Em slowthai:

Slowthai narra seu dia de merda em nova música. Segundo álbum sai em fevereiro

>>

* Lá vem o rapper encrenca inglês Slowthai, predileto da casa, com uma música nova grime-reflexiva, vídeo lindão em sua simplicidade cotidiana, entregar detalhes de seu novo disco, “TYRON”, que sai dia 5 de fevereiro com grande elenco no apoio colaborativo.

Captura de Tela 2020-11-20 às 3.37.24 PM

O anúncio do sucessor do marcante estreia “Nothing Great about Britain”, do ano passado, veio com uma nova canção nova seguida de vídeo, “NHS”, a sigla do Serviço Nacional de Saúde britânico. O vídeo em si parece um dia “normal” de Slowthai, pandemia ou não eclipsada, com o rapper acordando, tomando banho, escovando o dente, tomando uma cerveja com amigos, na fila para fazer compras e tudo mais, até tomar banho e escovar os dentes para dormir.

A letra vai à fundo na questão de “acordar para viver mais um dia de merda”. O título da música, dada a letra e vídeo, é de livre interpretação. Eu tenho a minha.

Quanto à música, que começa estranha no que você pode esperar de uma música nova do Slowthai, depois engrena na sua cadência de uma desesperança entorpecida de alguém sem perspectiva na Inglaterra de hoje. Filosofias à parte, vale dizer que “NHS” lembra as boas músicas do Streets.

“TYRON”, o álbum, trará convidados especialíssimos como Skepta, A$AP Rocky, James Blake, Mount Kimbie, Denzel Curry e outra galera. Kimbie e Blake já apareceram juntos a Slowthai na algo recém-lançada “Feel Away”, o primeiro single a ser destacado deste segundo álbum de Slowthai.

Vamos, então, a “NHS”, música e vídeo.

>>

Rapper inglês Slowthai dá à luz um vídeo “difícil”. Confira a nova música, “Feel Away”

>>

Captura de Tela 2020-09-16 às 2.25.15 PM

* Com nobres participações de James Blake e Mount Kimbie, o polêmico rapper britânico Slowthai tornou conhecida hoje sua nova música, “Feel Away”, que é dedicada a seu irmão, que morreu bebê com distrofia muscular.

A música é o quarto single de slowthai lançado neste 2020 zoado. Em maio, ele soltou três: “ENEMY”, “MAGIC” e “BB(BODYBAG)”. Ainda não se sabe se os três singles do meio do ano mais este “Feel Away” de agora vão estar em um próximo disco do rapper, que no ano passado lançou o ótimo disco de estreia “Nothing Great about Britain”.

A história do irmão é pesada e foi trazida pelo jornal inglês “The Guardian”, no ano passado, em uma entrevista com Slowthai. Disse o músico, que tinha 8 anos à epoca (e o irmão, 1), que o fato o revoltou bastante, e que ele encontrou conforto numa fita de videocassete do filme “8 Mile”, famoso filme do rapper americano Eminem, de 2002.

Ontem, em seu Instagram, Slowthai anunciou a música nova, as participações especiais e o motivo dela. Disse que de todo o coração nunca sentiu tanta falta de alguém quanto sente a do pequeno irmão. “I’m doing everything in my power to live for him and also make him proud…”

O vídeo de “feel Away” é exatamente o contrário do que indica a homenagem da música. É sobre a vida. Ainda que nela Slowthai, grávido, dá à luz um bebê bolo, quando seu quarto na maternidade é lugar de uma festa de casamento entre sua mulher e o médico. Slowthai é cortado e o bebê, comido. Mais ou menos isso.

No fim, “Feel Away” estå mais para uma música do James Blake que dele mesmo, com todo o drama e o caráter de sonho que envolve o single. No caso um sonho muito loko, do Slowthai.

>>

Gorillaz lança o Robert Smith ao espaço e prepara o maior disco deste mundo para outubro

>>

Captura de Tela 2020-09-10 às 8.16.04 AM

* Estou exagerando?
Dá uma olhada na lista de convidados de “Song Machine Season One Strange Timez”, álbum completo que o grupo-cartoon inglês Gorillaz revelou ontem à noite, com a maior lista de convidados da história recente.

O disco sai dia 23 de outubro em vários formatos e apresenta, entre outras, participações do naipe de Robert Smith, Beck, ScHoolboy Q, St. Vincent, Elton John, 6LACK, Georgia, Octavian, Kano, Slowthai, Peter Hook, EARTHGANG, Unknown Mortal Orchestra, Joan As Police Woman, Slaves, Goldlink, UMO, JPEGMAFIA, Skepta, Tony Allen. Algumas faixas já são conhecidas.

Ontem mesmo, liberaram de vez a música e o vídeo que têm a participação do veterano cool Robert Smith, o dono eterno da banda The Cure, e pertence a essa série “Song Machine”. A mesma que soltaram um teaser na segunda-feira. Nos streamings, a banda de Damon Albarn e do Noodle subiu quatro faixas: duas historinhas curtas, a música com Smith em si e um remix desta chamado “Aurora”. Seria a cantora, haha?

