Em neil young:

Com 10 discos, mais de 100 músicas e 12 registros inéditos, Neil Young revisita arquivos dos anos 70 em novo projeto de luxo

>>

161117_neilyoung_2

Apesar da pandemia que não acaba e de fazer parte do grupo de risco, o gigante Neil Young, que completará 75 anos em novembro, tem tido um ano bastante agitado.

Além de divulgar vídeos dentro de seu projeto Fireside Sessions e de processar o Donald Trump pelo uso indevido de suas músicas, o astro canadense enfim terminou a curadoria para o aguardado “Archives Volume 2”, projeto que passará a limpo sua carreira entre os anos de 1972 e 1976.

O box duplo (!) terá nada menos que 10 discos organizados de forma cronológica, começando pelos registros feitos logo após o lançamento do clássico “Harvest” e terminando com shows das turnês asiática e europeia de Young com a Crazy Horse, em março de 1976.

No total, serão 12 canções que nunca foram lançadas em qualquer tipo de formato e ainda 50 versões inéditas de diversas faixas. A data de lançamento escolhida é 20 de novembro e estará disponível exclusivamente no site NYA, do próprio cantor e guitarrista.

A lista completa e extensa dos discos podem ser conferidas abaixo, após o registro de um dos shows na Ásia em 1976.

*** Archives Volume 2: 1972-1976 – Tracklist
* = canção nunca lançada
# = versão alternativa

Disc 1 (1972-1973)
Everybody’s Alone

1. Letter From ‘Nam *
2. Monday Morning #
3. The Bridge #
4. Time Fades Away #
5. Come Along and Say You Will *
6. Goodbye Christmas on the Shore *
7. Last Trip to Tulsa
8. The Loner #
9. Sweet Joni *
10. Yonder Stands the Sinner
11. L.A. (Story)
12. LA. #
13. Human Highway

Disc 2 (1973)
Tuscaloosa

1. Here We Go in the Years
2. After the Gold Rush
3. Out on the Weekend
4. Harvest
5. Old Man
6. Heart of Gold
7. Time Fades Away
8. Lookout Joe
10. New Mama
11. Alabama
12. Don’t Be Denied

Disc 3 (1973)
Tonight’s the Night

1. Speakin’ Out Jam *
2. Everybody’s Alone #
3. Tired Eyes
4. Tonight’s the Night
5. Mellow My Mind
6. World on a String
7. Speakin’ Out
8. Raised on Robbery (Joni Mitchell song) *
9. Roll Another Number
10. New Mama
11. Albuquerque
12. Tonight’s the Night Part II

Disc 4 (1973)
Roxy: Tonight’s the Night Live

1. Tonight’s the Night
2. Mellow My Mind
3. World on a String
4. Speakin’ Out
5. Albuquerque
6. New Mama
7. Roll Another Number
8. Tired Eyes
9. Tonight’s the Night Part II
10. Walk On
11. The Losing End

#Disc 5 (1974)
Walk On1. Winterlong
2. Walk On
3. Bad Fog of Loneliness #
4. Borrowed Tune
5. Traces #
6. For the Turnstiles
7. Ambulance Blues
8. Motion Pictures
9. On the Beach
10. Revolution Blues
11. Vampire Blues
12. Greensleeves *

Disc 6 (1974)
The Old Homestead

1. Love/Art Blues #
2. Through My Sails #
3. Homefires
4. Pardon My Heart #
5. Hawaiian Sunrise #
6. LA Girls and Ocean Boys *
7. Pushed It Over the End #
8. On the Beach #
9. Vacancy #
10. One More Sign #
11. Frozen Man *
12. Give Me Strength *
13. Bad News Comes to Town #
14. Changing Highways #
15. Love/Art Blues #
16. The Old Homestead
17. Daughters *
18. Deep Forbidden Lake
19. Love/Art Blues #

Disc 7 (1974)
Homegrown

1. Separate Ways
2. Try
3. Mexico
4. Love Is a Rose
5. Homegrown
6. Florida
7. Kansas
8. We Don’t Smoke It No More
9. White Line
10. Vacancy
11. Little Wing
12. Star of Bethlehem

Disc 8 (1975)
Dume

1. Ride My Llama #
2. Cortez the Killer
3. Don’t Cry No Tears
4. Born to Run *
5. Barstool Blues
6. Danger Bird
7. Stupid Girl
8. Kansas #
9. Powderfinger #
10. Hawaii #
11. Drive Back
12. Lookin’ for a Love
13. Pardon My Heart
14. Too Far Gone #
15. Pocahontas #
16. No One Seems to Know #

Puro ouro: “Homegrown”, disco perdido de Neil Young dos anos 1970, será lançado na próxima sexta-feira

>>

041116_neilyoung2

O gigante Neil Young pegou seus fãs de surpresa recentemente, quando anunciou que o disco perdido “Homegrown” seria finalmente lançado agora em 2020.

