fã de 12 anos dentro de mim, que não ia para a escola sem antes acalmar meus nervos ouvindo “Starman” todos os dias, não estava acreditando no que estava acontecendo ali. Mas lá estávamos eu e ele”.

>>

Morrissey de aniversário relembra show histórico de 1991, em San Francisco

>>

moz2

* O grande Morrissey (pequeno em certas posturas) fez aniversário semana passada e quem ganhou o presente foi… Ele entregou em sua conta do Youtube um de seus famosos shows de 1991, ano em que sua carreira solo realmente “pegou” com o segundo disco (“Kill Uncle”), principalmente nos EUA (ele não era tão pop na América nem na fase Smiths, que acabou em 1987).

A apresentação liberada foi a do Shoreline Amphitheater, que aconteceu em outubro daquele ano na cidade de Mountain View, na Califórnia, na “grande San Francisco”. Não tinha dois minutos de show e o palco já tinha sido invadido por adoradores, inclusive o impedindo de cantar parte da música que abriu o concerto, o hit “November Spawned A Monster”, que nem em disco está (saiu em single em 1990).

Essa performance de Morrissey na “conquista da América” já havia saído em 2014 como DVD bônus da edição especial e remasterizada do álbum “Your Arsenal”, talvez o disco solo mais bem-sucedido de Morrissey, lançado originalmente em 1992.

Não se sabe se vai ser uma constante, mas Morrissey já havia liberado também em seu Youtube, dias antes, outro show também da turnê 1991, mas na perna anterior, que aconteceu em junho, em Dallas, Texas.

O show da Califórnia, destacado abaixo, tem pouco mais de uma hora de duração e seguiu o seguinte setlist, sem nenhuma música dos Smiths.

– November Spawned A Monster
– Alsatian Cousin
– Our Frank
– The Loop
– King Leer
– Sister I’m A Poet
– Piccadilly Palare
– Driving Your Girlfriend Home
– Interesting Drug
– We Hate It When Our Friends Become Successful
– Everyday Is Like Sunday
– My Love Life
– Pashernate Love
– The Last Of The Famous International Playboys
– Asian Rut

bis 1
– Angel, Angel, Down We Go Together
– Suedehead

bis 2
– Cosmic Dancer + Disappointed

>>

Até o Morrissey… Astro britânico disponibiliza, pela primeira vez oficialmente, histórico show feito em Dallas no ano de 1991

>>

180520_morrissey2

O isolamento social tem afagado até os corações mais difíceis e atingiu inclusive o polêêêêmico Morrissey. Astro inglês que resolveu estremecer seu status de ídolo incontestável nos últimos anos, graças a declarações públicas zoadas, ele disponibilizou pela primeira vez, de forma oficial, o vídeo do famoso show que realizou na cidade de Dallas, em 1991.

O show, que chegou a ser até lançado em DVD anos atrás, registrou àquela altura a turna do grande disco “Kill Uncle”, o segundo da carreira solo do ex-líder dos Smiths, lançado uns três meses antes.

Entre os destaque da apresentação estão as covers de “Trash”, do New York Dolls, e “That’s Entertainment”, do grupo inglês The Jam. Além delas, os hits solo fresquinhos da época, “Suedehead” e “Everyday Is Like Sunday”.

Coisa linda da época que o Morrissey usava sua bigmouth mais para cantar.

Morrissey Setlist Coca-Cola Starplex Amphitheatre, Dallas, TX, USA 1991, Kill Uncle Tour

>>

Em meio ao coronavírus e todo o caos, Morrissey solta mais um disco solo

>>

240718_morrissey2

Foi lançado nesta sexta-feira “I Am Not a Dog on a Chain”, mais um disco de estúdio do genial e polêmico Morrissey, figura cada vez mais contestada pelos seus posicionamentos, mas que até agora não falou nada sobre o coronavírus.

Este é o disco #13 da sólida carreira solo do ex-líder dos Smiths e tem 11 faixas novinhas.

“I Am Not a Dog on a Chain” é o primeiro trabalho original do britânico desde “Low in High School”, lançado em 2017. Ano passado, o Morrissey soltou um disco de covers, “California Son”.

>>

Coronavírus update: shows de Billie Eilish, Morrissey, Post Malone e outros estão suspensos pelo mundo no mês de março

>>

030220_billie2

Duas das maiores empresas de entretenimento do mundo, a Live Nation e a AEG resolveram adiar turnês de seus artistas no mês de março devido à pandemia do coronavírus.

A medida afeta shows de nomes como Elton John, Billie Eilish, Kiss, Post Malone, TOOL, Morrissey, Thundercat, entre outros, pelo mundo todo.

Nas últimas horas, diversos eventos foram adiados/cancelados, incluindo o South by Southwest, o Coachella e o Lollapalooza Argentina, além de shows de artistas como Madonna, Pearl Jam, Liam Gallagher e Tame Impala.

Morrissey Performs at The Anthem in Washington, D.C.

>>