Em radiohead:

Então. Mais Thom Yorke. Veja um show solo recente do líder do Radiohead, de quase duas horas, em San Francisco

>>

181218_thom_slider2

Além de estar pré-indicado para concorrer como Melhor Canção Original no Oscar 2019, Thom Yorke está por finalizar nesta semana sua extensa turnê pelos Estados Unidos, onde vem se apresentando desde novembro ao lado de seu produtor e braço direito Nigel Godrich, e pelo artista visual holandês Tarik Barri.

Thom tem montado suas apresentações a partir de suas canções solo, especialmente do disco “Tomorrow’s Modern Boxes”, seu famoso álbum solo lançado via torrent. além de outros projetos em que se envolveu na carreira.

Uma parada recente do líder do Radiohead, em San Francisco, sábado passado, foi toda registrada por fãs e o resultado é um vídeo de quase duas horas do show, disponível abaixo.

SETLIST
1) Interference + Mockingjay
2) A Brain in a Bottle
3) Impossible Knots
4) Black Swan
5) Harrowdown Hill
6) Pink Section
7) Nose Grows Some
8) Cymbal Rush
9) The Clock
10) Two Feet Off the Ground
11) Amok
12) Not the News
13) Truth Ray
14) Traffic
15) Twist (+ Saturdays outro)

[ENCORE 1]
16) The Axe
17) Atoms for Peace
18) Default

[ENCORE 2]
19) Unmade

>>

Então. Thom Yorke está pré-indicado para concorrer ao Oscar

>>

111018_thom2

Pela primeira vez em praticamente quatro décadas, o Oscar revelou de forma antecipada os pré-indicados nas categorias “Melhor Canção Original” e “Melhor Trilha Sonora” para a premiação de 2019.

Entre os pré-indicados estão alguns artistas que a gente curte. Na lista das 15 canções que podem concorrer em “Melhor Canção Original”, por exemplo, estão Sampha, com “Treasure” (filme Beautiful Boy); Kendrick Lamar & SZA, com “All the Stars” (filme Pantera Negra); e Lady Gaga & Bradley Cooper, com “Shallows” (Nasce Uma Estrela).

Mas o destaque mesmo fica por conta da inserção de Thom Yorke no meio dessa turma toda, com “Suspirium”, faixa que está na trilha feita por ele mesmo para o remake do filme de terror dos anos 70, “Suspiria”.

As 15 músicas indicadas agora estão em processo final de avaliação dos jurados, que no dia 22 de janeiro anunciarão as 5 finalistas.

Melhor Canção Original
“When A Cowboy Trades His Spurs For Wings” (A Balada de Buster Scruggs)
“Treasure” (Beautiful Boy)
“All The Stars” (Pantera Negra)
“Revelation” (Boy Erased: Uma Verdade Anulada)
“Girl In The Movies” (Dumplin’)
“We Won’t Move” (O Ódio que Você Semeia)
“The Place Where Lost Things Go” (O Retorno de Mary Poppins)
“Trip A Little Light Fantastic” (O Retorno de Mary Poppins)
“Keep Reachin’” (Quincy)
“I’ll Fight” (RBG)
“A Place Called Slaughter Race” (WiFi Ralph)
“OYAHYTT” (Sorry to Bother You)
“Shallow” (Nasce Uma Estrela)
“Suspirium” (Suspiria)
“The Big Unknown” (As Viúvas)

Melhor Trilha Sonora
“Aniquilação”, por Geoff Barrow e Ben Salisbury
“Vingadores: Guerra Infinita”, por Alan Silvestri
“A Balada de Buster Scruggs”, por Carter Burwell
“Pantera Negra”, por Ludwig Göransson
“Infiltrado na Klan”, por Terence Blanchard
“Podres de Ricos”, por Brian Tyler
“A Morte de Stálin”, por Christopher Willis
“Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”, por James Newton Howard
“O Primeiro Homem”, por Justin Hurwitz
“Se a Rua Beale Falasse”, por Nicholas Britell
“Ilha dos Cachorros”, por Alexandre Desplat
“O Retorno de Mary Poppins”, por Marc Shaiman
“Um Lugar Silencioso”, por Marco Beltrami
“Jogador Número 1”, por Alan Silvestri
“Vice”, por Nicholas Britell

>>

Melhores do Ano da Popload. Qual o SHOW INTERNACIONAL de 2018? Vote

>>

* Estou em dúvida aqui se tiro o Nick Cave da contenda, para facilitar para os outros. Você me entende? Ou não?

