Em oasis:

Peter Doherty faz karaokê coletivo em show e canta Oasis, Velvet Underground e Leonard Cohen

>>

Fotos: The Upcoming

Fotos: The Upcoming

O complicado e complexo Peter Doherty lançou semana passada o bem aceito disco solo “Hamburg Demonstrations”. Na estrada para divulgar a obra com sua banda The Puta Madres, o cantor e guitarrista do Libertines fez um show intenso em Kentish Town nesta semana, de acordo com relatos da imprensa inglesa.

Além das novas músicas e de sons do próprio Libertines e do Babyshambles, sua ex-banda, Doherty entoou canções clássicas de outras bandas e artistas em sua apresentação.

Ele misturou, por exemplo, “Ride Int The Sun”, da Velvet Underground, com “Don’t Look Back in Anger”, do Oasis, em um mashup honestíssimo. Sobrou tempo ainda para uma versão de “Hallelujah”, do grande Leonard Cohen, esta com seu parceiro Carl Barat na bateria.

Aliás, seu mais que amigo Carl também tocou em canções do Libertines como “You’re My Waterloo” e “Up in the Bracket”. Tudo, claro, foi devidamente registrado e pode ser curtido abaixo.

>>

Oasis e Nick Cave em São Paulo, em dezembro

>>

011116_oasis_slider

Tudo bem que seria lindo um show do gênio Nick Cave e uma volta surreal do Oasis em São Paulo. Mas, já é alguma coisa. Muita coisa, na verdade. A Semana Internacional de Música, que acontece na cidade entre os dias 7 e 11 de dezembro, exibirá em sua programação filmes recentes de duas das maiores entidades da história da música pop.

Em sua quarta edição, o evento acontece no Centro Cultural São Paulo e terá diversas atrações como shows, palestras e mostras, com o intuito de integrar a cena musical.

Dia 10, serão exibidas no Centro Cultural SP duas sessões de “Supersonic”, o filme que faz um recorte do surgimento, ascensão e explosão do Oasis, na fase inicial da banda. Os horários de exibição são 15h e 17h. Cerca de 40% das entradas são destinadas aos participantes do evento. O restante é para o público geral, de graça. Os bilhetes devem ser retirados com uma hora de antecedência.

090916_nickcave_slidr

Já nos dias 10 e 11, na Caixa Belas Artes, será mostrado em 3D o documentário “One More Time With Feeling”, obra que registra todo o processo de gravação disco “Skeleton Tree”, o mais recente de Nick Cave. O filme será exibido às 16h, 18h20 e 20h40. Os ingressos custam de R$ 15 a R$ 30.

Informações complementares sobre as sessões e o evento em geral estão disponíveis no site do SIM.

>>

Teste seu inglês online: veja o documentário “Supersonic”, do Oasis

>>

011116_oasis2

A internet é uma bênção. Já está entre nós o aguardadíssimo documentário “Supersonic”, na íntegra, obra que conta a fase inicial e explosiva do Oasis, quando a banda do Noel e do Liam Gallagher saiu dos subúrbios de Manchester para se tornar maior que Jesus Cristo em tipo cinco anos.

O filme, dirigido por Mat Whitecross e equipe, os mesmos responsáveis pelos filmes da Amy Winehouse e do Ayrton Senna, teve sua estreia por aqui há algumas semanas e conta todos os passos do surgimento da banda, os dois primeiros discos, o ápice nos shows de Knebworth e, claro, as tensões mil entre os irmãos Gallagher, com boa parte dos registros nunca antes vistos pelos fãs.

“Supersonic”, além dos registros inéditos, discorre em uma espécie de narrativa, com depoimentos especialmente de Noel e Liam. A notícia ruim é que não tem legenda e é preciso muito esforço para entender o sotaque do norte da Inglaterra da maioria dos envolvidos. Chapados, na maioria das vezes, ainda por cima.

Assista enquanto é tempo.

*** A Popload viaja à Europa a convite da companhia aérea Air France.

>>

O importante é estar aqui agora. Ouça outra inédita do Oasis e o “Be Here Now” todo

>>

180816_oasis2

Foi relançado hoje “Be Here Now”, o famoso terceiro disco do Oasis, de 1997, o sucessor do arrasa-quarteirão “What’s the Story (Morning Glory)?”, todo remasterizado e com dois álbuns bônus. O disco 2 tem as b-sides originais também remasterizadas, alguns registros ao vivo e em sessions em rádios e TV, além de duas canções inéditas, “If We Shadows”, que a Popload mostrou em primeira mão ontem, e uma sem título.

O disco 3 é composto inteiramente pelas demos gravadas por Noel Gallagher na Ilha de Mustique, em 1996, na casa/estúdio de Mick Jagger. O material é considerado pelos fãs da banda como um dos mais valiosos e raros que o Oasis registrou ao longo da carreira.

Todo o conteúdo de “Be Here Now” está disponível para audição. A venda física, no Brasil, deve ter início na próxima semana. Abaixo, os três discos para audição e algumas faixas em destaque.

>>

Plantão Oasis: pacotão do “Be Here Now” sai nesta sexta. Ouça a inédita “If We Shadows”

>>

131016_oasis2

Maaaaais Oasis. A inesquecível banda dos irmãos Gallagher, além do filme que está em cartaz, também lança em outubro uma versão atualizada de “Be Here Now”, seu polêmico terceiro disco, lançado em 1997, que o Noel diz não curtir porque é muito chapado e longo.

O relançamento traz, além do álbum original remasterizado, dois discos bônus contendo as famosas demos gravadas na casa/estúdio do Mick Jagger, na Ilha de Mustique (1996), e outros registros raros.

Talvez o maior chamariz de toda a obra é “If We Shadows”, música inédita gravada por Noel na época, que os fãs nem tinham ideia da existência.

O pacote todo será lançado nesta sexta-feira, 14 de outubro, mas a Popload já deixa aqui a tal “If We Shadows”, primeiro registro inteiramente inédito lançado oficialmente desde o fim do Oasis, em 2009.

131016_oasisbhn