Em popload gig:

Dia dos namorados, opa, Valentine’s Day com Matt and Kim, Win & Régine, Liam & Noel e outros casais que você respeita

>>

🎶🎶 Sem você não dá… 🎶🎶 Essa seria a nossa versão para “Can’t Do Without You”, do Caribou, banda que agita o primeiro Popload Gig do ano em São Paulo e que serviu como trilha para o nosso vídeo de ~Valentine’s Day~.

O Dia dos Namorados (aqui e lá) sempre rende algumas versões melosas de músicas de que gostamos, playlists apaixonadas e posts emocionados, mas também é a oportunidade para simplesmente celebrar coisas boas. Ou, como dizem os Libertines abaixo, um ótimo dia para dizer a alguém que você o/a/x ama. Awwwn:

Valentine's Day is about as good a day as any to tell someone that you love them. Have a good one folks. x

A post shared by The Libertines Official (@thelibertines) on

A gente sabe que tudo que é feito em dupla e com amor fica melhor! Por isso fizemos uma pequena homenagem a grandes casais da música que a gente respeita! Tem John Lennon & Yoko Ono, Jack White & Meg White, Liam & Noel Gallagher, Alex Turner & Miles Kane e muito mais. Até o Morrissey tem seu par! E todo mundo se amando ao som de Caribou…:

>> Para quem quiser já separar um cartão (indie) especial para o Dia dos Namorados nacional, aquele em junho, fizemos uma pequena seleção com ilustrações do pintor e ilustrador americano Matthew Lineham:

Screen Shot 2017-02-14 at 19.20.30

Screen Shot 2017-02-14 at 19.20.57

Screen Shot 2017-02-14 at 19.21.16

Screen Shot 2017-02-14 at 19.21.45

>>

A espera acabou. Caribou traz seu elogiado show ao Brasil em março, exclusivo SP, no primeiro Popload Gig do ano

>>

Captura de Tela 2017-01-13 às 9.54.21 AM

* Está aí um nome do qual a gente estava atrás há muuuuito tempo. O cultuadíssimo Caribou, banda-projeto do produtor canadense Dan Snaith (o sujeito abaixo) e um dos destaques ao vivo da música eletrônica moderna, do indie-eletrônico, da neo-psicodelia, de como você quiser “catalogar” o som do talentosíssimo músico de voz única ainda por cima, vem tocar no Brasil em março, dentro da primeira edição do Popload Gig de 2017. A primeira em São Paulo, na real, porque dia 24 agora tem em Curitiba o Popload Gig “Verão”, com Slightly Stupid e Donavon Frankenreiter.

A apresentação única do Caribou acontece no dia 22 de março, “coladinho no Lollapalooza”, no Tropical Butantã. Na abertura teremos a performance incrível do grupo paulistano Aldo The Band.

Captura de Tela 2017-01-13 às 9.55.41 AM

Coachella, Primavera Sound, Pitchfork Paris, Boiler Room. Por onde o Caribou passou nos últimos tempos, principalmente depois de lançar o marcante “Our Love”, disco de 2014 que tem o lindo hit “Can’t Do without You”, o show da banda canadense era o que mais empolgava, segundo a imprensa musical.

Com sua música eletrônica sutil, algo psicodélica, colorida e experimental, Caribou é um dos grandes representantes da cena alternativa da atualidade, tanto no indie quando na eletrônica. Com currículo extenso, que inclui até um doutorado em Matemática, o multifacetado Dan Snaith grava e se apresenta ainda como Manitoba e Daphni, este último cada vez mais respeitado e presente em (longas) discotecagens pela Europa e mais especificamente em Londres, onde o produtor reside.

Mas é com Caribou que ele gosta de contar histórias e de explorar sonoridades, instrumentos e gêneros musicais. Lançou cinco álbuns e atingiu enorme sucesso comercial com Swim, de 2010, considerado um dos melhores discos daquele ano por publicações como o jornal inglês “The Guardian” e o site americano “Pitchfork”.

