Em serge pizzorno:

Exercitando o glúteo em casa com o… Kasabian

>>

* É tão bizarro que é legal.

010420_kasabian3

O malucaço Serge Pizzorno, pirulão de um dos grupos mais bacanas da Inglaterra, o Kasabian, recomendou nesta semana, em vídeo nas redes sociais, uma série de exercícios “para manter a energia lá em cima”, em tempos zoados de quarentena.

São exercícios mesmo? São!
O cachorro do Serge faz uma participação especial? Faz!
Mas tudo certo.

010420_kasabian2

O guitarrista do Kasabian recomenda fazer a série duas ou três vezes ao dia. Batendo no peito, manda o recado que todos vamos atravessar isso juntos e bota para tocar na malhação o clássico “The Bomb (These Sounds Fall into My Mind”.

Concorre ao vídeo mais gracioso da Era Coronavírus.

* O Kasabian ia fazer UM SÓ SHOW em 2020, foi anunciado lá atrás. Seria em junho na cidade deles, Leicester. Era um minifestival, o Sam Fender ia tocar e tudo. Já era.

>>

Com o Kasabian de férias, Serge Pizzorno emplaca sua primeira aventura solo com o disco “The S.L.P.”

>>

020919_serge

No último final de semana, na leva de lançamentos de novos discos está “The S.L.P.”, as iniciais para Sergio Lorenzo Pizzorno, o guitarrista e compositor do Kasabian que resolveu se aventurar solo.

O álbum, que conta com a participação luxuosa da rapper inglesa Little Simz, um dos grandes nomes da cena indie no momento e atração do Popload Festival em novembro, surge dois anos após o mais recente projeto de estúdio do Kasabian, “For Crying Out Loud”.

Puxado por uma vertente mais eletrônica e experimental, o disco de Serge tem 11 faixas, todas escritas e produzidas por ele. O projeto não afeta em nada a vida do Kasabian que, por agora, está de férias. No entanto, o vocalista Tom Meigham já avisou que o grupo de Leicester – com Serge – gravará ano que vem seu sétimo disco cheio.

Ouça, abaixo, “The S.L.P.”.

>>

Serge Pizzorno divulga “trance”, mais uma faixa boa de seu disco solo que será lançado semana que vem

>>

sergeglasto1

Em 10 dias, guitarrista e líder do Kasabian, Serge Pizzorno lançará seu aguardado primeiro álbum solo, chamando singelamente de “The S.L.P.”. A data exata é 30 de agosto.

Até lá, os fãs estão curtindo os singles que o músico britânico tem lançado nas últimas semanas, sendo o mais novo deles a faixa “trance”. Outras canções lançadas por Serge são “Favourites”, com participação da Little Simz, “Nobody Else”, e “The Youngest Gary”.

No total, serão 11 novas músicas, todas gravadas em seu próprio estúdio, em Leicester. Diz o Serge que o disco vai abordar nuances de hip-hop, psychedelic-funk e new wave também. O álbum surge dois anos após o mais recente projeto de estúdio do Kasabian, “For Crying Out Loud”.

>>

Longe do Kasabian, Serge Pizzorno oferece “The Youngest Gary”, mais um single de seu primeiro disco solo

>>

theslp_favourites_video

Líder da banda Kasabian, o guitarrista Serge Pizzorno está em vias de lançar seu primeiro disco solo, “The S.L.P.”, que estará nas lojas dia 30 de agosto.

Depois de liberar as boas “Favourites”, com participação da Little Simz, e ainda “Nobody Else”, o músico inglês oferece por agora o single “The Youngest Gary”.

No total, serão 11 novas músicas, todas gravadas em seu próprio estúdio, em Leicester. Diz o Serge que o disco vai abordar nuances de hip-hop, psychedelic-funk e new wave também.

O álbum surge dois anos após o mais recente projeto de estúdio do Kasabian, “For Crying Out Loud”.

>>

Serge Pizzorno divulga a nova “Nobody Else” e dá os detalhes do lançamento de seu primeiro disco solo

>>

140519_serge2

Guitarrista e principal letrista da banda inglesa Kasabian, Serge Pizzorno divulgou os detalhes de “The S.L.P”, seu primeiro disco solo. O álbum será lançado dia 30 de agosto e será divulgado em uma turnê pela Europa a partir de setembro.

Após divulgar o single “Favourites”, que tem participação da Little Simz (atração do Popload Festival), Serge liberou a nova “Nobody Else”, com bastante elementos de música eletrônica, gênero que ele parece explorar bastante em seu novo projeto.

No total, serão 11 novas músicas, todas gravadas em seu próprio estúdio, em Leicester. Diz o Serge que o disco vai abordar nuances de hip-hop, psychedelic-funk e new wave também.

O álbum surge dois anos após o mais recente projeto de estúdio do Kasabian, “For Crying Out Loud”.

>>