Em roger waters:

Banda com o melhor nome, Lucius anuncia disco acústico que tem até o Roger Waters e cover de Tame Impala

>>

* Sem clubismo.

190218_lucius2

Lindo duo indie-pop formado no Brooklyn e hoje baseado em Los Angeles, o Lucius, que além do belo nome tem as meninas Jess Wolfe e Holly Laessig nos vocais, ainda que a banda conte também com o produtor/baterista Dan Molad, e o guitarrista Peter Lalish, anunciou para 2 de março o lançamento de um novo disco.

“Nudes” terá 10 faixas e será todo acústico. O projeto será formado por três músicas inéditas, quatro “antigas” do próprio Lucius e ainda três covers. Uma destas covers acabamos de conhecer: trata-se de “Eventually”, linda música do Tame Impala.

Em comunicado para a imprensa, o grupo informou que o intuito do projeto é mostrar a potência das vozes e a linda harmonia de Jess e Holly. Quem faz participação de luxo no álbum é Roger Waters, em outra cover, “Goodnight, Irene”. Nels Cline, do Wilco, também colaborou em “Million Dollar Secret”.

A cover do Tame Impala pode ser ouvida abaixo.

>>

Roger Waters reaparece na TV para mostrar seu novo e lindo single, “Déjà Vu”

>>

090517_rogerwaters2

Chega ao mercado no dia 2 d junho “Is This The Life We Really Want?”, primeiro álbum de estúdio do astro inglês Roger Waters em nada menos que 25 anos.

Puxado pelos singles “Smell the Roses” e “Déjà Vu”, o disco teve sua primeira ação promocional feita por Waters na noite de ontem, no programa de Stephen Colbert, marcando a volta do músico à TV americana após mais de cinco anos.

O ex-Pink Floyd foi acompanhado por pela dupla Jess Wolfe e Holly Laessig (do Lucius), o baterista Joey Waronker (Atoms For Peace) e uma orquestra de cordas.

A reedição ao vivo de “Déjà Vu” ficou qualquer nota e pode ser vista abaixo.

>>

Agora em HD: o protesto de Roger Waters contra Trump, diante de 300 mil pessoas no México

>>

230117_rogerwaters3

Em outubro do ano passado, Roger Waters fez um show histórico e gratuito na imponente Zócalo, praça da constituição na cidade do México, para cerca de 300 mil pessoas. À época, o ex-Pink Floyd estava em turnê pela cidade, onde realizou dois shows “fechados”, no estádio Foro Sol.

A apresentação no Zócalo foi recheada de protestos contra Donald Trump, que foi chamado de “idiota” por Waters diversas vezes e teve uma montagem de seu rosto aplicada no corpo de um porco.

No palco, uma superprodução com diversos telões reforçavam o discurso de manifesto do músico. Durante a performance da clássica “Pigs”, do disco “Animals”, de sua ex-banda, um porco inflável com diversos dizeres contra o, naquele momento, candidato à presidente dos EUA, sobrevoou o público.

Agora que Trump tomou posse, Waters, que é inglês, resolveu liberar o registro profissional desta performance e botou um recado em seu Facebook: “A resistência começa hoje”.


230117_rogerwaters2

>>

O deserto da Califórnia enquanto centro do mundo. Algumas impressões do primeiro fim de semana do Oldchella

>>

101016_deserttrip

Rolling Stones e Bob Dylan na sexta. Paul McCartney e Neil Young no sábado. The Who e Roger Waters no domingo. O fim de semana histórico em Indio, Califórnia, reservou seis shows de artistas dos mais aclamados de todos os tempos, no festival Desert Trip, que muita gente prefere chamar de Oldchella. No lugar das engenharias, tendas eletrônicas e efervescência indie do Coachella, um clima de nostalgia absurda tomou conta de milhares de pessoas no meio do deserto. Classe.

* Na sexta-feira, os trabalhos foram abertos por Bob Dylan. Calado, mal conversou com o público e passou boa parte de sua apresentação ao piano, mas não deixou de despejar hits como Don’t Think Twice, It’s All Right, Tangled Up in Blue e Lonesome Day Blues. Uma rara apresentação de Dylan para grandes públicos, já que ele tem preferido se apresentar em teatros nos últimos anos.