Foram quatro anos até o lançamento de “Our Love”, o mais abrangente deles em termos sonoros (e o mais intenso e pessoal), o que atingiu um público mais amplo e diversificado e o que contém, de novo, uma das músicas mais tocadas de 2014, a citada “Can’t Do Without You”. Ao vivo, este tem sido sempre o momento mais emocionante de suas apresentações recentes. E não foram poucas: além da turnê com o Radiohead (Thom Yorke é fã assumido), Caribou tocou em absolutamente todos os festivais da Europa e Estados Unidos. Encerrou o festival Primavera Sound 2015, em Barcelona, para uma plateia gigantesca, e fez shows memoráveis e lotados em festivais como Pitchfork Paris e Coachella, onde transformou, neste último, a tenda eletrônica no espaço mais concorrido do dia.

Captura de Tela 2017-01-13 às 9.53.47 AM

A banda paulistana Aldo The Band, capitaneada pelos irmãos André e Murilo Faria, que fazem bom uso de suas referências que vão de Happy Mondays a Prince, trazendo para a pista uma mistura dançante e divertida de guitarras, sintetizadores e batidas eletrônicas, faz as honras de abertura do Caribou.

Aldo é groovie, dance & rock, tudo ao mesmo tempo. O primeiro disco (Aldo Is Love) foi lançado em 2013 e o segundo, o elogiado Giant Flea, em 2015. No ano passado, tocaram nos espanhóis Primavera Sound e BUME Festival e fizeram shows em Liverpool e Paris. Na capital francesa, gravaram novo material no famoso estúdio da dupla AIR, o Atlas Studio. André é o responsável pelo vocal e pela guitarra. Murilo, ou, DJ Mura, fica a cargo dos synths, da programação e dos teclados. O baixista Izzy Cobra Snake e o baterista Érico Theobaldo completam o time. Para 2017, a banda planeja o aguardado terceiro disco da carreira.

CARIBOU faz show único no país no dia 22 de março de 2017 no Tropical Butantã, em São Paulo. Os ingressos custam de R$120,00 a R$370,00 e já estão à venda em www.ticketload.com.

>>

Feliz 2017! Popload Gig anuncia edição ensolarada com SLIGHTLY STOOPID e DONAVON FRANKENREITER. Em Curitiba

>>

pgigcuritiba_abre

** Feliz 2017! A Popload já vai começar o ano com o pé no acelerador e tem o prazer de anunciar a 47ª edição do Popload Gig, ensolarada pelas atrações californianas Slightly Stoopid e Donavon Frankenreiter. A função acontece na cidade de Curitiba, dia 24 de janeiro, na incrível Ópera de Arame.

221216_slightly

Formada pelos amigos e multi-instrumentistas Miles Doughty e Kyle McDonald, e mistura de punk, reggae, rock, hip-hop, funk e até blues, o Slightly Stoopid acaba de completar 20 anos de carreira. Conseguiram, ainda no colegial, a proeza de ter um contrato com gravadora quando o ex-vocalista e fundador do Sublime, Bradley Nowell, assistiu a um show do grupo. Desde então, lançaram oito discos, sendo o mais recente “Meanwhile… Back at the Lab”, do ano passado, que ficou em terceiro lugar na lista de melhores discos alternativos da Billboard e tem experiência de shows em grandes festivais como Coachella, Lollapalooza, Austin City Limits e New Orleans Jazz Fest.

Ao vivo, o time é reforçado pelo baterista Ryan “Rymo” Moran, o percussionista Oguer “OG” Ocon, o saxofonista Daniel “Dela” Delacruz, e ainda Paul Wolstencroft no teclado, Andy Geib no trompete e trombone e o convidado especial e “membro não oficial” Karl Denson, renomado saxofonista americano (da banda de jazz The Greyboy Allstars) que está em turnê com os Rolling Stones desde 2014.

