Em post malone:

Trilha da polêmica série “We Are Who We Are” já saiu em dois discos e tem de Radiohead a Drake, de Blood Orange a… “Emilia Paranoica”.

>>

we are who 2

* Talvez a atual série de TV mais falada, “We Are Who We Are”, dirigida pelo italiano Luca Guadagnino, é facilmente a que tem a melhor trilha sonora de série desde a britânica “Peaky Blinders”. E graças ao músico americano Dev Hynes, o Blood Orange, responsável por conduzir a sonoridade que embala uma das mais insólitas histórias de seriado dos últimos tempos.

“We Are Who We Are”, do mesmo diretor de “Me Chame pelo Seu Nome, e produzida pela HBO, se passa numa base militar americana na Itália, numa praia perto de Veneza. Tem Chloe Sevigny e Alice Braga como as mães do complicado adolescente Jack Dylan Grazer, que chegam à base para Chloe assumir o posto de nova comandante do lugar. O rapper Kid Cudi também está no elenco.

A série, exibida há um mês, é sobre o amadurecimento teen, o famoso “coming of age”, descobertas de sexualidade ou das sexualidades e desenvolvimento de amizade e tals, num ciclo bem próximo de brancos e negros, americanos e europeus, de famílias civis e militares, reunidas num pedacinho dos EUA na Itália. As confusões de sempre, amplificada pelas modernidades de comportamento. E confusões não só dos adolescentes.

A música tem dois aspectos em “We Are Who We Are”. Primeiro a composta pelo Dev Hynes especialmente para o seriado. E também a variação de banda que a gente gosta, formando a trilha sonora geral, escolhida pelo próprio Guadagnino, que vai de Smiths a Radiohead, de Drake a Post Malone, tem Prince, Bowie e Stones. Mas também tem o próprio Blood Orange, Neil Young e 21 Savages.

Isso porque estamos no episódio 4 (de oito). O mais novo saiu ontem à noite, não assistido ainda.

Exatamente esses dois aspectos musicais de “We Are Who We Are” acabam de sair em discos oficiais: o das músicas originais feitas para a série (Dev Hynes) e outro com as canções conhecidas, antigas e novas, espalhadas pelo diretor na trama.

Um dos destaques do segundo álbum é um resgate pessoal de Guadagnino para sua série. Trata-se de “Emilia Paranoica”, famoso hino punk italiano dos anos 80, da banda CCCP – Fedeli Alla Linea, grupo formado em Berlim por uma galera italiana que morava na tensa cidade alemã da época.

A música, de quase 8 min de duração, embala uma marcante festinha dos teens da série num casarão abandonado de uma vila russa “sem os russos” no episódio 4.

É esta aqui:

>>

Coronavírus update: shows de Billie Eilish, Morrissey, Post Malone e outros estão suspensos pelo mundo no mês de março

>>

030220_billie2

Duas das maiores empresas de entretenimento do mundo, a Live Nation e a AEG resolveram adiar turnês de seus artistas no mês de março devido à pandemia do coronavírus.

A medida afeta shows de nomes como Elton John, Billie Eilish, Kiss, Post Malone, TOOL, Morrissey, Thundercat, entre outros, pelo mundo todo.

Nas últimas horas, diversos eventos foram adiados/cancelados, incluindo o South by Southwest, o Coachella e o Lollapalooza Argentina, além de shows de artistas como Madonna, Pearl Jam, Liam Gallagher e Tame Impala.

Morrissey Performs at The Anthem in Washington, D.C.

>>

It’s a raaaaaaid! Saiu mais uma parceria incrível do Ozzy com o Post Malone

>>

200220_ozzymalone

Depois de deixar o mundo triste e preocupado com o cancelamento de sua turnê, Mr. Ozzy Osbourne agora vem com notícia boa.

O rockstar divulgou mais uma faixa que conta com a participação do treteiro Post Malone. A nova dobradinha se chama “It’s a Raid” e está em “Ordinary Man”, o aguardado álbum novo de Ozzy, que sai nesta sexta-feira. Ou seja, nas próximas horas.

O álbum tem uma lista invejável de convidados: Slash e Duff McKagan, do Gun N’ Roses, Chad Smith, baterista do Red Hot Chili Peppers, Tom Morello, do Rage Against the Machine, e Sir Elton John.

Ozzy também será aclamado na edição deste ano do festival South by Southwest, no Texas, mês que vem. Estreia por lá, durante o evento, o documentário Biography: The Nine Lives of Ozzy Osbourne. O filme de 86 minutos conta a história da vida do ex-líder do Black Sabbath desde a infância até sua carreira solo de sucesso, passando pela fama (impagável) como protagonista de um reality show sobre sua família.

“It’s a Raid” pode ser ouvida abaixo.

>>

Post Malone bota até o Ozzy Osbourne para cantar em “Hollywood’s Bleeding”, seu novo disco que tem também Father John Misty e Kanye West envolvidos

>>

O famoso cara-tatuada Post Malone, além de ser uma grande estrela nova do rap, dos artistas mais comentados na América, é também um rockstar, como a gente sempre diz.

Depois de se apresentar com o Red Hot Chili Peppers no Grammy e tocar Oasis sem pudor na “casa” dos caras na frente de 50 mil pessoas, Malone meteu rock em seu novo disco, Hollywood’s Bleeding, o terceiro da carreira.

Com a missão de manter o nível do aclamado beerbongs & bentleys, que inclusive ganhou indicação no Grammy, o novo álbum tem o gênio Ozzy Osbourne na faixa “Take What You Want”, som que também conta com a participação de Travis Scott.

Outro sujeito que é da “nossa” turma, Father John Misty é creditado na faixa “Myself”. Outros nomes de peso como Kanye West, SZA, Halsey e Young Thug também estão envolvidos no projeto, que tem 17 canções novas e pode ser ouvido abaixo.

>>

O mundo quer a volta do Oasis, parte 1 – Post Malone e Twenty One Pilots cantam, JUNTOS, “Don’t Look Back In Anger”

>>

Foto: Katja Ogrin/Redferns

Foto: Katja Ogrin/Redferns

Neste final de semana, rolou na Inglaterra mais uma edição dos tradicionais festivais “irmãos” de Reading e Leeds. As duas cidades revezam seus shows de sexta a domingo, tal.

Embora esteja longe de seus tempos de glória, o evento deste ano ficou marcado pelo… Oasis. Quanto mais o Noel parece querer “esquecer” a banda famosa que formou ao lado de seu irmão Liam, mais o mundo parece ao mesmo tempo querer lembrá-lo disso.

A dupla pop Twenty One Pilots, por exemplo, fez uma cover da clássica “Don’t Look Back in Anger” no sábado, em Reading. Não satisfeita, repetiu a dose ontem, em Leeds, e ainda com um reforço de peso: o rapper tatuado e adorado Post Malone. Pensa.

O registro pode ser conferido abaixo e compartilhado até chegar ao Noel.

>>