Em rico dalasam:

Cantora-artista-musa Kilo Kish vem ao Brasil nesta semana para show gratuito no Music Video Festival

>>

* Não coube no título, mas pode acrescentar: estilista, compositora e pintora. A descoladíssima garota nova-iorquina multicoisas Kilo Kish vem a São Pulo neste final de semana para participar da quinta edição do Music Video Festival, que acontece sábado e domingo, 29 e 30 de julho, no MIS – Museu da Imagem e do Som em São Paulo.

kilo

Kilo Kish, que se apresenta aqui no sábado, lançou seu primeiro álbum no ano passado, o elogiado e moderno “Reflections in Real Time”, em que críticos americanos a colocaram num certo neo-R&B com tendência introspectiva tipo FKA Twigs às vezes esticado ao synth-pop do Shamir. Ou em algum lugar entre o hip hop e o “spoken word”.

Musa de Chet Faker e Childish Gambino, Kilo Kish participa do último disco da banda-cartoon Gorillaz, na faixa “Out of Body” e andou aparecendo como convidada em shows recentes do “outro grupo” de Damon Albarn.

Há apenas pouco mais de uma semana, foi uma das atrações do Pitchfork Festival, em Chicago. Confira um pouco abaixo:

* De novo, o show de Kilo Kish no MIS é gratuito. Convites precisarão ser retirados. Mais informações do show e de toda essa quinta edição do Music Video Festival você encontra aqui.

** O m-v-f, além de Kilo Kish, terá uma palestra do diretor espanhol AG Rojas, que já esteve no festival paulistano em 2013, ganhou um dos prêmios e vai falar sobre sua obra, que inclui direção de vídeo dos White Stripes (“Sixteen Saltines”) e trabalhos para Leonard Cohen, Spiritualized, Run the Jewels, entre outros. Rojas também colaborou recentemente com Kamasi Washington para uma instalação que compôs a Bienal do Whitney Museum, de NY.

A parte brasileira do festival será intensa: terá shows da “misteriosa” A Band Called Love e do Marrakesh, entre outros. Da lista dos “talks”, Kafé, Iza, Rico Dalasam, Black Alien e Marcelo D2 falam no m-v-f. Vários deles aproveitam para lançar vídeos novos no festival.

Será possível ainda possível ver, através de equipamentos de realidade virtual, os vídeos “Family” (Björk), “Apex” (Arjan Van Meerten), “Reminder” (Moderat), “Saturnz Barz” (Gorillaz), “Old Friend” (Future Islands) e “Chocolate” (Giraffe).

>>

CENA – Shows de Jaloo e Rico Dalasam abrem nova casa de SP

>>

cena

O cantor, produtor e DJ de electrobrega paraense Jaloo faz as honras de inauguração da VIC, uma nova casa de shows de São Paulo, que vai abrir no Centro de São Paulo agora em novembro. Com capacidade para 1000 pessoas, o VIC surge no calor da movimentação independente nacional para servir de palco inclusive para apresentações internacionais, abrigando um público da capacidade entre o Z Carniceria (400 pessoas) e o Cine Joia (1200).

Outra casa a inaugurar na CENA em um espaço de um ano (tem o Breve e o próprio Z nesta lista), o VIC vai funcionar na rua Marques de Itu, 284, em um espaço antes ocupado por um pub chamado Gillan’s Inn e as boates gays Meow Disco Club e UltraDiesel.

A noite de abertura acontece para convidados no dia 21 de novembro, uma segunda-feira, com shows de Jaloo, do rapper Rico Dalasam e de MC Linn da Quebrada

Depois, na quinta, 24, tem a primeira apresentação aberta ao público, com o veterano cantor da vanguarda paulistana Arrigo Barnabé, com repertório de Lupicínio Rodrigues. No dia seguinte, sexta 25, a banda eletrorock paulistana INKY (foto abaixo) e a rapper Tássia Reis mostram shows de seus recém-lançados discos.

inky

>>