Em Nick Cave:

E o show espetacular do Nick Cave sozinho no Alexandra Palace, você já viu? Então…

>>

* Corre. Porque já já o link cai…

270720_nickcave2

Na última semana, o gênio Nick Cave transmitiu para o mundo, de graça, um show inédito que ele fez durante a quarentena. A apresentação, só ele e seu piano, foi registrada no Alexandra Palace, em Londres. A casa, que cabe umas 8 mil pessoas, estava completamente vazia.

A Popload conseguiu um credenciamento de imprensa e viu o show, na hora. Mas pela exibição via Los Angeles, que municiava a América Latina com o streaming ao vivo. Um show que é de Londres visto do Brasil comandado pela logística de Los Angeles. São os novos tempos do consumo de shows no mundo.

A apresentação recebeu o título “Idiot Prayer” e não está disponível no canal oficial do astro australiano. Mas a internet está aí para ser bacana às vezes e um fã postou a apresentação de uma hora e meia na íntegra. Se o link vai durar, não sabemos. Por isso é bom conferir logo.

Segundo o próprio Nick, “Idiot Prayer: Nick Cave Alone At Alexandra Palace” foi inspirado em seu projeto “Conversations With…”, um espetáculo intimista no qual o cantor interage bastante com o público, contando bastidores de sua carreira e interpretando suas canções (e também de outros artistas) na base do improviso e através de pedidos.

A apresentação do Alexandra Palace contou com belas versões de canções como Palaces of Montezuma, The Mercy Seat e, claro, Jubilee Street.

SETLIST
0:00 Spinning Song
2:35 Idiot Prayer
5:40 Sad Waters
9:33 Brompton Oratory
12:45 Palaces of Montezuma
16:32 Girl in Amber
21:18 Man in the Moon
24:27 Nobody’s Baby Now
28:32 (Are You) The One That I’ve Been Waiting For?
33:00 Waiting for You
36:10 The Mercy Seat
41:13 Euthanasia
44:11 Jubilee Street
48:56 Far From Me
53:10 He Wants You
56:04 Higgs Boson Blues
1:03:02 Stranger Than Kindness
1:06:31 Into My Arms
1:11:38 The Ship Song
1:14:49 Papa Won’t Leave You, Henry
1:19:22 Black Hair
1:22:30 Galleon Ship

>>

Silêncio… Ao piano, Nick Cave mostra primeira versão ao vivo de “Galleon Ship”, tocada no Alexandra Palace vazio. Show completo será transmitido nesta quinta

>>

210720_nickcave2

Nesta quinta-feira, dia 23 de julho, o mundo pop estará ligado no YouTube para assistir a estreia de “Idiot Prayer”, o show que Nick Cave fez sozinho no Alexandra Palace, em Londres, no meio da pandemia. Quando a gente diz “sozinho”, foi sozinho mesmo, com uma das principais casas de shows da Europa completamente vazia.

Para aguçar os fãs e divulgar a venda de ingressos online, o australiano divulgou o primeiro vídeo completo de uma canção. A faixa escolhida foi “Galleon Ship”, do disco “Ghosteen”. É a primeira versão ao vivo que conhecemos dela.

“Idiot Prayer: Nick Cave Alone At Alexandra Palace”, diz o Nick, surgiu inspirado em seu projeto “Conversations With…”, um espetáculo intimista no qual Cave interage bastante com o público contando bastidores de sua carreira e interpretando suas canções (e também de outros artistas) na base do improviso.

A previsão é de que Nick Cave inicie sua turnê com o mundo “normalizado” a partir de abril do ano que vem.

>>

Show do ano? Nick Cave vai mostrar para o mundo a apresentação registrada no Alexandra Palace vazio. Só ele e o piano. Pensa…

>>

130720_nickcave2

Dia 23 de julho agora, o mundo vai parar para assistir a um show especialíssimo do gênio Nick Cave. Intitulado “Idiot Prayer: Nick Cave Alone At Alexandra Palace” registra o astro australiano sozinho com seu piano para uma performance forever alone em uma das principais casas de shows da Inglaterra.

O evento, diz o Nick, surgiu inspirado em seu projeto “Conversations With…”, um espetáculo intimista no qual Cave interage bastante com o público contando bastidores de sua carreira e interpretando suas canções (e também de outros artistas) na base do improviso.

