Em San Francisco:

Há 48 anos, os Beatles faziam seu último show oficial

010914_beatles

Está rodando a internet há algum tempo um registro histórico do último show “oficial” dos Beatles, realizado em 29 de agosto de 1966 em San Francisco. À época, a banda já havia decidido que não excursionaria mais pelo mundo e, por isso, atendendo a um pedido de Paul McCartney, o assessor do grupo Tony Barrow gravou a apresentação, que durou cerca de 33 minutos e teve 11 canções.

Como o show foi gravado em fita cassete (cada lado com 30 minutos) com um microfone ambiente, Tony perdeu a parte final de “Long Tall Sally”, faixa que encerrou o show. Além disso, Lennon e Macca levaram câmeras fotográficas para registrar fotos de bastidores e do público, estimado em 25 mil pessoas.

010914_beatles2

A última aparição dos Beatles juntos tocando foi no famoso show no telhado da Apple, em 1969. No entanto, o show no estádio Candlestick Park de San Francisco é considerado o último com ingressos à venda e tudo mais. Há duas semanas, Paul McCartney voltou ao mesmo estádio para um show de sua atual turnê.

A gravação feita por Tony Barrow completou 48 anos neste fim de semana e pode ser ouvida abaixo.

* Tracklist
01. 00:00 “Rock and Roll Music”
02. 01:39 “She’s a Woman”
03. 04:52 “If I Needed Someone”
04. 07:52 “Day Tripper”
05. 10:58 “Baby’s In Black”
06. 13:43 “I Feel Fine”
07. 16:24 “Yesterday”
08. 19:06 “I Wanna Be Your Man”
09. 21:45 “Nowhere Man”
10. 24:33 “Paperback Writer”
11. 27:19 “Long Tall Sally” (incompleta)

>>

Eles são os Embaixadores da Paz e da Magia do século 21

>>

* Ali no meio de dezembro, quando em Nova York, dei um pulo no show do Of Montreal. Não para ver de noooovo a banda de Kevin Barnes, que em 2012 apareceu no Popload Gig, mas para ver a atração de abertura, o grupo californiano psicodélico FOXYGEN, que habita os arredores de Los Angeles.

Foi um horror a apresentação. Som zoado (atração de abertura sofre…) naturalmente, baixo e desencontrado, molecada novinha crua, sem saber o que fazer num palco como o do Webster Hall, em Nova York. Parecia o primeiro show de uma banda na vida. E sem ensaio. Tudo errado, tadinhos.

Nem parecia que o Foxygen era dono de duas das músicas mais incríveis e lindas que eu ouvi no ano passado, haha. Falei aqui da maravilhosa “Shuggie”, misto de Modern Lovers com Velvet Underground e Belle & Sebastian, que foi lançada como single em outubro.

Essa coisa “Jonathan Richman-Lou Reed-Stuart Murdoch” a que eu usei para “explicar” o Foxygen no parágrafo acima é uma definição que só não é melhor que a que a banda usa para eles próprios: “Galera de colégio obcecada por Brian Jonestown Massacre”. Gênios(zinhos).

Pois bote mais uma música cool na conta do Foxygen. Eles acabam de lançar a delícia “San Francisco”, em single e vídeo, canção que vai estar no álbum de estreia da banda, “We Are the 21st Century Ambassadors of Peace and Magic”, que sai na semana que vem nos EUA.

Dá uma ouvida na “complexidade pop” que tem essa galerinha de colégio de LA. Na música e na letra. Vê se é possível ser tão bonito. Juro, estou chocado.

“I left my love in San Francisco
That’s okay, I was bored anyway
I left my love in the room
That’s okay, I was born in L.A.”

>>