Em Music Video Festival:

Popnotas 2 – Quem faturou o diário brasileiro do Kurt Cobain, no sorteio. O festival de vídeo reload. A francesada no festival que virou zine vivo. E um show novo do Radiohead, de 1996

>>

– Você viu aqui, foi lançado no Brasil o famoso “Kurt Cobain Journals”, aqui “Diários de Kurt Cobain”, considerada a melhor bibliografia do líder do Nirvana, morto há 27 anos. O livrão, com um kit bem convidativo e exclusivo com adesivo, réplica de página com a letra da canção “Lithium”, entre outras coisas, saiu pelas mãos da editora Belas Letras, tem edição limitada (acabou o estoque acabou) e custa R$ 99,90, vendido apenas por internet. A promessa é que todos que compraram o diário de Kurt no site da editora comece a receber a obra pelo correio a partir desta quinta-feira, 29, quando o livro chega da gráfica. Uma pessoa também vai receber o livro, mas só que de graça, por ter participado do sorteio de um exemplar com seu kit, promovido pela Popload, por email. Foi a Eduarda Lustosa de Mendonça, de Fortaleza, CE. A Eduarda foi contactada, também pelo email, e vamos esperar que ela responda em pelo menos três dias. Senão, outro sorteio será realizado. Aviso vocês por aqui.

– De amanhã até quinta acontece o m-v-f-reload, a versão online do evento anual Music Video Festival, que nesses três dias de realização virtual promoverá talks nacionais e internacionais e exibição de vídeos de artistas como Criolo, Duda Brack, Lia Paris, BaianaSystem, Jup do Bairro, Jadsa, Hiran, entre muitos outros. Alguns dos vídeos são inéditos. Tudo aqui.

– A fim de outro showzinho histórico do Radiohead, ainda que antigão? A banda inglesa de Thom Yorke subiu no final de semana em seu canal de Youtube uma apresentação de abril de 1996, no Chicago Metro, nos EUA. Ou seja: de 25 anos atrás. Yorke de cabelo arrepiado e tudo. O concerto de Chicago fez parte da turnê americana do álbum “The Bends”, o segundo do Radiohead, lançado no ano anterior. São 17 músicas no setlist, dessa fase “indie-rrrrrock” do grupo britânico, antes da “era espacial”. A legenda do vídeo no YT entrega as canções e suas minutagens.

– A segunda edição do Coquetel Molotov.EXE, o festival de Recife transformado em “zine digital”, ganhou novo conteúdo com um bom panorama da nova cena francófona. A multiinstrumentista francesa Halo Maud, que lançou seu álbum de estreia em 2018 pela Heavenly Recordings, apresenta para a revista-festival online uma performance em vídeo de “Taking Flight”. Com sua mistura de pop Indie eletrônico, ela traz os registros dos últimos 3 anos de turnê, performances ao vivo e até mesmo danças hipnóticas. Já a jornalista Isabela Yu, uma das fundadoras da “Revista Balaclava” e com passagem pelas redações da “Elle” e MTV, destaca em um artigo 12 novos artistas franceses para ficarmos de olho. E, para fechar essa pequena invasão francesa coquetelística, a gravadora Midnight Special Records preparou uma playlist na Deezer com diversos destaques da cena musical francesa. O selo independente francês é casa de artistas como Clea Vincent e Laure Briard. A revista digital está disponível aqui e traz ainda uma série de sessions, performances audiovisuais, mentorias, artigos e aulas como a do cantor paulistano Thiago Petit sobre técnicas de preparação, respiração e expressão corporal para apresentações em público. Ou a vídeo-arte da cantora e modelo trans Urias, junto com o fotógrafo João Arraes, para seu novo single, “Foi Mal”.

>>

Cantora-artista-musa Kilo Kish vem ao Brasil nesta semana para show gratuito no Music Video Festival

>>

* Não coube no título, mas pode acrescentar: estilista, compositora e pintora. A descoladíssima garota nova-iorquina multicoisas Kilo Kish vem a São Pulo neste final de semana para participar da quinta edição do Music Video Festival, que acontece sábado e domingo, 29 e 30 de julho, no MIS – Museu da Imagem e do Som em São Paulo.

kilo

Kilo Kish, que se apresenta aqui no sábado, lançou seu primeiro álbum no ano passado, o elogiado e moderno “Reflections in Real Time”, em que críticos americanos a colocaram num certo neo-R&B com tendência introspectiva tipo FKA Twigs às vezes esticado ao synth-pop do Shamir. Ou em algum lugar entre o hip hop e o “spoken word”.

