Em só o amor no fim:

Popload Session apresenta… ATALHOS

>>

BN-01

* Banda de Birigui, no interior de São Paulo, com um pé na capital e outro na… Argentina, a Atalhos comparece à Popload Session com dois belos vídeos para duas músicas não menos belas.

O grupo que nasceu com um “S” maiúsculo em AtalhoS e como trio, hoje na pegada quarteto goza a boa repercussão e até certo ponto boa veiculação de seu disco, lançado no final de 2014, o consistente “Onde a Gente Morre”, que tem mixagem de Mark Howard, engenheiro de som britânico cujos trabalhos enfileiram alguns artistas aí, tipo Bob Dylan, REM e Neil Young.

Screen Shot 2015-05-11 at 11.07.06

Para quem já foi produzida num passado não distante por mãos do thrash metal, o indie algo folk do Atalhos poderia facilmente tocar na Sirius XMU, que não causaria estranheza.

Hoje com a formação de Gabriel Soares (baterista que canta), Conrado Passarelli (guitarra), Marcelo Sanches (guitarra) e o “new entry” Alexandre Molinari (baixo, ex-The Name e atual Schoolbell), o Atalhos lançou mês passado o lindo vídeo de “Só o Amor no Fim”, com imagens frias da Patagônia, Argentina (onde a banda já fez duas turnês), misturadas a cenas da atriz e gata Marisol Ribeiro sofrendo de lingerie e maquiagem borrada a dor de um amor perdido, indo na contramão do nome da música.

É esta “Só o Amor no Fim” que aparece aqui em performance exclusiva para a session da Popload. Na sequência, a interpretação ao vivo de “Painbirds”, do saudosíssimo grupo americano Sparklehorse, do mais que saudoso e complicado guitarrista Mark Linkous (morto em 2010).

Senhoras e senhores, com vocês… ATALHOS.


*** A Popload Session é apresentada pela Heineken. Se beber, não dirija.

>>