Em Nirvana:

O Nirvana vive! Grohl, Novoselic e Smear se reúnem em show em Los Angeles e convidam a St. Vincent, o Beck e a filha do Dave

>>

060120_nirvana2

Antigos membros do Nirvana se reuniram na noite de sábado, no Art Of Elysium Gala, em Los Angeles, para celebrarem o legado deixado pela banda norte-americana, que chegou ao fim com a morte de seu mentor, Kurt Cobain, em 1994.

Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear tocaram cinco canções. Foi o primeiro encontro do trio desde 2018.

Para as performances vocais, eles receberam convidados especialíssimos. St. Vincent, a linda, cantou “Lithium”. Já o herói indie Beck emprestou sua voz para a clássica “In Bloom”. Violet, filha de Grohl, cantou “Heart-Shaped Box”.

Eles ainda tocaram “Been A Son” e a cover de David Bowie, “The Man Who Sold the World”, que ficou famosa também na versão do Unplugged MTV do Nirvana. St Vincent e Beck fizeram parte da banda o show todo.

060120_nirvanaslider

** Nostalgia do Beck

Um dos convidados, Beck Hansen relembrou em breve entrevista ao Los Angeles Times que foi ali mesmo no Hollywood Palladium, há exatos 30 anos, que ele encarou um dos shows mais brutais de sua carreira, justamente do Nirvana.

“Foi o mosh pit mais insano da minha vida”, disse o cantor. “Lembro de ter sido levantado do chão o show inteiro”.

Beck ainda falou que não parou por aí. “Saí do mosh pit e minhas mãos estavam sangrando. E eu não sabia qual era a razão”.

Detalhe: o Sonic Youth tocou na mesma noite.

O show insano que o Beck fala é este aqui:

** Esta é a Violet, filha do Dave, aquele cara que parece o baterista do Nirvana.

Foto: Kevin Mazur/Getty Images

Foto: Kevin Mazur/Getty Images

** Aqui, o show inteiro.

SETLIST
Lithium (St. Vincent)
In Bloom (Beck
Been A Son (Beck)
Heat Shaped Box (Violet Grohl)
Man Who Sold The World (Beck)

>>

Apenas: dois momentos gloriosos do MTV Unplugged, com Nirvana e Courtney Barnett

>>

011119_nirvana2

** Lá nos anos 90, quando a MTV ajudava a moldar o caráter e era o principal canal de entretenimento jovem do mundo, a emissora eternizou algumas apresentações incríveis especialmente de bandas de rock tocando acústico. Era o MTV Unplugged.

Um dos projetos mais emblemáticos foi o do Nirvana, que relançou mês passado em vinil o show gravado em 1993 e divulgado no ano seguinte. Junto com os vinis, o “grupo” tem soltado vídeos brutos da apresentação e o mais recente deles é o de Something In The Way, remasterizado.

** Mais de duas décadas depois, sem o mesmo barulho e em um contexto totalmente diferente, a MTV, que deixou de ser música há muito tempo, tem tentado retomar o projeto Unplugged. E o mais recente, registrado de forma bem intimista, é o da princesinha Courtney Barnett. Gravado em Melbourne, o show vem sendo divulgado aos poucos em vídeos. Um destes é a versão lindona para So Long, Marianne, de Leonard Cohen.

O MTV Unplugged ainda está vivo?

>>

>>

Memoria, memoria… Nirvana libera vídeos de “Come As You Are” para o Unplugged da MTV. Entre eles, o do ensaio com o Kurt entediado

>>

051119_nirvana2

Na última sexta-feira, no primeiro dia do mês de novembro, o Nirvana relançou em vinil, com versão remasterizada e material bônus, seu famoso show do Unplugged da MTV, exatamente 25 anos após o lançamento original, de 1994.

O show, um dos mais famosos da história da música, até pelo fato de ter sido uma das apresentações mais icônicas do grupo poucos meses antes da morte de Cobain, rolou em uma época em que o vocalista estava sofrendo de abstinência de drogas, o que resultou em um ambiente de grande tensão na semana da gravação, realizada em novembro de 1993.

