Em sad but true:

A melhor do “Blacklist” do Metallica? Duo inglês Royal Blood refaz o clássico “Sad but True”

>>

* Por enquanto, pintou nossa eleita. A dupla indie-garagem britânica Royal Blood apresentou sua contribuição para a festa discográfica do Metallica. E é bem boa.

O supergrupo metal americano lança em setembro uma superedição comemorativa de seu superdisco, o chamado “Black Album”, o homônimo de 1991, que completa 30 anos neste mês. Colado a uma luxuosa edição remasterizada do álbum, vem, junto ou separado, um disco de covers chamado “The Metallica Blacklist”, com 53 artistas diferentes, de country, hip hop e eletrônico, de Idles a Kamasi Washington.

A versão do Royal Blood para a clááááássica “Sad but True” tem umas nuances legais. No começo da cover, poderoso, parece até que vai entrar o Metallica mesmo, mas a música vai se transformando quase numa canção do Royal Blood mesmo. O duo vai moldando o hit do Metallica, desacelerando, garageando ela, meio que tomando para si.

De quebra, vem com um vídeo de animacão sinistro legal.

>>

Alegria, mas virtual. Metallica posta vídeo de “Sad but True” de 1991. O “novo” disco preto está chegando

>>

* Amplamente agitando o (re)lançamento de seu poderoso disco homônimo, que é mais famoso pelo apelido “The Black Album”, que completa 20 anos no mês que vem, mas vai sair em edição comemorativa em setembro, a banda Metallica postou um vídeo de uma performance da clássica “Sad but True”, ao vivo em Copenhagen, na Dinamarca, em 1991.

O show, em estádio, data de 10 de agosto daquele ano, portanto dois dias antes de o lendário quinto disco do grupo da Califórnia ser lançado. A apresentação dinamarquesa é considerada a primeira a valer da turnê do “Metallica”, o álbum.

No caso dessa “Sad but True”, que você vê aqui embaixo, percebe-se todo o gás da banda em tocar uma das músicas que viriam a ser clássicas, com o público mal a conhecendo. “Sad but True” só sairia como quinto single do álbum preto em 1993, embora nessa ocasião, em 1993, já fosse adorada por fãs em shows (não no caso do concerto na Dinamarca).

Uma música “menor” do álbum, analisando friamente, que serve só para dar uma ideia da quantidade de hits que o disco “Metallica” carregava.

Na apresentação, todo mundo “novinho”, cabeludaço, sangue metal nos olhos, bonito de se ver.

Este vídeo ao vivo vai estar com o show todo no DVD “Live at Gentofte Stadion”, o estádio dinamarquês, que vai estar na caixa deluxe da versão comemorativa do “The Black Album”. Vai sair também, até separadamente, um disco de covers chamado “The Metallica Blacklist”, com 53 artistas diferentes, de country, hip hop e eletrônico, de Idles a J Balvin, de Mac DeMarco a Kamasi Washington.

Vamos ao Metallica tocando “Sad but True” dois dias antes de o disco “Metallica” ser lançado.

>>