Mas ok, vamos lá. Melhores shows internacionais do incrível ano de 2018 de taaaaaantas apresentações gringas boas. Escolha o seu em nossa enquete ou aponte outro que não está nas opções oferecidas.

4 - 141218_lcd
3 - 141218_ff

Ano que começou com Phoenix em Curitiba, teve o espetacular Gorillaz na chuva no Jockey, todo o Lollapalooza com os mágicos LCD Soundsystem, Liam Gallagher e David Byrne, não esqueçamos a Laninha Del Rey arrasando, o especialíssimo Mogwai tropicalizando um barulho no Butantã, os supraindies Connan Mockasin e Thee Oh Sees, o galã Father John Misty chamando todo mundo para uma intimidade no palco do mais bonito auditório do Brasil, At the Drive in brigando com fãs da Lorde, a Lorde em si e de sutiã, o Death Cab for Cutie tocando sentado mas tocando, a volta incrível do Franz Ferdinand, a dobradinha Foo Fighters & Queens of the Stone Age, o fodaço Deerhunter. A reta final com Morrissey e New Order.

Teve também três shows históricos. O histórico porque é sempre histórico Radiohead, o primeiro do Roger Waters no Allianz, mais pela tensão política absurda e provocando quase uma guerra de classes e de pensamento real, e o transformador Nick Cave & The Bad Seeds, retornando ao país para uma dessas experiências sonoras e sensoriais que fica muito injusto chamar de “show”.

A gente, semana que vem, vai publicar aqui duas listas. Uma de melhores da Popload em si, outra dessa convocação deste post, chamando você a votar através deste link aqui. VOTE!!!

Grande parte dos concertos sugeridos tem um “olhar paulistano”, por causa da força de SP como praça de shows e tal. Fique livre para votar, por exemplo, no Noel em Belo Horizonte (eu estava lá e até votaria, se…) ou Franz Ferdinand em Natal.

2 - 141218_radiohead
1 - 141218_lorde

** A foto do LCD Soundsystem no Lolla, a primeira deste post, é de Marcelo Brandt, do G1. Na sequência, o Franz Ferdinand em ação em São Paulo, do Fabrício Vianna/Popload. A do Radiohead, a terceira, tem crédito de César Tavares, do G1. A que fecha, da Lorde, é de Fabrício Vianna, da Popload, assim como a do Nick Cave, na home.

>>

Com um piano e um violão, Thom Yorke faz session de desgraçar a cabeça de qualquer um nos Estados Unidos

>>

041218_thomyorke2

Foi ao ar há pouco na cool KCRW, rádio indie situada na Califórnia, uma session doída de boa de Mr. Thom Yorke, que está nos Estados Unidos para uma extensa turnê que termina só daqui três semanas.

A performance solo de Thom foi gravada no famosos Electric Lady Studios, em Nova York, e foi focada especialmente nas canções da trilha sonora de “Suspiria”, o projeto mais recente em que o músico inglês se envolveu.

As quatro canções estão disponíveis em áudio, por cortesia da rádio. Foi liberado também e inicialmente um vídeo para “Open Again”. Tudo pode ser conferido a seguir.

>>

Atenção: confira um show recente e completo do Thom Yorke, no Brooklyn

>>

031218_thomyorke2

Você leu por aqui semana passada que Thom Yorke está no meio de uma extensa turnê solo pelos Estados Unidos. Acompanhado pelo seu braço direito Nigel Godrich, e pelo artista visual holandês Tarik Barri, o líder do Radiohead fará shows na América até perto do Natal.

Uma das primeiras apresentações do rolê rolou em um teatro no Brooklyn, semana passada, e graças à internet o show está ao nosso alcance, completinho.

Thom tem montado suas apresentações a partir de suas canções solo e de outros projetos. Radiohead ainda não pintou.

O show do Brooklyn, com quase duas horas de duração, pode ser conferido abaixo.

SETLIST
Interference – 1:10
A Brain in a Bottle – 6:30
Impossible Knots – 11:49
Black Swan – 16:25
I Am a Very Rude Person – 23:23
Pink Section – 28:35
Nose Grows Some – 30:05
Cymbal Rush – 36:01
The Clock – 43:40
Two Feet Off the Ground – 49:50
Amok – 54:31
Not the News – 59:00
Truth Ray – 1:03:10
Traffic – 1:09:40
Twist – 1:15:05

Encore:
The Axe 1:22:00
Atoms for Peace 1:28:11
Default 1:34:34

Encore 2:
Unmade – 1:41:12

>>