Em rivers cuomo:

Weezer mostra como evitar chamadas de Zoom em novo vídeo, o bonzão “Grapes of Wrath”

>>

Captura de Tela 2021-04-15 às 11.58.41 AM

* Algumas ideias para escapar de chamadas de zoom chatas podem ser tiradas do novo vídeo da banda Weezer, “Grapes of Wrath”, que acaba de ser lançado. O single é a terceira música do álbum “OK Human”, lançado em janeiro deste ano. “Grapes of Wrath” também é nome de um importante e premiado livro de ficção americano, escrito por John Steinbeck, que faz 82 anos de sua publicação exatamente hoje. Muito lido nas escolas dos EUA, o livro tem sua narrativa focada em uma família de fazendeiros de Oklahoma durante a Grande Depressão, nos anos 30.

Sem nenhum paralelo visível entre a música do Weezer e o livro além do nome, pelo menos para mim, “Grapes of Wrath”, no caso da música, traz no vídeo mais uma das reuniões semanas da banda (Patrick Wilson, Brian Bell e Scott Shriner estão no call) por Zoom. Rivers Cuomo e amigos dão um jeito de escapar dela.

O Weezer vai lançar mais um disco, “Van Weezer”, agora no comecinho de maio, dia 7. É o 15º do grupo da Califórnia, que nunca deixa sua peteca cair. Antes disso, mais precisamente amanhã e sábado, a banda vai fazer uma transmissão na internet de um show direto da sala de concertos do Walt Disney, em Los Angeles. Cuomo e amigos estarão acompanhados da Los Angeles Philharmonic Orchestra e também da Youth Orchestra Los Angeles.

O ticket sai por US$ 20 e pode ser comprado aqui. Rcomendado para brasileiro é comprar o ingresso no horário americano da Califórnia, o primeiro, para o dia 16. O show começaria 22h no horário de Brasília.

Vamos à chamada por Zoom do Weezer?

>>

Weezer manda quatro clássicos em session ao vivo para rádio inglesa

>>

* No dia 16 e 17 de abril (já explico) agora a banda californiana Weezer vai fazer uma transmissão de live da absurda sala de concertos do Walt Disney em Los Angeles. A banda de Rivers Cuomo vai ser acompanhada da Los Angeles Philharmonic Orchestra e também da Youth Orchestra Los Angeles, para você sentir a dimensão da coisa.

Na performance estarão músicas do novo álbum, “OK Human”, lançado no final de janeiro, misturadas aos clássicos indies da banda. O livestreaming vai cumprir aquele padrão de três horários diferentes para acomodar a agenda de fãs do mundo todo, geopoliticamente falando.

O ticket é pago, custa 20 doletas e pode ser comprado aqui. Rcomendado para brasileiro é comprar o ingresso no horário americano da Califórnia, o primeiro, para o dia 16. O show começaria 22h no horário de Brasília.

Falando em clássicos, e para aquecer o rolê do dia 16, o Weezer mandou quatro músicas gravadas ao vivo para a rádio inglesa Absolute Radio, que tem online e no dial. E só pedradas, no nível “Say It Ain’t So”, “Undone – The Sweater Song”, “Beverly Hills” e “Island in the Sun”.

Tudo aqui embaixo:

>>

Com time de estrelas que vai de Jamie xx ao Perry Farrell, The Avalanches anuncia novo álbum absurdo com 25 faixas

>>

theavalanches_122421950_825487914879090_4263369048439376240_n

O incrível coletivo australiano The Avalanches, velho de guerra numa certa “alta-cultura musical”, vai lançar no mês que vem um novo disco recheado de participações especialíssimas, naquele que desponta como o projeto mais eclético da carreira dos caras, que são marcados especialmente pela eletrônica de vanguarda.

“We Will Always Love You” terá nada menos que 25 canções e reunirá, talvez, o maior time de estrelas em um disco indie em todos os tempos.

theavalanches_123357894_840170886730348_3793806242873652967_n

Estão no projeto estrelas como Mick Jones (The Clash), Johnny Marr (The Smiths), Karen O (Yeah Yeah Yeahs), Perry Farrell (Mr. Lollapalooza / Jane’s Addiction), Rivers Cuomo (Weezer), Leon Bridges, MGMT, Kurt Vile, Jamie xx, Blood Orange… E nem citamos todo mundo.

Junto com o anúncio, o Avalanches soltou um teaser de um minuto ao som de “Always Black”, canção que tem a participação de Pink Siifu. Este será o primeiro disco dos australianos em quatro anos e estará nas lojas dia 11 de dezembro.

TRACKLIST
01. Ghost Story (feat. Orono)
02. Song For Barbara Payton
03. We Will Always Love You (feat. Blood Orange)
04. The Divine Chord (feat. MGMT & Johnny Marr)
05. Solitary Ceremonies
06. Interstellar Love (feat. Leon Bridges)
07. Ghost Story Pt. 2 (feat. Orono & Leon Bridges)
08. Reflecting Light (feat. Sananda Maitreya & Vashti Bunyan)
09. Carrier Waves
10. Oh The Sunn! (feat. Perry Farrell)
11. We Go On (feat. Cola Boyy & Mick Jones)
12. Star Song.IMG
13. Until Daylight Comes (feat. Tricky)
14. Wherever You Go (feat. Jamie xx, Neneh Cherry & CLYPSO)
15. Music Makes Me High
16. Pink Champagne
17. Take Care In Your Dreaming (feat. Denzel Curry, Tricky & Sampa The Great)
18. Overcome
19. Gold Sky (feat. Kurt Vile)
20. Always Black (feat. Pink Siifu)
21. Dial D For Devotion (feat. Karen O)
22. Running Red Lights (feat. Rivers Cuomo & Pink Siifu)
23. Born To Lose
24. Music Is The Light (feat. Cornelius & Kelly Moran)
25. Weightless

>>

Ao piano e de regata, Rivers Cuomo faz cover de “Heart-Shaped Box”, do Nirvana

>>

120520_weezer2

Mais um dia normal no novo mundo das lives. Não sei se vocês já repararam, mas aos poucos estamos nos acostumando a ver artistas fazendo covers de outras bandas, de canções que a gente não imaginava.

Tipo o Rivers Cuomo, do Weezer, que botou uma regatinha, sentou ao piano e mandou uma cover de “Heart-Shaped Box”, do Nirvana. Ele atendeu a pedidos de fãs durante uma live.

O resultado está aí:

>>

Voltando ao ano de 1985, Weezer recria ambiente oitentista em vídeo para a cover de “Take On Me”, do A-ha

>>

130219_weezer2

Em ritmo de divulgação de seu novo disco de covers, o Weezer soltou um vídeo cool para “Take On Me”, a releitura do super hit oitentista do A-ha.

A banda norte-americana se inspirou e recriou o livro de ilustrações animadas, que norteiam o vídeo original, e enquanto Calpurnia, com o ator Finn Wolfhard (Stranger Things) encarnando Rivers Cuomo, que recebe seus amigos para um ensaio em casa lá em 1985, fez a performance da canção.

O Weezer está atualmente no meio de uma turnê com os Pixies pela América do Norte. Puxado por “Africa”, do Toto, que fez bastante sucesso ano passado, o “The Teal Album” conta também com versões para “Billie Jean”, de Michael Jackson, “Everybody Wants To Rule The World”, do Tears For Fears, e ainda “Paranoid”, do Black Sabbath.

Dia 1º de março, a trupe de Rivers solta o disco de inéditas “The Black Album”.

>>