Em poolside:

Fatnotronic tira “Onda” na gringa. EP de brasilidades cool sai segunda-feira. E tem vídeo classe para acompanhar

>>

060215fatno

Screen Shot 2015-02-06 at 13.07.40

* Aquilo deu nisso. No ano passado, a dupla paulistana Fatnotronic foi convidada para um programa que o DJ americano Diplo fez para a Radio One, da BBC inglesa. A ideia era que Gorky + Phillip levassem uma certa tropicalidade eletrônica brazilian way para os ingleses (e o americano) verem.

A música que abriu a mix de Diplo na ocasião foi “Onda”, pérola do músico paraibano Cassiano, um dos precursores nos anos 70 da soul music no Brasil.

Pois “Onda”, agora, um rework do hit antigo de Cassiano feito em parceria com o belo duo eletrônico Poolside, de Los Angeles, virou um EP, a ser lançado segunda-feira que vem, dia 8, na Inglaterra e nos EUA. EP de brasilidades para gringo ver. E ouvir. E dançar.

“Onda” puxa o disquinho de vinil que tem a inédita “Gold and Timber”, outra parceria, agora com a Alcatraz Black Band, banda brasileira de estúdio dos anos 70. Manja “banda de estúdio”?
Completam o EP as músicas “Gravura”, cujo original é do Cesar Camargo Mariano e aqui vem “mexida” pelos Fatnotronic em conjunto com Daniel T, do duo californiano Cosmic Kids; e a velha “Índia”, com roupa nova em remix feito por Tony Adams, um dos donos da gravadora Chit Chat, que está lançando o EP do Fatnotronic.

O EP só sairá em vinil e será vendido apenas na loja inglesa virtual Juno Records, por 8,12 libras. Algumas lojas bambas de Los Angeles também venderão o disquinho, que está disponível para audição no Soundcloud da Chit Chat. E aqui embaixo, na Popload.

** Mais duas coisas sobre o EP de brazilidades do Fatnotronic:
1. O Soundcloud deles agradece aos “parceiros” Diplo, Mixhell, 2ManyDJs, Fatboy Slim, Hot Chip, Classixx, Tim Sweeney entre vários outros. Que andam tocando “Onda” em seus sets mundo afora. Abaixo tem o Norman Cook (Fatboy Slim) pedindo uma versão boa da música para o Phillip A, para tocar em suas discotecagens. Fatnotronic Slim.

fat2

2. Para divulgar “Onda”, o Fatnotronic fez um vídeo com imagens de sua participação no Popload Festival 2014, em novembro, aquele festival lá. A direção do vídeo classe é do Fabilipo. Ficou bem bom.

>>

Fatnotronic toca na BBC

>>

Screen Shot 2014-07-03 at 13.45.28

* Em clima de Copa do Mundo, o DJ americano Diplo está realizando uns especiais para a Radio One, da BBC inglesa. Com muita ginga, muita malemolência e tropicalidade. Na verdade ele sempre faz esses especiais, tipo botando música em efemérides, como fez no Halloween, entre outras ocasiões em que cabiam uma mixtape funk-hip hop-zoeira comemorativa do Diplo.

Há alguns dias divulgamos aqui uma mixtape sua para a Radio One, feita na véspera do Mundial do Brasil, em que misturou Black Keys e Jay Z com Bonde do Rolê e Originais do Samba. Vai vendo. Vai ouvindo.

Screen Shot 2014-07-03 at 13.44.29

Recentemente, dentro do projeto “Diplo and Friends”, o produtor e DJ americano convidou a dupla brasileira Fatnotronic para levar sua “brasilidad” sonora aos ingleses. Então, Gorky (Bonde do Rolê) e Phillip A. (Killer on the Dancefloor) botaram no pacote Gretchen, Ronaldo Resedá, Djavan, Harmony Cats, Moraes Moreira, Cassiano, Dudu França entre muitos outros, tudo tingido de disco, boogie, balearic em edits ou reworks que ficaram bem bom no todo. Olha que bala:

* O Fatnotronic abriu essa mix para a Radio One com a canção “Onda”, do grande músico paraibano Cassiano, um dos precursores nos anos 70 da soul music no Brasil, levando suas músicas inclusive às novelas da Globo. “Onda”, retrabalhada pelo Fatnotronic em conjunto com o Poolside, da Califórnia, vai chegar às lojas em vinil pelo selo americano Chit Chat Records.