Com o relançamento, vídeos inéditos estão sendo postados no YouTube oficial da banda, em HD, entre eles os do último ensaio para o show. Nesta terça, apareceu no canal a versão soundcheck de “Come As You Are”, além do próprio vídeo do show, sem cortes.

Dá para viajar um pouquinho no tempo com os dois vídeos. No do ensaio dá para perceber que o Kurt não estava tão à vontade assim…

>>

O Nirvana vive! Acústico da MTV é relançado em vinil após 25 anos e ganha trato especial em vídeos originais

>>

011119_nirvana2

Primeiro lançamento pós-morte de Kurt Cobain, espécie de obra indispensável quando o assunto é Nirvana, o Unplugged, da MTV, foi relançado nesta sexta-feira, 1º de novembro, exatamente 25 anos após seu lançamento oficial original, lá em 1994.

Considerado pela Rolling Stone um dos 10 melhores discos ao vivo da história, “Unplugged in New York” marcou uma era e impulsionou o projeto acústico da MTV, maior referência midiática da juventude nos anos 90, e tinha como grande marca desplugar as principais bandas e artistas do planeta naquela época.

A nova versão chega em vinil duplo, remasterizada, com material registrado em ensaios. O grupo também está divulgando em seu YouTube vídeos com qualidade otimizada, em HD, em versões sem cortes, tipo o de “About A Girl”, disponível abaixo. Junto, a versão atualizada em áudio, cortesia da Deezer.

NIRVANA – UNPLUGGED IN NEW YORK – TRACKLIST (versão vinil)

Side A
1 About A Girl
2 Come As You Are
3 Jesus Doesn’t Want Me For A Sunbeam
4 The Man Who Sold The World

Side B
1 Pennyroyal Tea
2 Dumb
3 Polly
4 On A Plain
5 Something In The Way

Side C
1 Plateau
2 Oh Me
3 Lake Of Fire
4 All Apologies
5 Where Did You Sleep Last Night?

Side D
1 Come As You Are (Rehearsal)
2 Polly (Rehearsal)
3 Plateau (Rehearsal)
4 Pennyroyal Tea (Rehearsal)
5 The Man Who Sold The World (Rehearsal)

>>

Do Weezer ao Júnior Groovador, Nirvana une tribos e rouba a cena no primeiro final de semana do Rock in Rio

>>

Entre as diversas generalidades que ocuparam o Rock in Rio neste primeiro final de semana, chamou a atenção um depoimento de Dave Grohl no sábado, ao relembrar o Nirvana.

Na parte final do show do Foo Fighters, Dave ofereceu a antiga canção “Big Me”, presente no disco de estreia do FF, ao Weezer. Tudo porque, horas antes, Rivers Cuomo e Cia. tocaram “Lithium”, do Nirvana, que Grohl disse ter assistido do backstage e… chorado.

Ex-baterista do grupo, Dave relembrou a primeira vez que veio ao Brasil, justamente com o Nirvana, para o Hollywood Rock. “Foi a primeira vez que tocamos para mais de 100 mil pessoas”, disse, fazendo referência ao show de São Paulo, que arrastou 110 mil pessoas ao Morumbi para ver a maior banda do mundo naquele momento, certamente em um de seus shows mais caóticos na carreira.

“Eu estava no backstage e ouvi o Weezer tocando Lithium. E eu tenho que ser honesto: eu chorei um pouquinho. Foi tão bom! Eu tenho saudade de tocar essa música”, confessou Grohl.

300919_davegroovador

Em outra passagem, essa de alegria, o Fantástico flagrou Dave dando um abraço efusivo em Júnior Groovador, baixista potiguar que viralizou na web ao botar uma pitada de forró em “Smells Like Teen Spirit”, que rendeu uma versão ao vivo, no palco do Rock in Rio, com o Tenacious D, banda do ator Jack Black. Dave disse que Groovador “é o cara” e que correu para ver a apresentação.

O Nirvana vive.

>>