Em perfect kiss:

New Order mostra seu beijo perfeito, ao vivo. Disco do showzaço de 2018 sai dia 7 de maio

>>

* Neste confinamento sem fim, chegamos à conclusão de que precisamos de hits. E quem tem isso a oferecer é a banda inglesa New Order, que lança dia 7 de maio o álbum ao vivo “Education Entertainment Recreation”, registro em áudio e imagem de uma apresentação da banda no Alexandra Palace, Londres, em novembro de 2018. Show que viria logo depois ao Brasil, inclusive tocando em Uberlândia-MG, blablablá. Tudo isso você já sabe. A cada “single-vídeo” que eles lançam desse show do disco a gente tem colocado aqui. E já foram vários.

Hoje eles mostram mais um, e a música é especialíssima: “Perfect Kiss”, uma das músicas indie-dance mais espetaculares da história, de 1985. Obviamente ainda obrigatória em shows do New Order, até eles morrerem todos.

***

* “Education Entertainment Recreation” sai dia 7/5, em CD duplo, CD duplo com Blu-Ray, vinil triplo e um box de edição limitada tanto para a versão CD quanto para a vinil com um livro e umas artes no pacote.

>>

Melhor que New Order? Peter Hook refaz em live de quarentena a perfeita “Perfect Kiss”

>>

Captura de Tela 2020-11-26 às 3.41.31 PM

* A banda New Order, todo mundo sabe (acho), nasceu das cinzas fúnebres do Joy Division, coloriu o pop com hinos indies misturados à eletrônica pulsante dos anos 80 e fez algumas das principais músicas de todos os tempos para essa intersecção e essa geração que a consumiu em milhões de discos e pistas e rádios e shows.

Entre essas músicas está “Perfect Kiss”, composta em 1985 e lançada no famoso álbum “Low Life”. Ela tem a melhor linha de música para este ano que está vindo, 2021. Quase uma prece: “Let’s go out and have some fun”.

Tudo isso para dizer que “Perfect Kiss” ganhou uma nova reformulação para os tempos pandêmicos que vivemos, em versão live, feita pelo figuraça Peter Hook.

Peter Hook pode mexer em “Perfect Kiss” do jeito que ele quiser, porque o cara é um dos fundadores do New Order (e foi também do Joy Division), ambas as bandas que utilizaram o baixo em uma tal importância que o instrumento era mais importante, para esses grupos, que a guitarra, quase. E Hook era o baixista. Talvez o mais impactante baixista da história para bandas que davam dignidade extra ao baixo. Sorry Paul e Flea.

E “Perfect Kiss” é 70% o baixo, vamos dizer.

Peter Hook é tretadíssimo com o New Order, tem anos. Fundou uma banda para acompanhá-lo e sai pelo mundo fazendo shows tocando New Order e Joy Division e não está nem aí.

E, nesta live, feita neste mês no segundo período de lockdown inglês, Peter Hook mandou uma “Perfect Kiss” bem mais legal e inspirada no hit dos anos 80 do que tem mandado o New Order em seus últimos shows/streamings. Por causa do baixo, que é coisa dele.

Olha que lindeza.

>>