Em rhye:

Shhhhh! Veja como foi o Popload Gig com RHYE, em fotos e vídeos

>>

Shhhhh. Muita calma nessa hora.

Rhye @ Popload Gig #42

Aconteceu ontem a 42a edição do Popload Gig, com a banda RHYE, em São Paulo. Misterioso quando lançou seu primeiro single, anonimamente, o grupo foi relaxando aos poucos e uma de suas metades foi se revelando mais que a outra: a do talentoso cantor canadense Mike Milosh. A outra metade, composta pelo dinamarquês Robin Hannibal, entra em ação à distância, produzindo, compondo e gravando como Rhye, mas não excursionando com ele (o multi-instrumentista tem um problema sério no ouvido e evita longas turnês).

Ao vivo, Milosh dá corpo ao enigmático som do duo com mais cinco músicos, incluindo aí metais e cordas. Lindo de ver. A banda surpreendeu quem esperava uma apresentação mais eletrônica e menos orgânica, e conseguiu recriar muito bem as sutilezas do disco de estreia “Woman”. Mais lindo ainda é perceber o esforço mínimo que ele faz para atingir as notas quase impossíveis do álbum. Delicada, sensível, a “voz de Sade” do cantor soa perfeita como em estúdio.

Rhye @ Popload Gig #42

O clima das apresentações costuma ser intimista: velas, escuridão, silêncio total, concentração. O vocalista chegou a cancelar uma entrevista que daria no dia do show porque preferiu “ficar em silêncio” e poupar a voz. Justo.

No palco paulistano, faltaram as velas. Antes do show, avisou que não gostaria de flashes nem de luzes brancas na direção da banda. Durante o show, pediu ainda que desligassem as luzes verdes que compõem o cenário do Beco 203. Também faltou silêncio. A plateia, empolgada com a apresentação, tentava acompanhar com palmas e gritinhos de felicidade que visivelmente incomodavam a concentração de Milosh entre uma música e outra. E muitas conversas paralelas atrapalhavam até quem estava do lado do palco. Ele chegou a pedir silêncio vários vezes (acompanhado de um sonoro e longo e quase interminável coro de “shhhhhhhhhs”), sem sucesso. Quando finalmente conseguiu, achou que o barulho vinha do bar e pediu que o barman também ficasse quieto (!). Até que desistiu e saiu do palco antes da última música do show acabar, voltando para terminá-la apenas quando as vaias começaram.

Rhye @ Popload Gig #42

Uma pena ter acabado assim (alguém aí também teve flashbacks de Kings of Convenience?). Foi realmente um show lindo em vários aspectos. No fim, sem climão: após a apresentação, Milosh e público fizeram as pazes e ele acabou passando o resto da noite sentado no palco conversando com os fãs. <3 Abaixo, alguns momentos da noite em vídeo e em imagens do fotógrafo Oswaldo Corneti, que conseguiu o impossível no meio da escuridão (sem flash!).

Rhye @ Popload Gig #42

Rhye @ Popload Gig #42

Rhye @ Popload Gig #42

Rhye @ Popload Gig #42

O RHYE se apresenta HOJE no Rio de Janeiro! Falamos mais sobre esse show especial aqui.

Se o Popload Gig com o Rhye hoje em São Paulo vai ser classe? Dá uma olhada… E tenta ganhar um par de ingressos relâmpago

>>

instagram-256x256

A delicada banda americana-canadense-dinamarquesa RHYE é a penúltima (ufa!) atração do ano do conglomerado de shows, festival e chinfras noticiosas Popload, para quase acabar este 2015 glorioso. Em cima do palco, porque aqui na escrita, foto e vídeo a coisa não para.

Rhye não é um show “comum”, quem curte o duo sabe bem. Talvez seja a banda mais ambígua e misteriosa a que a música pop e seus tentáculos podem chegar. Esses atributos todos naturalmente botou o Rhye no sempre estiloso line-up do último Pitchfork Festival Paris, talvez o evento indie mais classudo do mundo depois do Popload Festival. Haha, tô zoando. Mesmo nível?

Enfim, o Rhye foi uma das atrações mais bonitas do Pitchfork de Paris e abaixo vai uma mostrazinha do que aconteceu na capital francesa e vai acontecer também hoje à noite no Baixo Augusta, dentro do Popload Gig no Beco.

** Informações gerais do show, sobre ingressos e tudo mais, você acha aqui.

*** Popload Gig é um evento patrocinado pela marca de cervejas Heineken. Se beber, não mande whatsapp polêmico.

**** Ah!. Quer concorrer até 16h30 a um par de ingressos? Vai lá no meu Instagram, no post do Rhye, e diga simplesmente que quer.

>>

Cinco motivos para você não perder o Popload Gig com RHYE, que acontece nesta quarta-feira

>>

instagram

Assim como a gente, você provavelmente também faz parte do grupo que quando ouviu RHYE pela primeira vez ficou encantado com a voz misteriosa de sua vocalista (99% das pessoas, aponta estudo nosso mesmo). Também se encaixam aí vários blogs, sites e críticos de jornais grandes como o britânico “The Guardian”, que publicaram resenhas incríveis elogiando a “cantora”.

