Em Rock in Rio:

Dua Lipa faz show no Brasil no ano que vem, confirmada pelo Rock in Rio

>>

* O festival carioca anunciou hoje no “Jornal Nacional” que a cantora inglesa Dua Lipa está em sua escalação de 2022, que acontece exatamente daqui um ano. A musa pop de Londres, 26 anos, participa daquelas noites-salada se apresentando no palco principal com a brasileira Ivete Sangalo, no dia 11 de setembro.

É a segunda vez que Dua Lipa vem ao país. A primeira, foi em 2017, época de seu álbum de estreia, homônimo, para abrir o show do Coldplay no Allianz Park, em São Paulo. Neste período, Dua Lipa fez um show solo no Audio Club, na Barra Funda. Chris Martin apareceu para dar uma canja em uma música.

A cantora tinha uma turnê solo planejada mas não anunciada em 2020, mas a pandemia bloqueou os planos. Agora ela vem para festival, com provável show solo em SP.

Dua Lipa vem beeeeem maior para o Brasil desta vez, obviamente. Ela lançou com muito barulho seu segundo álbum, o bem bom “Future Nostalgia”, cheio de influências disco e dance-pop, em março do ano passado, já com a covid-19 apavorando o planeta, em seu estágio inicial.

“Future Nostalgia”, que rendeu um estrelado álbum de remixes, foi o disco feminino com maior número de streamings no Spotify em 2020, no mundo. E o quinto no quesito geral.

O Rock in Rio acontece em dois finais de semana seguidos: dias 2, 3, 4 e depois 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022.

dua lipa

>>

POPCAST – As 1001 histórias do Rock in Rio de 2001 – 20 anos. A melhor edição da história?

>>

* 2001 já ia ser um ano por si só espetacular, com a chacoalhada de garagem que bandas como Strokes e White Stripes ia dar na cena musical do planeta. Mas naquele ano, antes da explosão, no final de janeiro, teve a terceira edição do Rock in Rio 2001.

Muita gente, talvez como a gente, considera essa a melhor edição de um festival por tudo o que ocorreu nele. Em cima do palco e fora dele.

popcast

E, na edição do Popcast, o podcast da Popload, eu, @lucioribeiro, e minha parceira Isadora Almeida (@almeidadora) lembramos as aaaaaaltas histórias do acidental e acidentado festival carioca neste ano em particular. O RiR 2001 comemorou 20 anos agora em janeiro.

Sem querer dar muito spoiler, ajudou o fato de eu estar imerso no festival e fora dele naquelas duas semanas de janeiro, trabalhando na cobertura do evento pela Folha de S.Paulo.

Causos de Oasis, Neil Young, Silvinho Blau Blau, Queens of the Stone Age, Britney Spears, Carlinhos Brown, Cássia Eller, REM, Chili Peppers (e não Head Rót) foram destaque no Popcast, que ainda teve o famoso pódio das principais músicas da semana, minhas e da Isa, fora o pitaco sobre a CENA nacional.

E fora, claro, a playlist que este podcast gera.

***

* O Popcast desta semana foi uma homenagem à grande Sophie. R.i.p.
** A foto que ilustra a chamada para este post na home da Popload é de Nick Oliveri, o baixista da banda Queens of the Stone Age, que tocou pelado no Rock in Rio 2001. E foi preso ainda no palco. E alegou, na delegacia: “Mas no Carnaval, aqui no Rio, todo mundo não fica pelado?”.

>>

Rock fora do Rio: Iron Maiden e Bon Jovi confirmam shows pelo Brasil. O Goo Goo Dolls vai pegar carona com o Jon

>>

130519_iron2

Duas das atrações principais do Rock in Rio deste ano, o Iron Maiden e o Bon Jovi anunciaram shows em outras capitais do país na época da realização do festival carioca.

O Iron Maiden marcou duas apresentações, dia 6 de outubro em São Paulo, no estádio do Morumbi, e dia 9 de outubro em Porto Alegre, na Arena do Grêmio.

Já Bon Jovi abriu seu leque de shows para outras três cidades. Dia 22 de setembro, Jon e sua turma tocam em Recife, no Estádio do Arruda. O grupo norte-americano também vai passar por São Paulo, dia 25 de setembro, no Allianz Parque, e ainda dia 27 do mesmo mês em Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski.

A novidade dos shows do Bon Jovi fica por conta do Goo Goo Dolls como atração de abertura. Anos 90 total.

070716_bonjovi2

>>

Rock in Rio busca Cardi B para a noite do Drake, a de abertura do festival

>>

* Já se ensaiando como o dia mais bombator do próximo Rock in Rio, o de abertura, dia 27 de setembro, o maior festival do mundo (com todas as implicações disso) corre atrás para fechar a “nova” musa do hip hop, a já premiadaça Cardi B, foguete atual da música americana. A chance de vingar é gigante.

Cardi B deve chegar em setembro mais explosiva do que já está hoje. Resumindo bem, ela lançou seu álbum de estreia, “Invasion of Privacy” no ano passado, depois, veja bem, depois de ter passado como um furacão no Coachella e receber uma honrosa vaga na importante lista das 100 mais influentes pessoas do mundo, na revista “Time”.

cardi

Neste ano, ela já assombrou em duas vertentes. Primeiro, teve a pachorra de recusar a participar do bilionário intervalo do Super Bowl por causa nobre (sabe da história?). Outra: ganhou um Grammy como melhor álbum de rap, se tornando a primeira rapper mulher a levar este prêmio. Pensa no tempo de carreira de Cardi B e no recorte masculino do hip hop americano para imaginar esses seus feitos.

Drake vai se apresentar, além do Rock in Rio, em São Paulo, provavelmente no Allianz Parque. Em confirmaaaaaaaaando a Cardi B neste rolê paulistano, olha que alegria isso vai ser.

Vem, B.

>>

A Popload avisou, o Rock in Rio confirmou: Muse vai fechar o festival em 2019

>>

muse7

A Popload avisou lá no início de agosto e o Rock In Rio confirmou a presença do trio britânico Muse como atração principal do dia 6 de outubro, o último do festival que será realizado no ano que vem.

O Muse tocou no Rock in Rio de 2013 e terá como companhias em seu mesmo dia, ano que vem, nomes como Imagine Dragos e Nickelback. Outras atrações confirmadas no festival são Iron Maiden, Scorpions, Megadeth e Sepultura.

O grupo liderado por Matt Bellamy se prepara para lançar seu novo disco, “Simulation Theory”, dia 9 de novembro, e vai aproveitar sua vinda ao Brasil em 2019 para fazer um show em São Paulo também.

>>