Em Rock in Rio:

Oi, Rock in Rio 2019! Banda inglesa Muse vem ao Brasil para o festival

>>

* E agora, fãs do Muse? Gostamos ou não desta notícia?

Captura de Tela 2018-08-03 às 5.06.26 PM

A Popload foi informada de que o grupo britânico Muse será um dos “big names” da edição 2019 do festival carioca, recentemente comprado por uma empresa americana e que tem uma edição em Lisboa também chamada Rock in Rio. Tudo certo até aqui?

O Rock in Rio 2019, o brasileiro, ainda não divulgou suas datas mas sempre acontece no segundo semestre, em setembro, para não provocar crash com o Lollapalooza Brasil, que flutua entre março/abril em São Paulo.

O RiR do ano que vem, que “pulou” 2018 sem acontecer, tem assim na banda de Matt Bellamy, seu primeiro nome “revelado”, em notícia com mais de ano de antecedência, portanto.

Velho conhecido destes lados, o Muse acabou de se apresentar (acabou = junho) no Rock in Rio Lisboa, embora esteja passando um 2018 “tranquilo”, rumo ao oitavo álbum, que ainda não tem data de lançamento divulgada ainda, mas parece sair mesmo neste ano. Tirando algumas outras aparições em festivais de verão, a banda uma vez indie, algo progr., operística de vez em quando, cada vez mais pop só se apresentou solo em um show especial no clube La Cigale, de Paris, que teve o setlist construído por fãs, em voto online.

Há poucos dias o Muse revelou um novo single bem na linha love-it-or-hate-it chamado “Something Human”, que dividiu as opiniões dos fãs e chegou a ser, bem…, acusado “por aí” de parecer Chainsmokers (cóf.) A música provocou praticamente uma guerra entre adoradores, nas redes sociais, tanto no Twitter quanto “naquela outra”.

“Something Human”, uma espécie de “Tranquility Base Hotel & Casino” do Arctic Monkeys, na linha causadora de polêmica entre os próprios fãs, é o terceiro single que o Muse solta desde o ano passado. Mas certo mesmo só este último entrará no disco novo, pelo que deram a entender.

Enfim. Prepare-se para amar ou odiar “Something Human” no Brasil no ano que vem.

** A foto de Matt Bellamy da home da Popload é da Getty.

>>

Perrengue indie, The Kills toca em SP depois de se superar no e superar o Rock in Rio

>>

Captura de Tela 2017-09-23 às 5.53.30 PM

* Banda de abertura sofre. Hoje o maravilhoso duo The Kills toca com um baterista (trio, portanto) no lindo Allianz Parque, na categoria de atração de esquenta para o mega Bon Jovi. Alison e Jamie vão se apresentar no palcão gigante em espaço diminuto, som mais baixo, mas, se depender da entrega do grupo, como o visto quinta passada no Rock in Rio, deve ser showzão de novo.

O Kills não é fácil. Embora com um público estático, indiferente, tirando uma meia dúzia animada, transformou o palco sunset, de encontros musicais nem sempre bem-sucedidos, em uma garagem momentânea.

Sou beeeeem suspeito para falar, mas por incrível que pareça, no megafestival de figurões estratosféricos, a graça musical está nos palcos-garagens. Com honrosas exceções.

Captura de Tela 2017-09-23 às 5.53.13 PM

Mas enfim. Se teve alguma “representação Popload” neste Rock in Rio, essa foi o Kills, do qual sacamos dois vídeos abaixo.

Acho que, hoje à noite, em São Paulo, não deve ter nada melhor para se fazer do que ver Alisson Mosshart e Jamie Hince em ação, apesar de tudo contra.

Se você me permite, não custa lembrar que uma das duas vezes que a banda apareceu no Brasil foi pelas mãos do Popload Gig, em 2011, num show no Baixo Augusta. Antes, havia se apresentado no Campari Rock em 2005. Aí sim, em ambos os casos, tudo a favor.

* Fotos desta página e da home são de Fabio Tito, de “O Globo”.

>>

Popload Radio transmite ao vivo “shows de garagem” do Rock in Rio

>>

* A partir das 17h, com entradas esporádicas até o fim da noite, com música ao vivo e entrevistas, a Popload Radio vai transmitir, hoje e durante cada um dos sete dias do megafestival Rock in Rio, um show direto do stand da marca de tortillas Doritos. A parceria da Popload Radio com Doritos é uma das atrações do stand da marca no festival carioca, que ainda receberá convidados em uma área privativa.

O Doritos Garage Rock in Rio, a área especial da marca no principal festival brasileiro, vai ter a reprodução de uma garagem, esta aberta ao público, com uma apresentação diária de um dos grupos que venceram um concurso de bandas via Facebook, onde mais de 1200 participaram. Sete dias de festival, uma banda tocando nos intervalos de shows do Palco Mundo por dia. Com convidados especiais.

Os pequenos shows desta sexta de Rock in Rio, o primeiro dia do evento, ficarão a cargo da banda paulistana Moxine, que receberá em algum momento, em sua apresentação, como convidado especial, o conhecidíssimo Lucas Silveira, da Fresno.

A Popload Radio não só interrompe sua programação normal na hora em que o Moxine estiver tocando com e sem o Lucas como vai dar espaço a rápidas entrevistas com os personagens do palco especial do Doritos Garage.