221216_donovan

De volta ao Brasil, por onde realizou turnês com shows esgotados em São Paulo e pelo litoral catarinense, o músico Donavon Frankenreiter traz ao país seu mais recente trabalho, o álbum “The Heart”. Lançado no ano passado, o disco representa uma nova fase na prolífica carreira do cantor: marca seus quase vinte anos de carreira, os dez anos de lançamento de seu primeiro disco solo e o momento pessoal em que vive, de dedicação quase que total aos dois filhos. “Quase total” porque Donavon tenta dar a mesma prioridade à música, ao surf, profissão que adotou aos 14 anos, e à família que construiu no Havaí, temas presentes em suas canções. Seus maiores sucessos são os hits ‘Free’, ‘Watcha Know About’ e ‘It Don’t Matter’

O Popload Gig #47 com Slightly Stoopid e Donavon Frankenreiter, em Curitiba, tem ingressos custando a partir de R$ 70,00.

SERVIÇO – Popload Gig com Slightly Stoopid e Donavon Frankenreiter
Data: 24 de janeiro de 2017 (terça-feira)
Local: Ópera de Arame (Rua João Gava, 874 – Abranches, Curitiba – PR)
Horários: 19h (Abertura da casa) || 21h: Donavon Frankenreiter || 22h30: Slightly Stoopid Ingressos:
Plateia 1º lote R$ 70,00 (meia-entrada) e R$ 140,00 (inteira)
Plateia 2º lote R$ 80,00 (meia-entrada) e R$ 160,00 (inteira)
Camarote R$ 100,00 (meia-entrada) e R$ 200,00 (inteira)
Vendas Online: www.ticketload.com
Capacidade: 1.600 pessoas
Classificação etária: 18 anos
Assessoria de Imprensa: contato@popload.com.br

>>

Popload Gig 45 – O AIR nos deixou no… ar

>>

AIR em edição luxuosa do Popload Gig. Foto: Oswaldo Corneti

AIR em edição luxuosa do Popload Gig. Fotos: Oswaldo Corneti

Não vou ficar aqui dizendo o quão histórico e lindo foi o Popload Gig na terça-feira com o duo francês Air, em São Paulo. Também não vou lembrar que esta turnê é quase que uma despedida do AIR-como-nós-o-conhecemos, já que o duo pretende tirar uma folga de “dois a três anos”. Isso seria cruel demais com quem perdeu uma das edições mais finas (très chic!) do Popload Gig até hoje. Não sou desses, haha. Mas as fotos e os vídeos, sim, eles dirão.

#LiveYourMusic

#LiveYourMusic

Sao Paulo- SP- Brasil- 15/11/2016- Air @Popload Gig #45, na Audio Club. Foto: Oswaldo Corneti

Algumas pessoas compareceram….

Sao Paulo- SP- Brasil- 15/11/2016- Air @Popload Gig #45, na Audio Club. Foto: Oswaldo Corneti

Sao Paulo- SP- Brasil- 15/11/2016- Air @Popload Gig #45, na Audio Club. Foto: Oswaldo Corneti

Sao Paulo- SP- Brasil- 15/11/2016- Air @Popload Gig #45, na Audio Club. Foto: Oswaldo Corneti

Nicolas Godin

Sao Paulo- SP- Brasil- 15/11/2016- Air @Popload Gig #45, na Audio Club. Foto: Oswaldo Corneti

Jean-Benoît Dunckel

Sao Paulo- SP- Brasil- 15/11/2016- Air @Popload Gig #45, na Audio Club. Foto: Oswaldo Corneti

Merci!

VÍDEOS

* O Popload Gig é apresentado pela marca de cervejas Heineken. Se beber, ouça um Air.