Mesmo assim, o vocalista Mike Milosh afirma em entrevistas que nem havia reparado no seu vocal “feminino” até os textos começarem a sair. Além do músico Milosh, a dupla mezzo-canadense-mezzo-dinamarquesa é formada pelo talentoso multiinstrumentista Robin Hannibal. A identidade misteriosa, com single de estreia lançado anonimamente e tudo mais, foi por convicção mesmo: “Foquem na música, por favor”. E por mais que essa atmosfera sexy-cool tenha ajudado na divulgação do trabalho, o que importa mesmo aqui é o R&B delicioso do duo, que você vai poder ver de pertinho em São Paulo.

Na quarta-feira, 11/11, o RHYE toca na quadragésima segunda (!) edição do Popload Gig. A banda vem ao Brasil pela primeira vez e se apresenta no intimista Beco 203, na Rua Augusta. Se você ainda está na dúvida se vai ou não, deixamos aqui cinco motivos para NÃO PERDER DE JEITO NENHUM este show (que nem aconteceu e já consideramos um dos mais lindos do ano <3). E olha que um dos motivos nem é o fato de a Popload estar em estado de graça com seus últimos shows históricos... 😎

Rhye_Woman

1 – O Climão: um tanto misteriosa em estúdio, a formação em dupla ganha reforço extra nas apresentações ao vivo. Um supergrupo formado por músicos talentosos se junta a Mike Milosh, a voz da banda e um de seus fundadores, para dar vida às músicas e ao clima enigmático que é marca registrada do Rhye tanto no álbum quanto nos vídeos.

2 – Esta comparação perfeita: o jornal The Guardian definiu a banda como um encontro da Sade com o The xx. Ou ainda, “como se a Sade gravasse com o Hercules & Love Affair”. Precisa dizer mais alguma coisa? Concordam?

Rhye-Woman

3 – O disco: “Woman”: o álbum de estreia foi aclamado pela crítica e veio com “pop futurístico”, com elementos de R&B, do funk e do soul, somado a grooves sensuais. Não tem UMA música ruim. Sério.

4 – A voz de Mike Milosh: se nas gravações a voz de contralto e meio sussurrada já arrepia, ao vivo ela ganha ainda mais potência. E o melhor: sem o mínimo esforço. Parece que ele nasceu cantando e quem já foi a um show, sabe: é hipnotizante. Muita gente vai descobrir no próprio Beco e mesmo assim, só quando o show começar, que o dono desta garganta não é uma mulher. Vai por mim e acompanhe o susto.

5 – Este vídeo: abaixo, a banda ao vivo, abrindo uma session para a NPR Music com a maravilhosa “Open”. Em seguida, “Last Dance” e “Verse”. Dá pra sentir o mood (vulgo “climão, já citado acima) das apresentações e chegar a conclusão que: o Popload Gig é o lugar certo para se estar na quarta-feira, às 22h00. Estou errado?

*BONUS TRACK 1: há duas semanas, saiu uma nova música do Rhye que não é exatamente DO Rhye, mas é como se fosse. E quem disse isso foi o próprio Mike Milosh. “Don’t Pull Away” faz parte de um projeto do músico e produtor americano J.viewz. Além de Milosh, a faixa também recebeu uma mãozinha de Lo-Fang! Linda de morrer:

* BONUS TRACK 2: para ajudar no esquenta, uma playlist para você ir se preparando para o show:

Nos vemos lá? \o/


Compre seu ingresso clicando aqui

Popload Gig com RHYE

Quando? 11/11 (quarta-feira) às 22h00

Onde? Beco 2013 – Rua Augusta, 601

Mais informações em www.poploadgig.com.

Popload Gig é apresentado por Heineken. Aprecie com moderação.

Novembro: Popload Gig com o refinado duo RHYE

>>

191015_RHYE1

Na ressaca do incrível Popload Festival, temos um novo anúncio. Dia 11 de novembro rola a edição #42 do Popload Gig, com o enigmático e sofisticado duo RHYE. O evento, apresentado pela Heineken, será no Beco 203, em São Paulo.

Cercado de mistério, o RHYE surgiu causando confusão e burburinho na rede, com imagens cheias de ambiguidade, clipes incríveis e sofisticados, e sons embalados por uma voz sensual ao ponto de dar um nó na cabeça de quem ouvia, tanto que as primeiras notícias sobre a dupla falavam do talento das “cantoras”.

O RHYE, na verdade e com mistério desfeito, é a dupla do produtor e músico canadense com “voz de menina” Mike Milosh e o instrumentista dinamarquês Robin Hannibal. Os dois se conheceram após um remixar a música do outro e têm como base a inspiradora Los Angeles.

191015_RHYE2

Pop futurístico com um pé no R&B, passeando pelo funk e o soul de vanguarda, o RHYE fez o big jornal inglês The Guardian imaginar um cruzamento entre a Sade e o The xx para descrever o som refinado da dupla. Ou, como li em algum lugar, “Men of Mystery find a feminine sound”.

Ao vivo, o RHYE ganha um grande reforço de músicos talentosos e competentes, para dar um punch a mais no som da dupla. Eles vêm ao país para mostrar faixas do conceituado disco “Woman”.

O Popload Gig com o RHYE acontece dia 11 de novembro no Beco 203, em São Paulo. Os ingressos, já disponíveis, custam R$ 66 (meia) e R$ 132 (inteira) e podem ser adquiridos pela internet ou na Loja Japonique (Rua Girassol, 175 – Vila Madalena), com vendas em cartão e dinheiro de segunda a sexta, das 10h às 19h.

>>