O álbum foi todo gravado nos anos de 1974 e 1975, mas estava sumido em alguma gaveta do lendário canadense, um dos maiores nomes da história do rock.

“Peço desculpas. Este disco, Homegrown, deveria ter sido lançado dois anos após Harvest (de 1972). É o lado triste de uma história de amor. O dano causado. A mágoa. Eu simplesmente não conseguia ouvir. Eu queria seguir em frente. Então eu guardei para mim, escondido no cofre, na prateleira, no fundo da minha mente… Mas eu deveria ter compartilhado. É realmente bonito. É por isso que eu fiz isso em primeiro lugar. Às vezes a vida dói. Você sabe o que eu quero dizer. Foi esse que escapou”, disse o cantor e compositor sobre o projeto.

O disco será lançado na próxima sexta-feira, dia 19 de junho, e dele acabamos de conhecer o single “Vacancy”. A faixa “Try” é outra já publicada por Young.

Levon Helm, Karl T Himmel, Emmylou Harris, Robbie Robertson, Ben Keith, Tim Dummond e Stan Szelest formam o time de músicos que trabalhou no álbum. John Hanlon foi o responsável por restaurar as mixagens analógicas, que ganharam nova masterização de Chris Bellman.

Resumindo: puro ouro.

Homegrown – Tracklist
01 Separarte Ways
02 Try
03 Mexico
04 Love Is a Rose
05 Homegrown
06 Florida
07 Kansas
08 We Don’t Smoke It No More
09 White Line
10 Vacancy
11 Little Wing
12 Star of Bethlehem

>>

A paz mundial está decretada: Patti Smith lê poema e canta Neil Young em rara aparição na TV

>>

100120_patti2

A deusa Patti Smith fez uma rara e especialíssima aparição no programa do Jimmy Fallon nesta semana. Apresentação esta que já ganha ares de histórica, assim como sua passagem recente pelo Brasil em eventos com a Popload envolvida, o que muito nos orgulha.

No Fallon, Patti sentou no sofá para falar de seu novo livro, “Year of the Monkey”. Além disso, ela foi para o microfone ler um poema e, em seguida, cantou a clássica “After the Gold Rush”, de Neil Young. É mole?

A cantora se prepara para, em breve, participar do evento anual Tibet House Benefit Concert, ao lado de seu amigo Iggy Pop e de nomes como Matt Berninger, Margo Price e Phoebe Bridgers.

A participação iluminada de Patti em rede nacional pode ser conferida abaixo.

>>

Após sete anos, Neil Young e a Crazy Horse lançam o novo álbum “Colorado”

>>

Foto: Darryl Hannah

Foto: Darryl Hannah

Nesta sexta-feira, o seminal Neil Young voltou a lançar um disco com a especialíssima Crazy Horse, botando fim a um intervalo de sete anos sem música nova com esta formação.

O álbum é “COLORADO” e tem 10 faixas inéditas, que duram de 3 a 13 minutos. Junto com o disco, também está sendo lançado um documentário de making of das gravações chamado “Mountaintop Sessions”, dirigido por C.K. Vollick.

Atualmente, a Crazy Horse tem, além de Neil Young, os músicos Billy Talbot, Ralph Molina e Nils Lofgren. A produção de “COLORADO” é do próprio Young e John Hanlon.

>>

Neil Young lança novo single e canta raridade após mais de quatro décadas em show beneficente na Califórnia

>>

Foto: GETTY IMAGES AMERICA

Foto: GETTY IMAGES AMERICA

O gênio Neil Young reservou uma bela surpresa para seus fãs neste final de semana. Após 42 anos, ele tocou em um show acústico a canção “New Mama”, em um evento beneficente voltado para crianças com problemas de saúde, em Lake Hughes, na Califórnia. Ele convidou ainda Norah Jones e Father John Misty para abrirem o show.

A apresentação do canadense foi registrada e pode ser conferida abaixo. “New Mama” aparece por volta do minuto 53:00.

Setlist
1. Sugar Mountain
2. I Am A Child
3. Comes A Time
4. Heart Of Gold
5. Old Man
6. Rainbow Of Colors
7. I Do
8. Eternity
9. Green Is Blue
10. Only Love Can Break Your Heart
11. Tell Me Why
12. War Of Man
13. New Mama
14. Harvest Moon (com Norah Jones e convidados)
15. The Losing End (com Norah Jones)

** Já com as guitarras plugadas, Neil lançou neste final de semana o novo single “Rainbow of Colors”, canção que estará em “Colorado”, seu novo e primeiro disco com a Crazy Horse em sete anos. O álbum, que terá 10 canções inéditas, será lançado dia 25 de outubro.

>>