Em rick rubin:

William Patrick Corgan, aquele cara do Smashing Pumpkins, avisa que vai lançar álbum solo

>>

220817_billycorgan2

Enquanto o Smashing Pumpkins não solta um disco novo, seu líder Billy Corgan está produzindo seu próprio material. O cantor e compositor anunciou para 13 de outubro o lançamento de seu novo álbum solo, “Ogilala”, com produção do bamba Rick Rubin.

Billy lançará o projeto utilizando seu nome completo, William Patrick Corgan, e liberou o primeiro single da obra, “Aeronaut”, balada com toda base feita em piano. No total, serão 11 faixas inéditas.

Junto com o álbum, que ele disse ter composto para voz e guitarra e, em seguida, jogado na mão de Rubin para ele “fazer o que quisesse”, Corgan vai cair na estrada na mesma semana do lançamento, iniciando a turnê com dois shows no Brooklyn.

Ogilala – Tracklist
01 Zowie
02 Processional
03 The Spaniards
04 Aeronaut
05 The Long Goodbye
06 Half-Life of an Autodidact
07 Amarinthe
08 Antietam
09 Mandaryne
10 Shiloh
11 Archer

>>

O mundo indie morreu um pouquinho, mas passa bem: The Strokes desmente gravação com Rick Rubin

>>

190615_STROKES2

Na última semana, o mundo indie ficou algo em chamas com o boato sobre um suposto novo disco dos Strokes. O rumor começou com Albert Hammond, pai do guitarrista Albert Hammond Jr., que deu uma entrevista ao jornal “The West Australian” dizendo que a banda estava em estúdio com o renomado produtor Rick Rubin, e que o filho estava “muito feliz”.

Bastou a declaração ser publicada para os fãs mundo afora entrarem em êxtase. Afinal, a banda norte-americana não solta um disco cheio desde 2013, quando lançou “Comedown Machine”.

310717_rickrubin

No entanto, o próprio guitarrista teve que aparecer na internet para corrigir a cagada informação dada pelo pai e disse, primeiro, que os Strokes não estão em estúdio. Hammond Jr. falou ainda que seu pai ficou “animado de forma prematura” e relatou que o plano de álbum em parceria com Rick Rubin “demoraria anos”, mesmo com as duas partes tendo realmente se encontrado para trocarem figurinhas.

Quem endossou a informação do guitarrista foi seu parceiro de banda, Julian Casablancas, que aproveitou para informar que em breve vai lançar uma nova música com seu projeto, The Voidz.

Julian ainda brincou ao dizer que a “informação” lançada pelo pai de Albert Hammond Jr. era sobre uma parceria com o jogador Rick Rubio para o time de basquete deles.


** Ou seja…

>>

Eminem fake, Eminem gênio, Eminem com a Rihanna. Só deu ele…

>>

041113_eminem

Os últimos dias foram bem loucos para o rapper treta Eminem. Ele, que lança oficialmente amanhã seu novo esforço sonoro, “The Marshall Mathers LP 2”, botou a cara na mídia no sábado e domingo e as reações foram tipo uma montanha russa. Do inferno ao céu, mais fácil dizer.

No sábado, o rapper fez sua sexta aparição na carreira no bombado e tradicional Saturday Night Live. Por lá, mostrou duas canções novas, as roqueiras “Berzerk” e Call of Duty. Mas um fato chamou a atenção: ficou a impressão, entre muita gente, que Eminem dublou (e mal) as duas canções, especialmente “Berzek”. A sincronia de lábios em cima das batidas que tinham até o grande produtor Rick Rubin como DJ não foi das mais legais. A apresentação foi bem criticada nas redes sociais. Veja abaixo e tire suas próprias conclusões.

* Já na noite de ontem, talvez numa tentativa de se esquivar (?) da polêmica, Eminem mandou super ao vivo (pa-re-ce) a faixa “Rap God”, que inclui um trecho em que o rapper fala 100 palavras em 15 segundos. A apresentação foi no YouTube Music Awards. Mole?

