Em nicolas jaar:

Com ingressos quase esgotados, transmissão ao vivo e “preparado para a chuva”, festival Dekmantel SP começa… hj?

>>

* Todos os olhos e ouvidos desta semana estão no Dekmantel Festival São Paulo 2017 (a não ser que você vai dividir esses órgãos e atenções, porque conseguiu um dos ingressos para o show sexta e sábado das garotas do Warpaint no evento da Heineken no MAC).

O festival, eminentemente eletrônico mas não só, produzido em conjunto pelos festeiros paulistanos da Gop Tun junto com os produtores holandeses do evento original, que pela primeira vez sai de Amsterdã, acontece lindo durante o dia (Jockey Club) e à noite (Fabriqueta) no sábado e domingo agora.

Jeff

Por estes dois dias, o Dekmantel vai juntar nomes absurdos da eletrônica moderna de tempos recentes com alguns mais clássicos. Vai ter o velho Hermeto Pascoal e o novo Bixiga 70. Vai ter Azymuth!!!! Nicolas Jaar e banda, Jeff Mills (foto), Nina Kraviz (foto na hoje), John Talabot, Ben Klock e Palms Trax estão dentro. Os brasileiros e “brasileiros” Carrot Green, Selvagem, L_cio, Tessuto, Marcio Vermelho, Zopelar e os DJs da própria Gop Tun não poderiam faltar.

Mas o evento mais ou menos começa hoje, na real. Nesta noite acontece uma festa do Dekmantel no clube Jerome, em Higienópolis, que marca a chegada da primeira edição do festival holandês ao Brasil.

A Eclectrica Pista Panamericana, festa desta noite, vai reunir os DJs Gui Scott, da Gop Tun, mais um elenco de DJs latinos como Damian Levensohn (Buenos Aires), Daniel Klauser (Santiago) e Mansvr & Leeon (Bogotá).

Para o evento do fim de semana, o grandão, os “weekend tickets” estão esgotados, restando apenas as entradas para cada dia.

* Transmissão ao vivo –
Parte dos shows do Dekmantel São Paulo vão ter exibição direta online, pelo Boiler Room e pelo canal paulistano de rádio e TV online Na Manteiga. A programação do Boiler Room para o primeiro dia inclui as apresentações de Azymuth, Bixiga 70 e Tom Trago. No segundo dia, o domingo, tem a transmissão das performances de Hermeto Pascoal, Palms Trax e Carrot Green, entre outros.

* Chuva – Sobre as tempestades que têm caído na cidade absolutamente todos os dias, o povo do Dekmantel SP diz que “chuva não será um problema” para o festival. Há, segundo eles, um “plano de contingência” para as hecatombes pluviométricas de SP. Cacique Cobra Coral?

>>

Dekmantel SP divulga os horários do festival e avisa que os ingressos estão acabando

>>

* Um dos primeiros grandes eventos de música do ano, o eletrônico (não só) Dekmantel Festival São Paulo 2017, que acontece pela primeira vez fora de seus domínios holandeses (Amsterdã), avisa que seus ingressos, tanto para as edições de dia e a de noite, estão acabando.

nicolas-jaar

O Dekmantel SP será realizado nos dias 4 e 5 de fevereiro agora, em dois lugares: no Jockey Club de São Paulo (sábado e domingo de dia) e na Fabriketa (sábado à noite, com possibilidade de uma programação menor no domingo, para finalizar o festival). Para os “weekend tickets”, por exemplo, só restam 50%.

As atrações são bárbaras e aos montes: vão do show do bombado chileno Nicolas Jaar (foto) com banda tocando seu novo álbum até uma apresentação dos brasileiros Hermeto Pascoal, Azymuth e Bixiga 70. Nomes imperdíveis como Jeff Mills, Nina Kraviz (a imagem da homepage), Joy Orbison e John Talabot, mais as presenças dos nossos Selvagem, L_cio e Renato Cohen, fora a galera da festeira Gop Tun, que está na cabeça da produção do evento, também fazem parte do line-up.

Captura de Tela 2017-01-17 às 4.15.22 PM

>>

Nicolas Jaar republica seu último disco com faixas bônus

>>

260916_jaar2

DJ, músico e produtor metade chileno, outra metade americano, Nicolas Jaar é desses talentos incansáveis do novo indie. Ele, já fez até mixtape por causa da morte de John Lennon e recriou disco do Daft Punk, lançou em setembro do ano passado o álbum “Sirens”.

O disco, apesar de “disco”, tem só seis faixas e foi disponibilizado de forma gratuita. Agora, Jaar resolveu soltar uma espécie de versão atualizada da obra em sua rádio online, no seu site oficial, com algumas canções bônus, tipo “Wildflower”. O relançamento recebeu o nome de “Sirens – Network Version”.

Para não ter que fazer toda uma função meio complexa para ouvir o álbum nessa rádio dele, um fã esperto botou todo o conteúdo no YouTube, que pode ser ouvido na íntegra, abaixo.

* Nicolas Jaar é uma das estrelas do excelente line-up do festival Dekmantel, que acontece em São Paulo nos dias 4 e 5 de fevereiro próximo, produzido pela galera da festa Gop Tun.

>>

Nicolas Jaar anuncia novo álbum para a próxima sexta. Mas já jogou ele todo na internet

>>

260916_jaar2

DJ e produtor que já fez até mixtape por causa da morte de John Lennon e recriou disco do Daft Punk, o festejado Nicolas Jaar, mezzo chileno/mezzo americano, é conhecido pelo seu som moderno, sofisticado e experimental. Além de ter seu nome vinculado ao projeto Darkside, Jaar não para de solidificar sua carreira solo na cena eletrônica.

Na última sexta, ele anunciou que lançaria um novo álbum, chamado “Sirens”. A data escolhida é 30 de setembro, ou seja, nesta semana. Até aí, beleza. Mais um disco anunciado em cima da hora. O que ninguém esperava é que ele Jaar botaria o álbum inteiro na net, neste domingo que passou.

“Sirens” é disco cheio, mas tem só seis faixas. O álbum está em seu site The Network, no canal 333. Tem que ouvir a íntegra em sequência, não dá para pular faixa, porque tem toda uma temática. Belê?

Para ouvir, basta clicar aqui ou na capa do álbum, abaixo.

260916_sirens

Sirens – tracklist
01. Killing Time
02. The Governor
03. Leaves
04. No
05. Three Sides of Nazareth
06. History Lesson

>>

Para Lennon, com carinho. Nicolas Jaar paga tributo ao ex-beatle

>>

091213_jaar

O festejado DJ e produtor chileno-americano Nicolas Jaar, conhecido por seu som experimental e sofisticado, também parte do projeto de blues eletrônico chamado Darkside, resolveu celebrar o aniversário de morte do ex-beatle John Lennon, por mais que o termo soe estranho.

Neste domingo, 8 de dezembro, completaram-se 33 anos de uma das mortes mais chocantes da história da cultura pop. Aí o Nicolas Jaar resolveu traduzir o momento em forma de música, através da mixtape “OUR WORLD”, em homenagem ao gênio inglês.

A viagem experimental com sons e fragmentos aleatórios de filmes a partir de uma orientação de batidas eletrônicas dura mais ou menos uma hora. Dá para baixar gratuitamente, inclusive.

>>