Em Nobody Really Cares If You Don’t Go to the Party:

Courtney Barnett sacode a TV aberta americana, como atração do “Saturday Night Live”

>>

Screen Shot 2016-05-23 at 8.44.44

* A fofura master Courtney Barnett, guitarrista australiana que vem ao Brasil em novembro para o Popload Gig, foi a grande atração musical do final de temporada do programa “Saturday Night Live”, neste final de semana. Foi a primeira apresentação de Barnett para um canal aberto em rede nacional nos EUA.

Mostrando as incríveis “Nobody Really Cares If You Don’t Go To The Party” e “Pedestrian at Best”, ambas de seu bombado disco de estreia, o “Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit”, Courtney Barnett, como bem disse o site americano “Consequence of Sound”, fez “kick-ass performances” no “SNL”. Ela foi apresentada, no programa, pelo grande comediante (entre outras mil coisas) Fred Armisen, de “Portlandia” (entre outras mil coisas).

Screen Shot 2016-05-23 at 8.40.53

Faço minhas as palavras do CoS para a participação da guitarrista no programa americano: “Not trying to be hyperbolic, but it definitely came across as one of the more impressive SNL debuts in recent memory, and will likely be a performance people will revisit about for years to come”.

O “Saturday Night Live” volta em outubro. Courtney Barnett vem em 16 de novembro, para brilhar no Popload Gig em uma mesma noite que terá show do herói indie-hippie Edward Sharpe, com sua Magnetic Zeros, em espetacular dobradinha de shows no Audio Club, na Barra Funda. Ingressos já à venda no Ticketload (cóf).

** O “SNL” ainda deu uma zoada na situação política brasileira e entrevistou uma “Dilma tropical”. Bobagem pura.

>>

Courtney Barnett chega ao palco do histórico Fillmore, em San Francisco. Temos imagens

>>

Untitled-11

* Em plena e em outra turnê americana, a guitarrista australiana Courtney Barnett segue divulgando seu ótimo último álbum “Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit”, lançado em março deste ano. Barnett se apresentou ontem à noite no extrafamoso Fillmore, em San Francisco, clube com uma atmosfera “peculiar” na cena roqueira americana e que já sobreviveu a um terremoto e ao Thom Yorke. Acho que a última vez que eu passei pela casa, se é que me lembro, foi para ver o Wilco, em 2001, talvez. Ou foi Echo & The Bunnymen? Enfim. Ontem, então, foi a hora da fofa da Barnett, com seu conhecido cabelo cool desgrenhado, mandar seu som quase-Nirvânico no histórico palco do Fillmore. Temos um vídeo cool filmado para (ou por uma) TV de ela tocando e cantando a gostosa “Nobody Really Cares If You Don’t Go to the Party” e o hit “Pedestrian at Best”. Coisa linda:

>>