Para dar uma aguçada neste show que tem tudo para ser fenomenal, Nick soltou um trailer de aproximadamente dois minutos, mostrando qual será a pegada do show no Alexandra Palace.

Show do ano?

>>

Nick Cave vem aí com seu piano, ao vivo para o mundo. E para ser visto uma vez só e acabou, tipo um… show

>>

nick cave

* Talvez uma ironia injusta para ele mesmo, o pregador indie Nick Cave vai transmitir para todo o planeta em 23 de julho uma live sozinho, ele e o piano, que gravou em junho no gigantesco Alexandra Palace, um maravilhoso palácio de shows no norte de Londres. Esse show tem o nome de “Idiot Prayer”.

O streaming vai ter cobrança de ingressos e será dividido nos horários em três regiões. A que engloba América do Norte e do Sul está marcada para acontecer às 22h, ainda com ajustes locais que vamos entender até o dia do concerto.

“Idiot Prayer”, a live, vai rolar uma vez e pronto. Não rola dar pause ou voltar para ver uma música que perdeu. Nem vai estar disponível depois no Youtube, eles avisam.

As canções do setlist escolhidas cobrirão a discografia gigantesca do Nick Cave com os Bad Seeds e também de seu projeto Grinderman. Tem filmagem e edição cinematográficas, com o piano de Nick Cave colocado no meio de um dos nobres e enormes salões do Ally Pally, como a casa é conhecida.

Ali, onde Nick Cave vai tocar e cantar, num dia normal do mundo caberiam 10 mil pessoas para ver um show.

>>

Sem poder acontecer real, Glastonbury virtual remonta o passado de quinta a segunda para comemorar seus 50 anos

>>

* Glastonbury x Coronavírus. Previsto para acontecer nesta semana entre os dias 24 a 28 de junho, mas cancelado pela pandemia, o gigantesco festival inglês anunciou um “line up virtual” para comemorar seu 50º aniversário. Se 205 mil pessoas compareceriam in loco para ver essa especialíssima edição cinquentenária do festival, a ideia agora é milhões de longe relembrando os grandes momentos do evento nesses anos todos.

Bom, talvez recriar a “experiência glasto” em casa não seja tão fácil. Sem aquele monte de barro, litros de cerveja quente, o (des)conforto dos banheiros químicos, a aglomeração de gente “alterada” (inclusive saudade do galerão)… Massss, sem outro jeito, dá para você recordar alguns dos shows icônicos do maior festival do mundo ao longo destes 50 anos.

A edição que agora em 2020 traria como headliners sir Paul McCartney, Kendrick Lamar e Taylor Swift, além de mais de outros MIL (!!!) shows na programação, resolveu proporcionar a seus fãs parte da experiência através de playlists (divididas por palcos), galeria de fotos, eventos, palestras e até uma exposição online com curadoria do ótimo museu britânico Victoria & Albert (V&A, de Londres). Tudo isso é o chamado Glastonbury Experience.

Na TV, a BBC, que transmite o Glasto desde 1997, também terá parte da sua programação dedicada ao festival a partir de quinta feira, só com pesos pesados e seus shows clássicos: Nick Cave & The Bad Seeds, Oasis, Radiohead, The Cure, Beyoncé, Jay-Z, LCD Soundsystem, Amy Winehouse, Lady Gaga, David Bowie (!), Arctic Monkeys, Blur, entre muitos outros. E, claro, as “novidades” quentinhas da música: Billie Eilish, Fontaines DC, Idles, Haim, Stormzy…

O gigantesco lineup de shows antigos do Glasto vai ser mostrado em streaming na plataforma BBC iPlayer, que não funciona fora do Reino Unido. Fiquemos de olho no canal da BBC Music no Youtube. Ou pensamos em outro jeito. Mas teremos que ver.

Captura de Tela 2020-06-23 às 7.35.29 AM

Por aqui a gente não consegue nem separar os favoritos da lista acima, mas enquanto isso vamos de playlists para ir entrando no clima, cada uma representando um dos principais palcos do festival:

(PYRAMIDE STAGE PLAYLIST)

***

(THE PARK STAGE)

***

(JOHN PEEL STAGE)

***

(WEST HOLTS)

***

(OTHER STAGE)

***

***

* A foto que chama este post na home da Popload é da primeira aparição do Oasis para show no Glastonbury, em 1994.

>>