Em pitchfork paris:

É indie, é “velho”, mas é chic: Pitchfork Paris invade a TV francesa e revive shows históricos de St. Vincent, Caribou, Son Lux e Foxygen

>>

051120_stvincent2

Com a impossibilidade de ser feliz neste 2020, muito pelo fato de não podermos ver nossos showzinhos de perto, diversos artistas e festivais pelo mundo têm recorrido ao velho normal e divulgado em áudio e vídeo apresentações históricas de edições passadas.

A última marca forte a entrar nesse circuito foi a bíblia indie Pitchfork, que em parceria com o canal de TV francês Culture Box tem revivido alguns shows emblemáticos das edições parisienses do evento nascido em Chicago.

Entre os shows que estão disponíveis no site do canal francês, destaque para a apresentação da sempre gloriosa St. Vincent. Também estão no pacote shows de Foxygen, Son Lux e Caribou, todos registrados em 2014.

Na falta de uma graminha molhada para pisar, vamos acompanhando os shows no conforto do sofá.



>>

Pitchfork Paris no sofá: feriadão será no ritmo de Mac DeMarco, Blood Orange, Bon Iver, Chvrches e muito mais

>>

210918_demarco2

A linda Paris ficará bastante indie neste final de semana. De hoje até sábado, o galpão La Grande Halle de La Villette recebe mais uma vez a edição francesa do cool Pitchfork Festival, que nos últimos anos tem cruzado o oceano para levar um pouco de música boa para a Europa.

E a ótima notícia é que boa parte dos shows terão transmissão ao vivo, para embalar nosso feriado. Hoje, nomes como Mac DeMarco e The Voidz. Nesta sexta, feriado, tem Chromeo, Chvrches e Blood Orange. Já no sábado, apresentações de Stephen Malkmus and the Jicks, Unknown Mortal Orchestra, Bon Iver e muito mais.

Confira abaixo a programação de horários, de Paris, que está quatro horas à frente do de Brasília.

>>

Simples assim: olha o National sendo incrível na incrível Paris

>>

gallery_full.bec1fe55

Atração luxuosa do Lollapalooza Brasil no fim de março do ano que vem, em Interlagos, o National foi uma das principais atrações de outro festival, o Pitchfork, no início deste mês em Paris.

A bíblia indie soltou dois trechos do show da banda americana em solo francês em vídeo. As canções escolhidas foram “Day I Die” e “Carin at the Liquor Stores”, ambas singles do último álbum deles, “Sleep Well Beast”, lançado neste ano.

Vem, National.

Fotos: Vincent Arbelet

Fotos: Vincent Arbelet

>>

Uma noite em Paris com o Belle and Sebastian

>>

061114_bs

A linda e cultuada banda escocesa Belle and Sebastian anunciou há poucos dias seu esperado novo álbum. Dia 20 de janeiro, a turma liderada pelo distinto Stuart Murdoch lança “Girls in Peacetime Want To Dance”, registro produzido por Ben H. Allen III, que já trabalhou com nomes relevantes do indie, tipo Deerhunter, Washed Out e Animal Collective.

Um dos primeiros shows da banda depois do anúncio oficial do novo álbum foi no Pitchfork Music Festival, em Paris, no último fim de semana. Além do dançante single “The Party Line”, os escoceses tocaram outras duas faixas inéditas, as também boas “Allie”, “Perfect Couples”.

O show todo, incrível de sempre, foi transmitido ao vivo e pode ser conferido abaixo.

* Setlist – B&S em Paris
You’re Just a Baby
Funny Little Frog
Sukie in the Graveyard
Allie
Perfect Couples
The Fox in the Snow
Like Dylan in the Movies
I Didn’t See It Coming
The Party Line
The Wrong Girl
The Boy with the Arab Strap
Sleep the Clock Around
Get Me Away From Here, I’m Dying

** “Girls in Peacetime Want To Dance” terá 12 faixas e é o primeiro álbum do grupo em quase cinco anos. O disco mais (nem tão) recente dos escoceses é “Write About Love”, que saiu em 2010.

>>

Pitchfork Festival Paris: St. Vincent todinha. E Chvrches também

>>

* Ainda a edição francesa do genial Pitchfork Music Festival Paris, que aconteceu no final de semana passado na Cidade Luz. Acho que este é o penúltimo post sobre este festival. Dedicado a duas princesas.

Screen Shot 2014-11-03 at 20.34.28

A pequena Lauren Mayberry, do Chvrches, tocou de morta-viva no P4k Festival, em Paris, sexta

A correspondente poploader Talita Alves conta de Paris suas impressões dos shows da incrível guitarrista e cantora americana St Vincent, predileta da casa, mais o da escocesa Chvrches, cada vez mais eletrônica, cada vez melhor:

“Ela já tinha tocado no Pitchfork em Chicago, fazia todo o sentido do mundo trazê-lá pra cá também, mas não é bem assim que funciona. Nem todas as atrações da versão americana tocam em Paris na sequência. Quer dizer, tirando a St. Vincent. Um dos melhores álbuns do ano, ali, ao vivo, na voz e nos gritos da Annie Clark. Surreal de bonito.”


“Sexta ainda teve Chvrches, que aqui em Paris parece ser tão grande quanto um, digamos, Disclosure. O palco dela ficou lotado para ver a Lauren se apresentar com os meninos, do mesmo jeito que aconteceu com os irmãos Lawrence no ano passado. A voz de Lauren Mayberry é impressionante, ocupou a Grand Halle por completo. Era Halloween por aqui e essa data é muito séria na Europa, então você já pode imaginar que várias das atrações resolveram entrar no clima de Dia das Bruxas. Lauren foi uma delas, tava linda com um make que me fez lembrar a Noiva Cadáver.”

** Veja os shows completos de St. Vincent e Chvrches no Pitchfork Festival, em Paris. Apaixonantes.


St. Vincent (full concert) – Live @ Pitchfork… by culturebox


Chvrches (full concert) – Live @ Pitchfork… by culturebox

>>