Bob Dylan Setlist Desert Trip 2016, Never Ending Tour

* Os Rolling Stones reservaram algumas surpresas em seu set. Little T&A, do disco Tattoo You, foi tocada pela primeira vez em mais de uma década. “Ride’ Em on Down”, do novo álbum “Blue and Lonesome”, teve sua estreia ao vivo. Mas o grande momento da noite foi quando a turma liderada por Mick Jagger mandou ao vivo uma cover de Come Together, dos Beatles. Mas isso é assunto para outro post…

The Rolling Stones Setlist Desert Trip, North America Mini Tour 2016

* A programação no sábado foi aberta pelo gênio Neil Young, em fase politizada, preocupado com a ecologia, os rumos do planeta e tudo mais. O canadense tem sido acompanhado pela banda Promise of the Real e revisitado seu vasto catálogo de canções incríveis. A tríade de abertura, por exemplo, é After the Gold Rush, Heart of Gold e Comes a Time. O encerramento é com a classuda Rockin’ in the Free World. Mas o show de Neil não acabou quando terminou, até porque…

Neil Young + Promise of the Real Setlist Desert Trip 2016, Rebel Content

101016_deserttrip_slider

* Neil apareceu no show de outra lenda, Paul McCartney. O beatle, parça do Brasil nos últimos anos, apresentou seu show de sempre, cantando canções de sua famosa ex-banda, do Wings e da carreira solo. Mas os melhores momentos ficaram reservados para a parceria de Paul e Neil, amigos há tipo cinco décadas. Os dois reeditaram ao vivo as músicas A Day in the Life e Give Peace a Chance, fazendo quase 100 mil pessoas cantarem a plenos pulmões. Ainda houve tempo para uma versão improvisada de Why Don’t We Do It in the Road?, nunca tocada ao vivo. Macca ainda botou no set a faixa I Wanna Be Your Man pela primeira vez desde 1993.

* O domingo foi o dia mais politizado do festival. No palco, The Who e Roger Waters. A banda inglesa fez uma apresentação mais light, de duas horas, e falou especificamente de sua história no país, iniciada com o sucesso do single I Can See For Miles, em 1967, quando a banda era a Adele ou a Lady Gaga da época, palavras do vocalista Roger Daltrey. No setlist, outros sucessos como My Generation, Pinball Wizard e The Kids Are Alright, esta última oferecida para os “jovens” da plateia.

The Who Setlist Desert Trip, Back to The Who Tour 2016

* Mais tarde, um show pesado de Roger Waters. O ex-Pink Floyd aproveitou a apresentação em solo norte-americano para atacar de forma dura o candidato à presidência, Donald Trump, chamado pelo músico de “porco, sexista, machista e racista”. No telão, diversas imagens enfatizaram o posicionamento contrário de Waters em relação ao magnata. Em um dos momentos mais polêmicos da apresentação, o músico colocou crianças mexicanas no palco sob os dizeres “Abaixe o muro”, fazendo referência à declaração de Trump, que disse que construiria um muro na fronteira sul dos Estados Unidos para evitar a entrada de mexicanos no país, porque eles são “cheios de problemas e carregam drogas”.

Roger Waters Setlist Desert Trip 2016, The Best of Pink Floyd

*** O festival Desert Trip terá um repeteco no próximo final de semana, com a mesma programação de shows, seguindo o exemplo do Coachella.

101016_desertrip2

>>

Roger Waters toca para 200 mil pessoas no México e protesta contra Donald Trump

>>

021016_rogerwaters2

No último sábado, Roger Waters promoveu um show gratuito no Zócalo, a praça da constituição na cidade do México. As estimativas das autoridades locais é de que cerca de 200 mil pessoas acompanharam a apresentação, que durou mais de duas horas. Ele já havia feito dois shows fechados no estádio Foro Sol, semana passada, para 50 mil pessoas em cada.

No set, canções de Waters especialmente da época do Pink Floyd. Mas o que chamou mesmo a atenção foram as inserções de protesto contra Donald Trump, um dos candidatos à presidência dos Estados Unidos.

Segundo relatos de órgãos de imprensa mexicanos, não foi só uma vez que mensagens nas gigantes telas de projeções foram disparadas contra o norte-americano. Em uma delas, apareceu uma frase chamando Trump de “idiota” (foto que fecha o post, de Jair Cabrera). Depois, uma montagem do rosto do magnata em um desenho de um porco.

A apresentação não teve transmissão online, mas foi registrada em uma câmera panorâmica, que mostra não apenas a performance, mas como estava lotada a praça principal da capital mexicana.

Fotos: Jair Cabrera

Fotos: Jair Cabrera

Roger Waters Setlist Zócalo de la Ciudad de México, Mexico City, Mexico 2016, The Best of Pink Floyd