“Fizemos essa música com o Robert Smith toda por email”, falou o Damon Albarn na 6Music, a emissora de rádio linda da BBC. “Eu amei a ideia, excelente. Eu senti a força vindo em ondas e pensei: melhor colaborar com eles”, disse o incrível líder do Cure.

Aqui, o vídeo:

***

* O projeto todo em disco de “Song Machine Season One Strange Timez”, para completar, tem duas versões. Uma “normal”, com 11 músicas, e outra deluxe, com 17. Ficam assim:

– Versão normal –
1. Strange Timez (ft. Robert Smith)
2. The Valley of The Pagans (ft. Beck)
3. The Lost Chord (ft. Leee John)
4. Pac-Man (ft. ScHoolboy Q)
5. Chalk Tablet Towers (ft. St Vincent)
6. The Pink Phantom (ft. Elton John and 6LACK)
7. Aries (ft. Peter Hook and Georgia)
8. Friday 13th (ft. Octavian)
9. Dead Butterflies (ft. Kano and Roxani Arias)
10. Désolé (ft. Fatoumata Diawara) (Extended Version)
11. Momentary Bliss (ft. slowthai and Slaves)

– Versão normal –
1. Strange Timez (ft. Robert Smith)
2. The Valley of The Pagans (ft. Beck)
3. The Lost Chord (ft. Leee John)
4. Pac-Man (ft. ScHoolboy Q)
5. Chalk Tablet Towers (ft. St Vincent)
6. The Pink Phantom (ft. Elton John and 6LACK)
7. Aries (feat. Peter Hook and Georgia)
8. Friday 13th (ft. Octavian)
9. Dead Butterflies (ft. Kano and Roxani Arias)
10. Désolé (ft. Fatoumata Diawara) (Extended Version)
11. Momentary Bliss (ft. slowthai and Slaves)
12. Opium (ft. EARTHGANG)
13. Simplicity (ft. Joan As Police Woman)
14. Severed Head (ft. Goldlink and Unknown Mortal Orchestra)
15. With Love To An Ex (ft. Moonchild Sanelly)
16. MLS (feat. JPEGMAFIA and CHAI)
17. How Far? (ft. Tony Allen and Skepta)

>>

Disclosure bota Aminé e slowthai na ótima e dançante “My High”, uma das melhores músicas do ano

>>

050220_disclosure

Depois de anunciarem o lançamento do disco “Energy” com o single homônimo e samples de samba no meio, o adorado duo inglês Disclosure soltou mais uma música que estará no projeto.

A ótima “My High” conta com participações especiais do rapper americano Aminé e do encasquetado slowthai. Só isso.

“Sempre quisemos trabalhar com rappers, simplesmente não conhecíamos nenhum e não tínhamos como entrar em contato com eles. Escrever ‘My High’ com Aminé foi muito divertido, ele é hilário e poderia facilmente ser um comediante. Ele escreve tão rapidamente e é incrível de acompanhar. Ele trouxe tanta energia para essa música já muito enérgica que, quando chegamos em casa em Londres em janeiro, havia apenas um cara capaz de encaixar com ela… slowthai”, escreveu o duo.

“Energy”, o novo disco, será lançado no dia 28 de agosto. Outros nomes como Kelis, Mick Jenkins, Channel Tres, Common, Fatoumata Diawara, Blick Bassy, ​​Kehlani e Syd também estão envolvidos no álbum.

Energy – Tracklist
01. “Watch Your Step” (com Kelis)
02. “Lavender” (com Channel Tres)
03. “My High” (com Aminé e slowthai)
04. “Who Knew?” (com Mick Jenkins)
05. “Douha (Mali Mali)” (com Fatoumata Diawara)
06. “Fractal (Interlude)”
07. “Ce n’est pas” (com Blick Bassy)
08. “ENERGY”
09. “Thinking ‘Bout You (Interlude)” (com Kehlani e Syd)
10. “Reverie” (com Commom)

>>

Agora vai. Rapper inglês Slowthai sampleia James Blake e lança terceiro single nesta semana

>>

Captura de Tela 2020-05-15 às 8.21.32 AM

* O cara disparou. Sumido dos novos lançamentos próprios desde o disco de estreia no ano passado, “Nothing Great about Britain”, o great rapper britânico Slowthai soltou os arquivos musicais nesta semana e hoje lançou seu terceiro single nos últimos sete dias.

A gente trouxe aqui o primeiro, a ótima “Enemy”, em que ele tratou de um jeito grime de seu cancelamento virtual pelas encrencas que ele se meteu no ano passado.

Depois dessa, Slowthai apresentou “Magic”, ontem, que tem os dedos de Kenny Beats, o papa da produção do novo hip hop americano. E agora “BB (BodyBag), que traz samples do delicadíssimo músico conterrâneo James Blake.

Pensa a música de James Blake remexida e indo parar na boca de Slowthai sob o nome de “Saco de Defunto”.

Bem-vindo a 2020, Slowthai.

As duas, “BB BodyBag”e “Magic”, as novas-novas do Slowthai, seguem abaixo. Segura.

>>