Em Ruynas:

CENA – Androyde Sem Par vem aqui para baixo para confundir a linguística. Banda potiguar faz show amanhã em SP

>>

1 - cenatopo19

* Se você frequenta as infos da fervorosa cena de Natal, talvez já deva ter ouvido falar da banda Androide Sem Par, que pode ser lida por aí como Androyde Sem Par. O grupo, que existe desde 2013 e está na segunda formação, acaba de lançar “mais nacionalmente”o disco “Ruynas”, seu segundo álbum, que pode ser lido por aí como “Ruínas”. O álbum tem, entre suas 12 faixas, músicas como “Améryca Latyna” partes 1 e 2, “Ruynas”, “Socyedade do Cansaço” e “Duas Lynguas”. Todas podem ser lidas por aí como…

Espera, tem uma explicação: “Isso acontece porque neste álbum a banda está usando na comunicação essa troca do “i” pelo y” como uma demarcação linguística em homenagem às línguas nativas americanas”.

Ok?

Captura de Tela 2019-02-21 às 3.41.30 PM

O Androyde Sem Par, que fincou âncora em São Paulo agora, é apresentado, além da questão indígena, como uma mistura de “Cazuza com Grizzly Bear”. Defendem nesta nova fase, cinco anos depois de seu disco de estreia, os silvícolas, os direitos LGBTQ, baleias e o indie nacional voltado à MPB, na força rítmica de seu vocalista e letrista, Juão Nyn, agora cercado por músicos paulistas. São eles Emmo Martyns (guitarra), Gustavo Vycente (baixo) e Renato Lellys (bateria), nomes que podem ser lidos por aí como…

Embaixo dessa casca MPB meets indie-cabeça americano, a questão da língua como vírus e toda sua luta por causas a serem cada vez mais lutadas porque a coisa está difícil, tem o romantismo rasgado e a voz bem bonita de Juão, zero sotaque nordestino, zero insensibilidade paulistana.

“Com alguns fiz sexo. Com outros fiz nexo”, canta Juão em “Sem Nexo”.

Acompanhado de uma banda que sabe muito o que está fazendo com esse elemento sem par de um cara androide potiguar, o Androyde Sem Par deveria fazer show no novo Blue Note SP, por causa da pompa quase erudita do grupo interestadualmente reformado de Juão Nyn.

Mas como a faceta popular do resultado sonoro final da banda é igualmente expressiva, o Androyde Sem Par faz amanhã show de lançamento do disco novo, “Ruynas”, no Teatro de Container, no centro de São Paulo. A casa tem 99 lugares. O preço do ingresso é quanto você achar justo.

A Popload mostra abaixo o vídeo aflitivamente bonito e artsy da importante “Ruynas”, MPB-noise que é faixa-título do disco. Logo depois o álbum todo em si, à disposição no Spotify.

***

>>