Musa de Chet Faker e Childish Gambino, Kilo Kish participa do último disco da banda-cartoon Gorillaz, na faixa “Out of Body” e andou aparecendo como convidada em shows recentes do “outro grupo” de Damon Albarn.

Há apenas pouco mais de uma semana, foi uma das atrações do Pitchfork Festival, em Chicago. Confira um pouco abaixo:

* De novo, o show de Kilo Kish no MIS é gratuito. Convites precisarão ser retirados. Mais informações do show e de toda essa quinta edição do Music Video Festival você encontra aqui.

** O m-v-f, além de Kilo Kish, terá uma palestra do diretor espanhol AG Rojas, que já esteve no festival paulistano em 2013, ganhou um dos prêmios e vai falar sobre sua obra, que inclui direção de vídeo dos White Stripes (“Sixteen Saltines”) e trabalhos para Leonard Cohen, Spiritualized, Run the Jewels, entre outros. Rojas também colaborou recentemente com Kamasi Washington para uma instalação que compôs a Bienal do Whitney Museum, de NY.

A parte brasileira do festival será intensa: terá shows da “misteriosa” A Band Called Love e do Marrakesh, entre outros. Da lista dos “talks”, Kafé, Iza, Rico Dalasam, Black Alien e Marcelo D2 falam no m-v-f. Vários deles aproveitam para lançar vídeos novos no festival.

Será possível ainda possível ver, através de equipamentos de realidade virtual, os vídeos “Family” (Björk), “Apex” (Arjan Van Meerten), “Reminder” (Moderat), “Saturnz Barz” (Gorillaz), “Old Friend” (Future Islands) e “Chocolate” (Giraffe).

>>

Woodkid, ao vivo, palestrando em SP. É daqui a pouco

>>

* “Popload live” hoje.

280314_woodkid

O Audio Club, que na noite de ontem recebeu o Popload Gig com o grupo australiano Jagwar Ma e sua vibe Madchester, será palco de mais uma balada cool amanhã. O neocultuado Woodkid, francês famoso por seus vídeos artísticos e publicitários, queridinho das babes Katy Perry, Rihanna e Lana Del Rey, vem ao país enquanto artista “folk de vanguarda”. Ingressos aqui.

A apresentação faz parte da programação do 2º Music Video Festival. Pegando gancho no show, o músico e diretor dará uma palestra daqui a pouco em São Paulo e receberá fãs e convidados para uma noite cool de bate-papo e exibição de seus melhores trabalhos no Absolut Inn (Artur de Azevedo, 517, em Pinheiros). A entrada é gratuita, mas limitada para tipo 70, 80 pessoas.

Quem não conseguir participar e ver in loco essa espécie de “recepção de luxo”, pode acompanhar aqui na Popload todo o agito do festejado artista multimídia francês com seus fãs, já que o bate-papo terá transmissão ao vivo, com início entre 19h e 20h. No player abaixo, você não perde nada.

* Woodkid vem ao país para divulgar seu bem falado primeiro disco, “The Golden Age”, lançado ano passado.

>>

Woodkid toca em São Paulo no fim de março

>>

220114_woodkid

Artista super requisitado por algumas das meninas mais destacadas do pop – tipo Lana Del Rey, Rihanna e Katy Perry – o neocultuado Woodkid, francês famoso por suas produções de vídeos artísticos e publicitários, vem ao Brasil enquanto músico de “folk de vanguarda”.

Como a Popload ventilou no início deste mês, Woodkid estava para vir ao Brasil entre março e abril para divulgar seu primeiro disco, “The Golden Age”, lançado ano passado e que foi bem comentado. A tal data está confirmada: Yoann Lemoine, o Woodkid, se apresenta em São Paulo dia 29 de março, na Audio, dentro da programação do 2º Music Video Festival.

Informações sobre venda de ingressos serão divulgadas em breve, mas já vai marcando a balada aí na agenda porque vai ser classe.

>>