* Enquanto isso, começou a tocar outra faixa desse “TMMLP2”, candidata a virar praga radiofônica. Trata-se de “The Monster”, som que conta com participação da polêmica cantora pop Rihanna.

041113_eminem2

>>

Barulhinho bom: The Avett Brothers libera audição do disco novo

>>

A banda de indie folk Avett Brothers, que vem da Carolina do Norte, prepara o lançamento de “Magpie and the Dandelion”, novo álbum do grupo liderado pelos irmãos Scott e Seth Avett.

Produzido pelo bamba Rick Rubin, “Magpie and the Dandelion ” chega ao mercado na semana que vem, dia 15/10. O disco, oitavo da carreira deles, sucede o bom “The Carpenter”, que saiu há pouco mais de um ano.

Ao todo, o disco tem 11 faixas, entre elas o bom single “Another Is Waiting”. A rede de rádios americana NPR liberou hoje a audição do álbum na íntegra.

“Magpie and the Dandelion”, o tracklist.
01. Open Ended Life
02. Morning Song
03. Never Been Alive
04. Another Is Waiting
05. Bring Your Love To Me
06. Good To You
07. Apart From Me
08. Skin and Bones
09. Souls Like the Wheels
10. Vanity
11. The Clearness Is Gone

Kanye West tem certeza que é Deus, mas não evita o vazamento do disco novo. Ouça cinco faixas de “Yeezus”

>>

* Oh God! Haha

A nova viagem sonora do complicado rapper Kanye West vai ser lançada na próxima segunda-feira, dia 17 de junho. Mas, bingo, já está entre nós. Toma essa, Yeezus.

O álbum, que foi produzido pelo renomado Rick Rubin, expoente principalmente na produção de discos de rock, tem diversas participações. Tem o Justin Vernon, do Bon Iver, Frack Ocean, Kid Cudi, Daft Punk e… Deus.

Bem isso. Na aguardada faixa 3 do disco, West diz que é “Deus”. Como se não bastasse, no tracklitst oficial aparece “I Am A God (featuring God)”. Sério. O Daft Punk, segundo as prévias, participa da faixa 2, “Black Skinhead”. Mas na lista de músicas vazada, o duo francês não aparece nos créditos. Daí surge a dúvida: será que o “featuring God” é o…

Kanye West, em recente entrevista para o New York Times, disse que o disco é uma espécie de busca pelo hip hop de vanguarda, com pitadas de rock e eletrônica dos anos 80/90, mas que a influência profunda é o “house de Chicago”. Para isso, ele queria um produtor conceituado. “Ainda sou um puto aprendendo sobre minimalismo e Rick Rubin é o mestre. É uma grande bênção ter a oportunidade de trabalhar com ele. Quero dizer que depois de trabalhar com o Rick, percebi porque ainda não ganhei Álbum do Ano, mesmo tendo produzido “Watch the Throne” e “Dark Fantasy”, contou.

A Popload separou 5 faixas de “Yeezus”, esse novo filho divino do Kanye West. “Black Skinhead”, a suposta faixa com participação do Daft Punk, vem separada. No outro arquivo, uma compilação com as faixas “Oh Sight”, “I Am A God”, “Hold My Liquor” (com participação do Justin Vernon) e “Guilt Trip”, que tem como special guest o Kid Cudi.

* A capa do disco é bem… minimalista.

* “Yeezus”, tracklist
01. On Sight
02. Black Skinhead
03. I Am A God (Featuring God)
04. New Slaves (Featuring Frank Ocean)
05. Hold My Liquor (Featuring Chief Keef & Justin Vernon)
06. I’m In It
07. Blood On The Leaves
08. Guilt Trip (Featuring Kid Cudi)
09. Send It Up (Featuring King L)
10. Bound 2 (Featuring Charlie Wilson)