Kelly, observe as estrelas. Hoje tem AIR no Popload Gig

>>

facebook_header1-800x295 2

* Se você achou que seu 2016 de shows já tinha acabado, permita-me discordar redondamente. Ainda vamos ter os dois melhores concertos do ano. O primeiro ocorre hoje, quando o extracool duo francês AIR toca no Audio Club, na Barra Funda, dentro do penúltimo Popload Gig de 2016. É a edição de número 45 dessa marca de shows especiais lançados por este espaço musical virtual desde 2009. Tanto o número de shows quanto a durabilidade do selo Popload Gig, ACREDITO, deve ser inédito neste país. O Air, uma dessas bandas clássicas adoradas para todo o sempre, faz parte dos últimos três shows nossos (meu e seu) de 2016, que também servem para comemorar os 10 anos da Popload, thankyouverymuch.

Já vi gente boa dizer, à perfeição, que o Air é um encontro de Serge Gainsbourg com Radiohead. Seu álbum de estreia, o maravilhoso “Moon Safari”, de 1998, é um “delicioso álbum retrô sarcástico, que ao mesmo tempo fazia uso do som cafona de cabaré francês e do classudo jeito de fazer climas e climas dentro da mais moderna música eletrônica”.

air2

Pedro Antunes, do jornal “Estado de S.Paulo”, abriu assim seu texto da edição de hoje sobre o Air: “Três semanas antes de desembarcar em São Paulo ao lado de Nicolas Godin, o músico francês Jean-Benoît Dunckel se surpreendeu com uma frase escrita em um muro de Paris, enquanto andava de táxi pela cidade onde mora. ‘O tempo é bom’, dizia aquela parede ao mundo – ou para quem despejasse sua atenção a ela. A frase ficou na cabeça de Dunckel, justamente uma das metades do Air, duo visionário de música eletrônica que há muito tempo sabia disso. O tempo é bom. E assim foi com o Air, grupo que despontou no final dos anos 1990, quando a música eletrônica vivia uma época de entressafra – ou uma ressaca depois de tantos alucinógenos sintéticos usados nas raves que começaram a se espalhar a partir do Reino Unido. ‘Nunca tive tempo do medo’, diz Dunckel, que divide as funções criativas do Air com Godin. Os dois estão de volta a São Paulo para uma apresentação no Audio Club, nesta terça, 15, às 22h, como parte do Popload Gig.”

Alex Kidd, na “Folha de S.Paulo”, por sua vez, traz hoje a seguinte linha, na Ilustrada: ” ‘Um boom-chim, boom-chim incessante’. Com um beatbox afrancesado, Jean-Benoît Dunckel tenta imitar como era o som das baladas francesas quando o Air surgiu, em 1996. A dupla, cuja outra metade é Nicolas Godin, completou 20 anos em 2016 e apresentará nesta terça (15), em São Paulo, uma amostra do space pop que contestou a ideia de que a música eletrônica só serviria às pistas. Essa espécie de manifesto pode ser ouvida na compilação “Twenty Years” lançada neste ano – mas é em ‘Moon Safari’, o début de 1998, que estão as grandes ideias do duo de Versalhes. O disco utiliza sintetizadores analógicos e guitarras para criar uma sonoridade que paga tributo à música ambiente de Brian Eno e à pegada sexy das canções do conterrâneo Serge Gainsbourg. ‘Queríamos criar a trilha da pós-noitada, quando as pessoas relaxavam, acendiam um baseado e faziam amor’, relembra Dunckel em entrevista à Folha. ‘Os DJs torciam o nariz achando que íamos sampleá-los para fazer música de butique e vender roupas, mas nosso objetivo era apenas fugir do cotidiano estressante.’ “

Moderno nos anos 90, moderno até hoje, o Air que se apresenta nesta noite em São Paulo, passou dias atrás pelo Chile (festival Primavera Fauna) e pela Argentina (festival Music Wins). Desses dois shows, a gente tirou os vídeos abaixo, que servem em parte para contar um pouco sobre o climão eletropsicodélico de sotaque francês que vai tomar conta do Audio, no Popload Gig.

Você vai, né?


* O Popload Gig é apresentado pela marca de cervejas Heineken. Se beber, ouça um Air.

>>