* O Fatnotronic ainda por cima saiu segunda-feira passada em um EP de remix do bombado duo francês de electro-rock Jamaica, remixando a faixa “Two on Two”. Esta belezurinha aí embaixo.

* As fotos do Fatnotronic deste post são do I Hate Flash.

>>

Uma quinta-feira besta em São Paulo

>>

* Se você imaginar que o show bem bom do grupo indie-disco americano Chromatics começou depois da meia-noite, no centro de São Paulo, a cidade está vivendo nesta quinta/sexta sua 24 Hour Party-City particular e bem agitada.

Screen Shot 2013-11-28 at 7.54.55 PM

* Logo mais, no cinema UCI Jardim Sul (Morumbi), será exibido em sessão única o, hum, impactante show “Live at Rome Olympic Stadium”, que o grandioso grupo inglês Muse fez na Itália, em julho. O show vai sair agora em dezembro em DVD e CD. Ver na telona o concerto, gravado na resolução 4K, deve ser como estar dentro do Olímpico de Roma.

* Balada afrancesada de hoje à noite no Bar Secreto (Pinheiros) vai juntar nas picapes o Xavier De Rosnay, metade do duo heavy-electrônico Justice (foto acima), e o produtor e multi-instrumentista DVNO, outro do cast da importante ED Banger Records, de Paris. Os brasileiros DJ Kurc e Philip A. engrossam a bagunça.

* O clube Neu (Água Branca) comemora 5 anos de atividade e promove mais tarde uma apresentação exclusiva da dupla electrodisco Poolside, de Los Angeles. Um misturê do coletivo Avalanche Tropical se reveza nas picapes para manter a festa no gás.

* Na Bela Vista, em outro aniversário, uma das festas mais bombadas da cidade, a Selvagem, completa 2 anos armando hoje no lendário Madame Satã uma apresentação da dupla escocesa de DJs Optimo, espécie de habitues da balada, já. O Optimo comanda famosa noitada de domingo do clube Espacio, em Glasgow. Confusão no Satã.

* Mais cedo, dentro da programação do mundial Red Bull Music Academy, que ocorre ocorre menor em São Paulo nesta semana com 20 artistas de vários níveis da produção musical discutindo com palestras e sons os novos caminhos musicais, aconteceu uma palestra com o DJ francês Onra, considerado um dos maiores beatmakers dos últimos tempos. Amanhã a programação do RBMA vai ser intensa em SP. Vamos voltar a ela.

E aí? Você vai onde hoje?

>>

Botaram tambores na Lorde. E o Poolside toca em SP quinta que vem

>>

* O que as duas coisas têm a ver?

lorde

* Primeiro outra coisa nada a ver. Vendo esse remix que a galera da Avalanche Tropical fez do hit “Royals”, da mocinha neozelandesa lollapaloodica LORDE, botando batidas cool em cima do sucesso sonoramente econômico dela, me deu uma ideia para o Jô Soares convidar a garota para seu programa, na época do Lollapalooza Brasil 2014, e tocar bongo enquanto ela canta a música a capella. De nada, Jô.

** “Royals Down Tamborzão Remix”, de obra do talentoso produtor e DJ Andre Paste, do crew da Avalanche Tropical, e botando batucadinha na música da Lorde, faz tão sentido quanto aquele cara que gravou os primeiros discos do White Stripes colocando baixo nas músicas. Haha. Muito bom.

Falando em Avalanche Tropical, a turma unida que junta bandas, DJs e galera criativa em torno de um ideal, hum, tropical, engrossa nas picapes a festa de aniversário de 5 anos do clube Neu, que terá como atração principal, quinta que vem, o delicioso duo electrodisco Poolside, de Los Angeles.

A avalanche de festas da Avalanche atinge ainda o Bar Secreto, na semana seguinte, sábado dia 7, com discotecagem do badalado produtor francês Douster, que ultimamente está vivendo de música em Buenos Aires.

>>