Amanhã, sábado, é a vez da banda Deb and the Mentals fazer seu show no Rock in Rio, recebendo em um certo momento, como convidado, o (ex)punk Marcelo Nova, que um dia liderou o Camisa de Vênus, o “Clash brasileiro”. Dá para imaginar quais músicas especiais eles cantarão amanhã.

No domingo, o Projeto Rivera se apresenta, contando, numa das brechas de seu show enquanto o Palco Mundo é ajeitado para alguma das big atrações, com uma participação de Digão, guitarrista do grande Raimundos.

doritos

*** A Popload Radio, nova empreitada realizatória da Popload, entrou no ar há alguns dias, em fase beta, cheia de ajustes por fazer no período. É uma rádio 24 horas de música por dia, 7 dias por semana. E com a ideia de ser cheia de programas autorais, diferentes, cool.

**** Aguarde novidades da Popload Radio em breve.

Como ouvir

1. A Popload Radio está disponível para audição no site da Popload, com um player no alto, na homepage. Uma página especial para a rádio, com player, e dentro da Popload, está sendo montada.

Captura de Tela 2017-08-28 às 7.03.49 PM

***

2. Pode ser acessada também no Facebook da Popload/Popload Gig, no item “Popload Radio”, na barra à esquerda.

Captura de Tela 2017-08-28 às 7.05.31 PM

***

3. EM BREVE – Num futuro muito próximo, dois apps da Popload Radio irão ser lançados, um para iPhone e outro para aparelhos Android, com acesso direto à rádio.

Captura de Tela 2017-08-28 às 7.25.02 PM

***

4. Tune-In – A plataforma americana de streaming ao vivo, que tem 60 milhões de ouvintes por mês e é baseada em San Francisco, na Califórnia, também vai carregar a Popload Radio em breve. Anunciaremos aqui.

>>

Até que enfim o Rock in Rio acertou na escalação, parte II: THE KILLS toca no festival

>>

070616_thekills2

Agora a coisa ficou séria. Agora o Rock In Rio mexeu com a gente, entrou em terreno indie e bagunçou tudo.

O visceral The Kills, duo de garage rock que a Popload tanto ama e que considera essencial para as nossas vidas (sim!), acaba de anunciar a sua participação no gigante festival carioca, tocando no dia 21 de setembro, quinta-feira.

thekills

Alison Mosshart e Jamie Hince estão comemorando quinze anos de seu primeiro show e ainda estão em turnê do discão “Ash & Ice”, lançado no ano passado. Depois de rolê extenso por festivais na Europa, caíram na estrada nos Estados Unidos e Canadá e então, retomaram os shows no Reino Unido. Em junho, bem no meio da turnê (solo) europeia, vão fazer dois shows, um deles sold out em poucas horas, abrindo para o Guns n’ Roses em Londres! Coincidência? Hummm…

Lembrando que na arte oficial do Rock in Rio, o show do The Kills promete um “convidado“. Também lembrando que, tratando-se de Rock In Rio, este convidado pode ser de Axl Rose a Dinho Ouro Preto (passando pelo Andreas Kisser).

Abaixo, The Kills em ação no vídeo em 360 graus para o single “Whirling Eye”:

>>

Até que enfim o Rock in Rio acertou na escalação. A Black Madonna toca no festival

>>

black

* Brincadeira, naturalmente. Mas entre Maroons 5s e Deffs Leppards o überfestival do Rio de Janeiro, que tem rock no nome, soltou agora o digníssimo line-up eletrônico. As duas principais atrações fazem história, cada um no seu nível e cada um a seu tempo.

A incrível DJ e produtora bombator de Chicago, Black Madonna, bola da vez há algum tempinho de tendas eletrônicas de bons festivais pelo mundo, vem ao Brasil em uma primeira oportunidade de bagunçar a pista do RiR com house divertida, para cima, “uplifting” como dizem lá fora, aliada a sua excelente escolha de repertório. Ela foi eleita pela revista “Mixmag” como a melhor DJ do mundo em 2016, no ano passado.

Outro nome obrigatório (e histórico) da lista é o do veterano DJ-lenda Grandmaster Flash, pioneiro do hip hop americano, personagem onipresente em qualquer dessas séries de hip hop recentes pela importância, criador do “scratch”, inventor do “rap” propriamente dito e outras coisas mais. Absurdo.

Entre outros nomes a serem destacados na electrolista, agora olhando para o lado nacional, o Rock in Rio acerta a chamar bombadas festas de São Paulo para o festival, como os sempre ótimos duo Selvagem, o Tessuto e os caras da Gop Tun. Os phynos do Fatnotronic estão escalados. O L_cio também. E, cereja do bolo, vai ter um back to back do Marky com o Mau Mau. Tem até o popularérrimo Vintage Culture, brasileiro de 23 anos cujo público para vê-lo no último Lollapalooza deu um certo medo, pelo tamanho. Com uma carreira de pouco mais de três anos, o cara já foi mais convidado para viajar o mundoo planeta do que as blogueiras de moda.

Não tivesse o resto, para todos os gostos e tamanhos, o Rock in Rio já valeria pela balada.

Captura de Tela 2017-04-05 às 10.36.41 AM

>>