Em Nick Cave:

Nick Cave total: o disco novo emocionante e o documentário sobre seu retorno à cidade de São Paulo. Hein?

>>

Cena de "Back In Town", documentário que relembra os temos em que Nick Cave morou em SP, na década de 90

Cena de “Back In Town”, documentário que relembra os tempos em que Nick Cave morou em SP, na década de 90

A gente costuma até tropeçar nas próprias palavras quando o assunto é um sujeito chamado Nick Cave. Ao lado de seus fiéis escudeiros do Bad Seeds, o australiano de 62 lançou de ontem para hoje seu novo disco, “Ghosteen”, anunciado de surpresa semana passada.

Álbum duplo, “Ghosteen” sucede o difícil e lindo “Skeleton Tree”, lançado em 2016, e tem oito faixas na parte 1 e duas outras na parte 2, interligadas por uma faixa de discurso. De acordo com Cave, as músicas da primeira parte são “crianças” e a segunda parte os “pais”, o que indica uma espécie de espírito migratório.

Vivendo anos de luto e ao mesmo tempo de esperança que envolvem a trágica morte de seu filho adolescente Arthur, em 2015, Cave tem estado ainda mais sensível em suas composições, como se pode constatar na audição de “Ghosteen”, disponível abaixo.

** Se falar de Cave é sempre algo especial, quando se envolve o Brasil na vida do australiano tudo fica ainda mais cool. No próximo dia 14 de outubro se completa um ano do show histórico que o cantor fez no Popload Gig, motivo de muita honra e orgulho para a marca Popload.

O show, considerado por muitos o melhor de 2018, certamente um dos melhores dos últimos anos, marcou a volta de Cave a São Paulo 25 anos depois de ter morado na cidade.

E a ocasião, claro, não poderia passar batida.

Dirigido por José Tapajós e Carla Nobre, “Back In Town” é um documentário inédito feito pela Barry Company, que documentou o retorno de Nick à cidade, intercalando cenas de arquivo da vida do cantor quando viveu por aqui nos anos 90.

041019_nickcave_sp_anos2

Na produção, estão registrados lugares por onde Nick Cave passou, pessoas com quem conviveu nos anos em que morou na Vila Madalena, resgatando histórias e lendas que o próprio comentou durante entrevista coletiva no Hotel Fasano, ano passado.

Além destes personagens que de fato estiveram com Nick Cave nos anos 90 na capital paulista, os diretores também entrevistaram fãs de uma nova geração do cantor.

Ainda não há uma data de lançamento para o documentário, que pode parar nos cinemas e nas plataformas de streaming qualquer dia desses. Por enquanto, a gente passa vontade com o trailer promocional de quase 3 minutos.

>>

Com audição gratuita, Nick Cave anuncia lançamento de seu novo álbum para esta quinta-feira, às 18h

>>

160117_nick2

Nick Cave não se cansa de fazer o mundo feliz, mesmo que com a melancolia que o persegue nos últimos anos devido à trágica morte do filho.

Junto com seus parceiros do Bad Seeds, Nick vai lançar de graça, nesta quinta-feira, seu novo disco “Ghosteen”. A premiere estará disponível no canal oficial da banda no YouTube, destacada no final do post, a partir de 18h de Brasília.

“Ghosteen” é um disco duplo, com 8 músicas na parte 1 e 2 músicas na parte 2, interligadas por uma faixa de discurso. De acordo com Cave, as músicas da primeira parte são “crianças” e a segunda parte os “pais”, o que indica uma espécie de espírito migratório.

O último álbum de Nick Cave and the Bad Seeds até então era “Skeleton Tree”, lançado em 2016.

Ghosteen – Tracklist

Disco 1
The Spinning Song
Bright Horses
Waiting For You
Night Raid
Sun Forest
Galleon Ship
Ghosteen Speaks
Leviathan

Disco 2
Ghosteen
Fireflies
Hollywood

>>

Ah, não… Nick Cave também canta Daniel Johnston em apresentação intimista nos Estados Unidos

>>

031114_cave2

O esplêndido Nick Cave está na América do Norte com algumas apresentações de sua turnê “Conversations With”, nas quais ele responde perguntas do público e canta algumas músicas ao piano ou a capella.

Em apresentações recentes em Washington e Nova York, o tema “Daniel Johnston” foi abordado, no calor da morte do artista norte-americano.

Perguntado se Johnston o influenciou de alguma forma, Cave foi enfático e disse que era um grande fã. Em seguida, cantou “Devil Town”, devidamente registrada.

