Em noel gallagher:

Eita! Smashing Pumpkins e Noel Gallagher unem forças para turnê conjunta. Com abertura do AFI ainda por cima

>>

170918-NOELslider

Algo que tem se tornado cada vez mais comum, especialmente na América do Norte, foi anunciada hoje mais uma turnê conjunta, unindo ao menos dois grandes nomes que irão se apresentar em uma mesma noite, no mesmo palco.

Essa nova turnê envolve nada menos que três nomes fortes lá dos anos 90, e que continuam fortes no mercado. O rolê é puxado pela dobradinha Smashing Pumpkins e Noel Gallagher’s High Flying Birds. As duas bandas farão apresentações com a mesma duração e terão ainda o AFI como atração de abertura.

A caminhada vai incluir 16 grandes arenas em cidades dos Estados Unidos e Canadá e começa dia 8 de agosto, em Camden. A última data será dia 31 do mesmo mês em Mountain View, na Califórnia. Os ingressos serão vendidos a partir da próxima sexta, 8 de março.

O Smashing Pumpkins está na estrada com sua formação quase toda original e divulgando o disco “Shiny and Oh So Bright, Vol. 1 / LP: No Past. No Future. No Sun”, que saiu ano passado. Já Noel Gallagher está gravando seu novo álbum, que deve ser lançado no meio do ano.

Abaixo, as datas:

pumpkinsnoeltour

>>

Estamos sem grandes novidades: Noel Gallagher ameaça processar Liam por causa do… Oasis

>>

gallagher0104a

Em agosto próximo, vão se completar 10 anos desde que o Oasis encerrou suas atividades, após a briga número 1.342 dos irmãos Noel e Liam Gallagher. Embora muita coisa já tenha rolado de lá para cá, parece que um retorno do grupo está cada vez mais distante.

A “boa nova” de agora é que Liam prepara o lançamento de um filme sobre, justamente, este seu período pós-Oasis, desde a criação do Beady Eye, que não deu certo, passando pelos seus momentos pessoais difíceis envolvendo divórcio com sua ex-esposa Nicole Appleton (All Saints), paternidade fora do casamento, fundo do poço e retorno triunfal com sua estreia solo com o disco “As You Were”.

O filme que vem sendo produzido, previamente intitulado “As It Was”, tem direção de Charlie Lightening, que trabalhou bastante com o Oasis e outros nomes como Paul McCartney, parece que terá que sofrer algumas mudanças.

Diz o Liam que recebeu um comunicado vindo da Ignition, empresa de Noel (que cuidava dos direitos do Oasis), que caso ele utilize algum material envolvendo o Oasis, inclusive músicas cantadas por ele nos últimos anos, ele será processado. Sério…

Vale lembrar que a ira de Noel ficou maior há mais ou menos um ano, quando Liam começou a xingar publicamente a família de seu irmão, incluindo esposa e até filhos, que são seus sobrinhos.

Liam e Noel preparam lançamentos de discos ainda para este ano. O de Noel deve sair primeiro. O filme de Liam ainda não tem data de lançamento anunciada.

>>

Os álbuns mais esperados de 2019. Parte 5/6: GALLAGHERS

>>

discos_gallaghers5

Tudo bem que não é um álbum do Oasis, mas Liam e Noel Gallagher terão um 2019 bem ativo. Os dois, que lançaram discos no final de 2017, certamente vão soltar dois projetos de inéditas neste ano.

Liam andou se encontrando com o que ele chama de “seu exército de compositores” em Nova York, em dezembro. Depois do Beady Eye não ter dado certo, o Gallagher caçula deu uma sumida, foi ao fundo do poço, e retornou cheio de glória com “As You Were”. As expectativas para um novo disco são as melhores. Diz ele que tem 20 músicas na manga.

Já Noel meio que surpreende ao planejar para este ano o lançamento deste que vai ser seu quarto disco solo. O ex-líder do Oasis contou que tem material suficiente para soltar dois discos, mas deve repetir a fórmula de “Who Built The Moon?” e escrever/gravar em estúdio com o produtor David Holmes. Também em dezembro, Noel andou pelas bandas do estúdio Abbey Road.

Ambos já tem shows marcados para o verão, o que aumenta os indícios de novos lançamentos e trocação gratuita de farpas via imprensa em 2019.

>>

Puxando até “Live Forever”, Noel Gallagher fecha sua turnê mundial em BH com chave de ouro

>>

Foto: João Gabriel Batista / Culturadoria

Foto: João Gabriel Batista / Culturadoria

Noel Gallagher encerrou sua passagem pelo Brasil com um grande show em Belo Horizonte, no último sábado. A apresentação foi uma das três no país e a mais completa delas, já que as duas anteriores foram dentro do Summer Break Festival, em Curitiba e São Paulo com o Foster the People, e mais ou menos quatro músicas a menos.

Em BH, Noel fez um show só dele e a apresentação durou quase duas horas. Foi praticamente o mesmo show mostrado em Buenos Aires, no início do mês, com direito a “Live Forever”, atendendo ao pedido dos fãs. “Onde vou vocês pedem essa música. Ou pedem para assiná-la no braço para tatuar”, disse Noel, que, por outro lado, negou “The Masterplan”. “É só ir no Spotify e procurar”.

Em relação aos outros shows no Brasil, Noel teve seu momento voz e violão de quase 10 minutos. Acompanhado do tecladista, ele cantou a intimista “Dead in the Water” e logo emendou em uma versão acústica do hit “Supersonic”, com toda a primeira parte cantada pela galera.

O show foi o último da turnê mundial de Noel, que começou em fevereiro. No início do ano que vem, ele vai dar andamento às gravações de seu quarto disco solo com o produtor irlandês David Holmes, o mesmo que assinou a produção de “Who Built The Moon?”.

Abaixo, alguns registros do show em BH.

>>

Noel Gallagher embala 10 mil pessoas em SP, com show “igual” ao de Curitiba. Última apresentação será em BH, que pode ter ingressos esgotados

>>

Fotos: Fábio Tito / G1

Fotos: Fábio Tito / G1

Noel Gallagher se apresentou sob chuva e na friaca do Anhembi, que recebeu um público de 10 mil pessoas para ver não só o irmão do Liam, mas também o Foster the People, na edição paulistana do Summer Break Festival. Um dia antes, o mesmo evento havia acontecido em Curitiba.

O ex-líder do Oasis tocou as mesmas 18 canções apresentadas na capital paranaense, em show que durou cerca de 90 minutos e que não teve muitas surpresas, com os pontos altos sendo os grandes clássicos do Oasis, tipo “Wonderwall” e “Don’t Look Back in Anger”, cantadas em coro.

091118_noel4

O último show de Noel no país será neste sábado, no KM de Vantagens Hall, em BH, que tem poucos ingressos disponíveis e que só podem ser encontrados nos pontos de venda físicos. Com a apresentação solo, tem tudo para ser o melhor show de Noel no país nesta série, já que a casa de shows é fechada e ninguém vai ligar para a chuva que cai na capital mineira desde anteontem.

Abaixo, alguns registros do show de Gallagher no Anhembi.

>>