Em popload gig:

Popload Gig com Phoenix, em Curitiba, é hoje! Tem Popload Radio DJ Set antes e, ainda, uma promo valendo par de ingressos. Vamos?

>>

phoenix

É hoje, Brasil. É hoje, Curitiba. É dia de Popload Gig especialíssimo com o Phoenix, pela primeira vez na capital paranaense, tocando na luxuosa Ópera de Arame, tudo a ver com a banda francesa, agora de alma italiana, conhecida por ser uma das de som mais refinado do indie nas últimas décadas.

Antes, fica o convite para a indiezada toda de Curitiba chegar mais cedo ao evento, pois às 19h30 tem Popload Radio DJ Set com um tal Lúcio Ribeiro, tocando de tudo um pouco.

Antes ainda, fica o aviso para a promo relâmpago valendo UM PAR DE INGRESSOS para o show. Basta ir ao meu Instagram e seguir as coordenadas. O resultado sai tipo 15h.

Ingressos? Restam poucos aqui.

Vamos?

QUER IR NO PHOENIX DE GRAÇA NA LINDA ÓPERA DE ARAME, EM CURITIBA?? Seguinte. Vou sortear UM PAR de ingressos para o showzão q a querida banda francesa vai fazer nesta sexta, dia 2, na capital paranaense. SORTEIO algo RELÂMPAGO. REGRAS: 1. Seguir o meu perfil 2. Curtir a foto e marcar dois amigos nos comentários. O sorteio será amanhã, dia do show, às 15h. O vencedor será informado em seguida. O número de comentários é livre. Mas cada um tem que ter amigos diferentes marcados. Quanto mais gente marcar, mais chance tem de ganhar o par de entradas pra balada mais legal do Brasil neste final de semana. Foi mal q este sorteio vai ser só para curitibanos, mas sorte deles. Semana que vem prometo fazer uma nova, bem boa, mais geral. Mas por enquanto é surpresa!! VAMOOOO!!

Uma publicação compartilhada por Lucio Ribeiro (@lucioribeiro) em

>>

Phoenix no Rio: de “quase cancelado” para “show mitológico”

>>

* Os relatos são contundentes. A apresentação da banda francesa Phoenix ontem no Rio de Janeiro, no famooooso Circo Voador, entrou para aquela categoria de “shows mitológicos no Circo”, tal AQUELE do Franz Ferdinand, em 2006. Foi assim:

phoenix_slider

Depois de estrelar o Popload Festival do ano passado, e de volta ao Brasil para uma série de quatro shows, um deles no aguardadíssimo Popload Gig na Ópera de Arame, em Curitiba, dia 2 de fevereiro, o delicioso Phoenix iniciou ontem sua nova excursão no país com um show que ganhou ar de tensão antes mesmo de começar. E terminou como antológico, no Rio de Janeiro.

A banda francesa tocou ontem no sempre especial Circo Voador, espaço incrível para shows que fica aos pés dos Arcos da Lapa, onde, dizem, aconteceu um dos maiores shows da história indie carioca, o tal do Franz Ferdinand. O de ontem, estão dizendo, não ficou muito atrás.

Acontece que a tensão começou algumas poucas horas antes do início do show, previsto para 22h. Parte dos equipamentos do Phoenix, especialmente sintetizadores e teclados, não estava funcionando, o que atrasou a passagem de som do grupo. Acontece que a aparelhagem do Phoenix foi construída pelo próprio grupo. Ou seja: não dá para sair por aí para pegar qualquer equipamento para substituir.

Por volta das 21h15, quase na hora que o show deveria começar, os portões ainda estavam fechados e o evento PRESTES A SER CANCELADO. Do lado de fora, tipo 2.200 pessoas loucas para entrar no Circo.

Depois de muita tensão e correria, conseguiram ajeitar tudo. O show começou por volta de meia-noite, durou mais de duas horas e teve o Thomas Mars classicamente se jogando na galera, não apenas por diversão, mas, talvez, como um pequeno manifesto de “desabafo” por tudo o que aconteceu antes.

Abaixo, algumas fotos e vídeos que acabam denunciando um pouco da apresentação histórica do Phoenix no Rio. Eles ainda tocam em BH neste sábado, em Curitiba, no Popload Gig dia 2 de fevereiro, e fecham a turnê em Porto Alegre.



** Não está no setlist, mas na primeira volta do bis o Phoenix tocou “Playground Love”, clássico dos conterrâneos eletrônicos Air. Só voz e guitarra. Climão.

Como não amar estes franceses? Phoenix “muda” de nome para divulgar músicas inéditas. Dia 2 de fevereiro tem Popload Gig com eles, em Curitiba

>>

phoenix61

Banda incrível que abrilhantou tanto o Popload Festival ano passado que resolveu voltar para um Popload Gig em breve, o Phoenix revelou que vai soltar nas próximas semanas algumas sobras de estúdio.

As canções vão aparecer nas plataformas de streaming sob o nome Banque De France, às sextas. A primeira leva saiu com versões demo e antigas de “Ti Amo”, além de outras seis gravações inéditas.

O Phoenix volta ao Brasil nos próximos dias para uma série de quatro shows no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre. O show na capital paranaense, primeiro deles por lá, será em um Popload Gig especialíssimo na bela Ópera de Arame. Ingressos aqui.

>>

Sigur Rós no Popload Gig: mais registros do show do ano

>>

041217_sigurros_slider

Sem querer advogar em causa própria, muita gente tem dito que, quase aos 45 do segundo tempo, 2017 viu seu melhor show (não?) no Espaço das Américas, semana passada, quando o transcendental Sigur Rós aterrissou neste nosso planeta para causar uma comoção geral pouco antes vista na história do Popload Gig. E olha que foram muitos os momentos marcantes na nossa humilde trajetória.

Para relembrar um pouco mais do show, deixamos aqui mais um vídeo da apresentação, registrado pelos parças Rodolfo Yuzo e Rafael Andres, com as incríveis “EKKI MÚKK” e “Glósóli”. E, ainda, fotos tão incríveis quanto do pessoal do I Hate Flash!

sigur84

sigur83

sigur82

sigur81

sigur80

sigur85

>>

Sigur Rós fecha o ano Popload com magia

>>

sigur10

São Paulo, 29 de novembro de 2017. Uma noite que fica para a história, quando a Islândia invadiu o Espaço das Américas através do som transcendental do Sigur Rós, indiscutivelmente uma das melhores e mais intensas bandas da música moderna.

O show encerrou com magia e chave de ouro o ano da Popload, neste Popload Gig debutante na casa de shows da Barra Funda, lotadaça. A banda, por exemplo, pediu para que a temperatura do ambiente ficasse em 21º, “para preservar a voz do Jonsi”, por causa da sequência de shows de uma turnê que já dura quase dois anos.

O mais interessante foi ver a intensidade do público, em transe e… em silêncio, acompanhado cada batida, cada palavra e cada minúcia de uma apresentação irretocável.

Abaixo, uma pequena amostra da noite mágica vivida por milhares no Espaço das Américas, em fotos de Fabrício Vianna e vídeos diversos. Obrigado pelo 2017 e um Feliz 2018 de show para todos nós!

sigur20

sigur18

sigur17

sigur16

sigur15

>>