** No início desta semana, Nick Cave pegou todo mundo de surpresa ao anunciar para a semana que vem um disco duplo de inéditas, chamado “Ghosteen”, ao lado dos Bad Seeds. Este será o primeiro álbum da banda desde “Skeleton Tree”, lançado em 2016.

>>

Nick Cave pega o mundo pop de surpresa e anuncia lançamento de novo disco duplo para a semana que vem

>>

220919_nickcave_slider

Mês que vem se completa um ano em que o Deus Nick Cave esteve entre nós para um show histórico no Popload Gig. Mas, antes mesmo desta marca acontecer, teremos um disco novo dele com seus the Bad Seeds.

O anúncio partiu do próprio Nick em seu site oficial respondendo a um fã, Joe, e pegou todo mundo de surpresa.

Joe havia perguntado a Nick, através do espaço oficial de perguntas ao cantor e compositor, para quando poderíamos esperar um novo álbum. E a resposta de Nick foi “semana que vem”.

Cave não apenas deu a notícia como publicou alguns detalhes. O novo projeto se chamará “Ghosteen” e será um disco duplo, com 8 músicas na parte 1 e 2 músicas na parte 2, interligadas por uma faixa de discurso.

Ainda de acordo com Nick, as músicas da primeira parte são “crianças” e a segunda parte os “pais”, o que indica uma espécie de espírito migratório.

O último álbum de Nick Cave and the Bad Seeds até então era “Skeleton Tree”, lançado em 2016.

Abaixo, a capa e a lista de músicas do novo disco.

220919_GHOSTEEN

Ghosteen – Tracklist

Disco 1
The Spinning Song
Bright Horses
Waiting For You
Night Raid
Sun Forest
Galleon Ship
Ghosteen Speaks
Leviathan

Disco 2
Ghosteen
Fireflies
Hollywood

>>

Melhores do Ano da Popload. Qual o SHOW INTERNACIONAL de 2018? Vote

>>

* Estou em dúvida aqui se tiro o Nick Cave da contenda, para facilitar para os outros. Você me entende? Ou não?

Mas ok, vamos lá. Melhores shows internacionais do incrível ano de 2018 de taaaaaantas apresentações gringas boas. Escolha o seu em nossa enquete ou aponte outro que não está nas opções oferecidas.

4 - 141218_lcd
3 - 141218_ff

Ano que começou com Phoenix em Curitiba, teve o espetacular Gorillaz na chuva no Jockey, todo o Lollapalooza com os mágicos LCD Soundsystem, Liam Gallagher e David Byrne, não esqueçamos a Laninha Del Rey arrasando, o especialíssimo Mogwai tropicalizando um barulho no Butantã, os supraindies Connan Mockasin e Thee Oh Sees, o galã Father John Misty chamando todo mundo para uma intimidade no palco do mais bonito auditório do Brasil, At the Drive in brigando com fãs da Lorde, a Lorde em si e de sutiã, o Death Cab for Cutie tocando sentado mas tocando, a volta incrível do Franz Ferdinand, a dobradinha Foo Fighters & Queens of the Stone Age, o fodaço Deerhunter. A reta final com Morrissey e New Order.

Teve também três shows históricos. O histórico porque é sempre histórico Radiohead, o primeiro do Roger Waters no Allianz, mais pela tensão política absurda e provocando quase uma guerra de classes e de pensamento real, e o transformador Nick Cave & The Bad Seeds, retornando ao país para uma dessas experiências sonoras e sensoriais que fica muito injusto chamar de “show”.

A gente, semana que vem, vai publicar aqui duas listas. Uma de melhores da Popload em si, outra dessa convocação deste post, chamando você a votar através deste link aqui. VOTE!!!

Grande parte dos concertos sugeridos tem um “olhar paulistano”, por causa da força de SP como praça de shows e tal. Fique livre para votar, por exemplo, no Noel em Belo Horizonte (eu estava lá e até votaria, se…) ou Franz Ferdinand em Natal.

2 - 141218_radiohead
1 - 141218_lorde

** A foto do LCD Soundsystem no Lolla, a primeira deste post, é de Marcelo Brandt, do G1. Na sequência, o Franz Ferdinand em ação em São Paulo, do Fabrício Vianna/Popload. A do Radiohead, a terceira, tem crédito de César Tavares, do G1. A que fecha, da Lorde, é de Fabrício Vianna, da Popload, assim como a do Nick Cave, na home.

>>