Em Morrissey:

Silêncio: Morrissey na área! Maior britânico vivo lança mais um disco solo

>>

171117_morrissey2

O 17 de novembro já nasce especialíssimo pelo lançamento de “Low in High School”, aguardado 11º disco de estúdio do gênio Morrissey, o maior e mais complexo britânico vivo, seu primeiro álbum em três anos.

O disco é o projeto que marca a estreia do novo selo do inglês, Etienne, e terá distribuição da BMG. Quem assina a obra é Joe Chiccarelli, e as gravações foram feitas nos estúdios La Fabrique, na França, e Forum, de Ennio Morricone, em Roma.

No total, são 12 faixas inéditas, incluindo os singles “Spent The Day In Bed” e “Jacky’s Only Happy When She’s Up On Stage”. Como já foi bastante falando por aqui, Morrissey virá ao Brasil no primeiro semestre de 2018 para mostrar a turnê deste novo álbum, que atualmente percorre a América do Norte.

>>

O céu e o inferno de Morrissey: a música nova linda e o show cancelado por pura frescura

>>

161115_morrissey

Famoso por ser um dos maiores gênios da história da música, e ao mesmo tempo um dos seres mais difíceis que já pisaram na Terra, Morrissey voltou a ser notícia nesta semana, no calor do lançamento de seu novo disco, que chega ao mercado no dia 17 de novembro.

Estava tudo indo bem no início da turnê pelos Estados Unidos até que, no último domingo, Moz aprontou das suas e se recusou a entrar no palco em Paso Robles, na Califórnia. O motivo? O sistema de aquecimento do anfiteatro não estava funcionando muito bem. Com a temperatura a 10 graus, o inglês de Manchester simplesmente não fez o show, mesmo com a arena já repleta de fãs, que ficaram full pistola, tipo isso:

And I DID NOT like it. #thanksmorrissey #wastedmymoney #weakvegan

Uma publicação compartilhada por Joseph Forden (@jub_supreme) em

Se não apareceu no palco para fazer o show, Morrissey ao menos cumpriu promessa feita ontem em seu Twitter e liberou hoje mais uma canção de “Low in High School”, seu 11º disco da carreira solo. A faixa é a bem boa “Jacky’s Only Happy When She’s Up on the Stage”, que será lançada também em vinil e acompanhada da b-side “You’ll Be Gone”, cover de Elvis Presley.

Na canção, é possível ouvir Morrissey repetindo as palavras “Brexit, exit, Brexit, exit”. O novo álbum é o projeto debutante do novo selo do inglês, Etienne, e terá distribuição da BMG. Quem assina a obra é Joe Chiccarelli, e as gravações foram feitas nos estúdios La Fabrique, na França, e Forum, de Ennio Morricone, em Roma.

>>

Em Portland, Morrissey mostra músicas novas e uma dos Smiths que nunca foi tocada ao vivo

>>

Fotos: KATU

Fotos: KATU

Morrissey iniciou em Portland, nessa semana, um rolê pela América do Norte para divulgar “Low in High School”, seu 11º disco de estúdio, o primeiro dele em três anos, que será lançado no dia 17 de novembro.

O álbum é o projeto debutante do novo selo do inglês, Etienne, e terá distribuição da BMG. Quem assina a obra é Joe Chiccarelli, e as gravações foram feitas nos estúdios La Fabrique, na França, e Forum, de Ennio Morricone, em Roma.

No show em Portland, apesar de músicas novas como “Spent the Day in Bed” e “When You Open Your Legs”, o destaque ficou por conta de “I Started Something I Couldn’t Finish”, faixa que está no disco “Strangeways, Here We Come”, de 1987, dos Smiths, mas que nunca foi tocada ao vivo nem pela banda nem pelos seus membros em carreira solo. Pensa.

Morrissey vem ao Brasil no primeiro semestre do ano que vem, tipo abril, para mostrar suas músicas novas e, quem sabe, pérolas como essa. Abaixo, alguns registros do show em Portland.

>>

Levanta daí, Morrissey! Confira o vídeo novo para “Spent The Day In Bed” e um showzão recente na Alemanha

>>

171017_moz2

Olha só esse Moz, entidade santa (ou não) da música, causando em mais um vídeo, desta vez para o single “Spent The Day In Bed”, que está em seu novo álbum solo, “Low In High School”, com lançamento marcado para 17 de novembro.

No vídeo, Moz aparece sentado em uma cadeira de rodas no início, que é empurrada pelo jogador de futebol Joey Barton, aquele que treta com meio mundo e andou trocando alguns insultos públicos com o nosso Neymar.

Depois, Moz continua sentado em uma outra cadeira em um salão, cantando a música ao lado de sua banda. Em seguida, ele vai de novo para a cadeira de rodas, que passa a ser empurrada por uma galera. Daí, nosso cantor preferido não levanta de jeito nenhum. Deixa de preguiça, Moz!

O vídeo chega na semana em que o seminal “The Queen Is Dead”, dos Smiths, será relançado todo remasterizado e turbinado por gravações raras, em uma edição luxuosa.

Dia desses, Morrissey fez um show especial na Alemanha, transmitido por um canal de TV local, dando um aperitivo de parte do que veremos no Brasil no primeiro semestre do ano que vem.

SETLIST – BERLIM
1. Alma matters 00:01:02
2. I Wish You Lonely 00:05:48
3. Speedway 00:09:22
4. I’m Throwing My Arms Around Paris 00:13:59
5. Istanbul 00:16:49
6. Spent The Day in Bed 00:21:43
7. Home Is a Question Mark 00:25:55
8. My Love I’d Do Anything For You 00:31:16
9. World Peace is None of Your Business 00:36:16
10. The Bullfighter Dies 00:42:33
11. All Young People Must Fall In Love 00:44:50
12. When You Open Your Legs 00:49:01
13. Meat Is Murder 00:53:18
14. Back on the Chain Gang 01:00:31

>>

Aí é sacanagem: Jools Holland bota The National e Morrissey no mesmo programa, só para cortar nossos corações

>>

0410017_national

Já falamos brevemente aqui sobre a nova edição estúpida de boa do programa do Jools Holland, que foi ao ar ontem. Além do Queens of the Stone Age em versão intimista e diferentona, o episódio teve ainda “só” National e Morrissey mostrando suas coisas novas.

O National lançou há algumas semanas o lindo “Sleep Well Beast” e tocou na TV britânica os singles “The System Only Dreams in Total Darkness” e “Day I Die”.

041017_moz

Já Moz, que vai lançar o álbum “Low in High School” dia 14 de novembro, fez uma bela versão ao vivo do single “Spent the Day in Bed”.

As performances imperdíveis podem ser conferidas abaixo.

>>